Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – Quem Matou Sara? (1ª temporada, 2021, Netflix)

CRÍTICA – Quem Matou Sara? (1ª temporada, 2021, Netflix)

A série mexicana Quem Matou Sara? é uma produção Netflix que está ganhando seu espaço no streaming. Já em maio deste ano chegará a segunda temporada da série comandada pelo diretor José Ignacio Valenzuela e que conta com o elenco formado por Manolo Cardona, Carolina Miranda e Ginés García Millán.

SINOPSE

Alejandro Guzmán (Manolo Cardona) é um homem que foi injustamente acusado do assassinato de sua irmã Sara (Ximena Lamadrid). Depois de passar 18 anos na prisão, Álex (Manolo Cardona) enfim está livre e parece determinado a fazer justiça com as próprias mãos. Para descobrir a verdade por trás do caso e provar sua inocência, ele decide se reaproximar da família Lazcano, responsável por incriminá-lo no passado.

ANÁLISE 

Ainda que as produções saem da televisão para um mundo de possibilidades chamado streaming, o modo novelístico não abandona de jeito nenhum as produções. Por isso, a nova série mexicana Quem Matou Sara?, usa e abusa do drama televisivo presente tanto nas novelas mexicanas do canal Televisa, como nas novelas brasileiras do canal Globo.

Dessa maneira, é interessante notar como essas produções se apoiam em clichês e gêneros narrativos que já estão batidos. O bom e velho “quem matou” ainda causa certa comoção, mas de fato não prende o espectador. Até mesmo uma trama nível Casos de Família, não chama mais tanto a atenção sem personagens meramente interessantes.

Logo, é exatamente o calor da emoção que falta a série. Tudo parece televisivo e idealista demais, o que não é ruim, mas se for para o público assistir uma novela que seja nos canais de televisão. Já que estes ao menos carregam plots conhecidos e ainda assim, intrigantes.

Consequentemente, Quem Matou Sara? se apoia em uma história já conhecida do público noveleiro. Álex e Sara são irmãos que mantêm uma amizade com Jema (Eugenio Sillier) e Rodolfo Lazcano (Alejandro Nones), também irmãos de uma família poderosa e rica. Sara sofre um acidente durante um passeio de barco, porém, é descoberto que seu acidente foi proposital.

César Lazcano (Ginés García Millán) incrimina Álex para livrar Rodolfo, o filho mais velho, da possível culpa. Após 20 anos, Álex volta querendo justiça por sua irmã e por si próprio.

Logo, a série utiliza de flashbacks entre os momentos de amizade do quarteto e o fatídico dia da morte de Sara para tentar aproximar o público desses personagens. Já nos dias atuais, o confronto entre os personagens é explorado afim de evidenciar as rupturas entre as relações. Dessa forma, é explícito o método latino de produções que aposta em sexo e cenas de ação para exaltar seus personagens.

A produção também não esquece o modo violência para tramas com pouco desenvolvimento. A cada nova revelação é mais difícil saber quem é o pior entre eles. Ao passo que, o drama criado também gera uma espécie de empatia pelos personagens.

Álex não é o melhor protagonista, mas está buscando vingança e justiça. Já os filhos da família Lazcano tentam se desvencilhar das garras do pai abusivo.

Ainda assim, a produção não consegue sair do “mais do mesmo”, deixando para a trilha pop e a fotografia meio noir a tarefa de criar o sentimento de excitação. Dessa maneira, Quem Matou Sara? atinge um certo sucesso entre o público.

A produção balanceia seu principal mistério com outros mistérios para manter o espectador engajado, enquanto entrega uma trama que seria melhor aproveitada em qualquer novela mexicana.

VEREDITO

Quem Matou Sara? não foge aos maneirismos das novelas e dessa forma garante um público fiel. Contudo, a produção é fraca em roteiro, deixando para o pós produção a tarefa de criar sentimentalismo nos espectadores. Os personagens são minimamente interessantes e sem grande profundidade.

Nossa nota

2,0 / 5,0

Veja o trailer da série:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.