Início SÉRIE Crítica PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Monstros no Trabalho (1ª temporada, 2021, Disney+)

PRIMEIRAS IMPRESSÕES – Monstros no Trabalho (1ª temporada, 2021, Disney+)

PRIMEIRAS IMPRESSÕES - Monstros no Trabalho (1ª temporada, 2021, Disney+)

Monstros no Trabalho (Monsters at Work) é a série spin-off do hit Monstros S.A. A franquia já havia ganhado um prequel em 2013 chamado Universidade Monstros, apresentando a história de Mike (Billy Crystal) e Sulley (John Goodman) quando jovens.

O seriado possui 10 episódios e só estreia no dia 7 de julho no Disney+, mas nós tivemos a oportunidade de assistir aos dois primeiros capítulos antecipadamente. Confira nossas primeiras impressões sem spoilers.

SINOPSE DE MONSTROS NO TRABALHO

Monstros no Trabalho se passa um dia após os acontecimentos de Monstros S.A. Neste momento a empresa começa a colher o riso das crianças para abastecer a cidade de Monstrópolis, graças à descoberta de Mike e Sulley de que o riso gera dez vezes mais energia do que gritos.

A partir daqui acompanhamos a história de Tylor Tuskmon (Ben Feldman), um jovem monstro que se formou no topo de sua classe na Universidade de Monstros e sempre sonhou em se tornar um Assustador. Ao conseguir um emprego na Monstros S.A., ele descobre que o medo acabou e o riso chegou pra ficar.

ANÁLISE

No meio de tantos lançamentos de 2021, Monstros no Trabalho é uma produção que, talvez, não esteja no radar de muitas pessoas. Pegando como gancho o final de Monstros S.A, o spin-off começa com um cenário caótico: o CEO da empresa foi destituído e é necessário treinar todos os Assustadores para que se tornem comediantes. Com isso, Mike e Sulley são promovidos a chefes e a energia da cidade vai depender do sucesso deles nessa posição.

Em meio a todas essas mudanças organizacionais, Tylor Tuskmon, um jovem Assustador recém contratado, chega na empresa para o seu primeiro dia de trabalho. Ele recebe a notícia de que agora a Monstros S.A trabalha apenas com risos e, até que ele aprenda a ser um Jokester, terá que trabalhar no MIFT (Monstros Instaladores Fortemente Treinados).

Os dois primeiros episódios do seriado são divertidos e conseguem criar uma ponte entre os personagens antigos e os novatos. Além de Tylor, que é o principal da nova trama, somos apresentados a outros personagens bem peculiares como Val (Mindy Kaling), Duncan (Lucas Neff), Cutter (Alanna Ubach) e Fritz (Henry Winkler), que são responsáveis por manter o humor característico da franquia.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES - Monstros no Trabalho (1ª temporada, 2021, Disney+)
Da esquerda para a direita: Cutter, Val, Fritz, Duncan e Tylor

Com Mike e Sulley temos o retorno também de Celia (Jennifer Tilly), Roz (Bob Peterson) e a cômica dupla Needleman e Smitty (Stephen Stanton). Todo o grupo faz aparições no novo Andar do Riso, espaço usado para que Mike e outros monstros atravessem as portas e desempenhem seus stand up shows.

Nesses primeiros dois capítulos toda a história ainda está em formação. Acompanhamos a frustração de Tylor com a mudança de função, a adaptação com os colegas de trabalho e sua nova rotina. Ao mesmo tempo, vemos Mike e Sulley tentando administrar a logística da empresa e enfrentando todos os desafios que um cargo como esse proporciona.

Com média de 25 minutos por episódio, os dois capítulos focam bastante na ideia de amizade e esforço em equipe, fatores que provavelmente irão pautar toda a temporada da produção. Entretanto, ainda é muito cedo para dizer que os novos personagens vão conseguir cativar a audiência da mesma forma que a história clássica fez lá em 2001.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES - Monstros no Trabalho (1ª temporada, 2021, Disney+)

Os traços da animação seguem com a mesma qualidade Pixar que a gente já conhece. A abertura do seriado é nostálgica e lembra muito a abertura de Monstros S.A, sendo aquele momento contagiante em que você cantarola o instrumental enquanto ele está tocando.

Minhas primeiras impressões sobre o seriado são bem positivas e estou muito animada para o desenrolar da trama. Ver o crescimento de Sulley e Mike será divertido, ainda mais por tudo o que eles passaram com a Boo.

VEREDITO

Com grandes expectativas para os próximos episódios, minhas primeiras impressões de Monstros no Trabalho são positivas. Apesar de ter assistido os episódios em inglês, estou ansiosa para acompanhar a história também com a dublagem brasileira, que é uma das melhores do mundo.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Assista ao trailer:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorNoites Sombrias #21 | Rua do Medo – 1994: Parte 1 (2021, Leigh Janiak)
Próximo artigoSylvie Lushton: Conheça a Feiticeira da Marvel Comics e Lady Loki do UCM
Relações-Públicas de formação. Com pós-graduação em Star Wars e universo expandido, mas Trekker de coração. Defensora de todos os Porgs, Ewoks e criaturas fofinhas da galáxia.