Início ANIMES Attack on Titan: Como os fãs podem prejudicar uma obra

Attack on Titan: Como os fãs podem prejudicar uma obra

Attack on Titan: Como os fãs podem prejudicar uma obra

Não é de hoje que existem discussões e atritos entre fãs e criadores de obras que ganham grande sucesso na mídia. O chamado “fandom” são muitas vezes comunidades participativas e calorosas, mas que podem chegar a influenciar o rumo de uma produção seja para o bem ou para o mal; e em Attack on Titan não é diferente.

Recentemente o mundo dos animes está sendo abalado por alguns fãs de Attack on Titan que, episódio após episódio, insistem em atacar o estúdio Mappa nas redes sociais. O caso começou em maio do ano passado quando foi anunciado que o atual estúdio assumiria o anime.

O anúncio deixou muitos fãs preocupados já que o anime estava a três anos com o WIT Studio. Contudo, após um primeiro trailer emocionante os ânimos se acalmaram e grande parte da comunidade percebeu que a temporada final estaria em boas mãos. Entretanto, não demorou muito para que o fandom se sentisse incomodado com a animação e até mesmo com a trilha sonora feita pelo Mappa.

Com cinco episódios já lançados, a comunidade de Attack on Titan se encontra dividida na internet. De um lado, críticos do atual estúdio foram tão impertinentes que Teruyuki Omine, diretor da quarta temporada, disse adeus ao Twitter.

Aparentemente, centenas de fãs o criticaram pela música que ele escolheu para a cena da transformação de Eren, argumentando que “não era a certa”, como o fã abaixo:

Outras reclamações são devido a qualidade da animação. O estúdio Mappa está utilizando animação em 3D especialmente nas cenas de lutas, o que não agradou aos fãs que preferem a boa e velha animação 2D. Mas, o que poucos se atentaram é o fato de o Mappa estar levando o anime adiante, quando o WIT Studios já havia abandonado a produção devido ao curto prazo entre o fim do mangá e o anime.

Nesse sentido, Omine e sua equipe estão fazendo um grande esforço para que o fim do anime aconteça em tempo hábil. Apesar de uma pandemia, o Mappa conseguiu superar as expectativas com a série, o que foi notado pela base de fãs que nas últimas semanas subiram a hashtag #ThankYouMappa (Obrigado, Mappa).

A forma de agradecimento é uma maneira de encorajar o estúdio e pôr fim aos comentários rudes.

O problema do fandom

Não é de hoje que a comunidade otaku é extremamente crítica quanto ao caminho criativo dos animes. Dessa forma, fandoms podem acabar sendo tóxicos quando tentam salvar ou proteger uma obra. Apesar de serem uma minoria barulhenta, por muitas vezes, eles se sentem donos daquela produção e acabam por estragar o show para o grande público.

De fato, é frustrante quando uma obra não atende as expectativas dos fãs, mas nada justifica atacar os envolvidos na produção. No caso de Attack on Titan, o diretor Teruyuki Omine chegou a receber ameaças de morte.

Com certeza existe um limite até onde um fã deve ir e isso não implica que deve se contentar com uma produção ruim, mas entender que nada está acima do bom senso.

Porém, fandoms tóxicos não estão apenas nos animes. Um exemplo é o caso de assédio sofrido por Kelly Marie Tran devido a sua personagem não ter agradado aos fãs de Star Wars, a situação a levou a sair das redes sociais. Nesse sentido, quando uma pessoa deixa as redes sociais por pressão dos fãs é um grande aviso de que algo está errado na comunidade.

Além disso, fandoms tóxicos tendem a depreciar a obra e levar a debandada do público geral. Já que, ao se encontrar em um novo mundo, as pessoas esperam encontrar semelhantes com quem discutir e não uma enxurrada de críticas negativas.

Outro fato é que os ataques causam um grande terror em atores e diretores que não se encontram mais motivados para continuar na obra.

Consequentemente, cabe ao outro lado do fandom colocar a mão na consciência e ser empático com a produção. Sendo assim, Attack on Titan caminha para ser um dos maiores animes de todos os tempos com um tema bastante profundo que busca dar voz a todos os lados de uma mesma moeda. Logo, os fãs que não conseguem entender os esforços do estúdio Mappa não merecem o anime. 

Leia também outras publicações sobre Attack on Titan:

4ª temporada começa eletrizante e a guerra é iminente

A razão dos Titãs comerem humanos é aterrorizante e triste

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.