Início FILMES Artigo Oscar: As principais dúvidas sobre a votação da Academia

Oscar: As principais dúvidas sobre a votação da Academia

56
0
Oscar 2019: Veja a lista completa dos indicados

Todos os anos, as controvérsias aumentam sobre alguma seleção do Oscar. Seja a falta de candidatas a diretora, a diversidade racial insuficiente entre as categorias de atuação ou as escolhas feitas na categoria de documentário ou idioma estrangeiro, as escolhas da Academia certamente serão questionadas.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas fez um esforço conjunto para expandir a filiação nos últimos anos, na esperança de abordar algumas dessas preocupações. Mas muitos observadores do Oscar ainda não estão claros sobre quem são os membros votantes e como são distribuídos os cobiçados homenzinhos de ouro. Aqui está um breve resumo de como a maior premiação do cinema funciona!

Oscar 2020: Confira os indicados a cada uma das categorias

QUEM VOTA NO OSCAR?

Atualmente, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas possui 8.469 membros elegíveis ao Oscar, um salto de 35% em relação a quatro anos atrás (6.261 eleitores em 2015). Cada pessoa pertence a um dos 17 ramos. Cada ramo nomeia para sua própria categoria – por exemplo, editores nomeiam editores, atores nomeiam para as quatro categorias de atuação. E todo mundo pode nomear para a categoria principal: Melhor Filme. Para a votação final do vencedor, todas as filiais votam em tudo.

QUAIS SÃO OS RAMOS?

Atores, diretores de fotografia, figurinistas, diretores, documentários, editores, maquiadores/cabeleireiros, músicos, produtores, design de produção, curtas-metragens/animação, som, efeitos visuais e escritores. Cada um deles tem pelo menos uma categoria do Oscar. Existem também três ramos que não são representados com prêmios: diretores de elenco, executivos e marketing/relações públicas.

COMO SE TORNA UM MEMBRO?

Basicamente, qualquer pessoa pode se inscrever, se tiver créditos para longas-metragens. Cada candidato deve ser aprovado pelo comitê executivo de cada ramo e depois submetido ao conselho da Academia.

MELHOR FILME E SUAS INJUSTIÇAS

Em outras categorias, os membros votam em uma única opção. Mas com tantos candidatos para Melhor Filme, a Academia não queria que um filme ganhasse um Oscar com apenas 10% dos votos. Portanto, os membros colocam suas escolhas em ordem de preferência. Os contadores da PricewaterhouseCooper começam contabilizando todas as opções número 1. Se um filme ganha mais de 50% dos votos, ele vence, mas é duvidoso que isso aconteça com frequência. Então a PwC vai para a segunda posição e, se necessário, para a terceira, mas os contadores dizem que é improvável que a contagem vá muito além disso. Se o “Filme A” recebe o maior número de votos – digamos 30% -, parece ser o favorito. Mas se o “Filme B” obtivesse apenas 20% dos votos número 1, mas fosse esmagadoramente popular nos votos número 2, isso poderia acabar vencendo, especialmente se muitos eleitores colocassem o “Filme A” como sua escolha número 4 ou 9, por exemplo.

CERIMÔNIA LONGA

A Academia insiste em que todas as 24 categorias sejam apresentadas durante a transmissão. Em um período de três horas, resta apenas 30 minutos para um monólogo de abertura (se houver um anfitrião), qualquer apresentação musical, o segmento In Memoriam, repescagens dos Governors Awards e Sci-Tech Awards, etc. Em contraste, os Grammys apresentam a maioria de seus prêmios fora da transmissão. Em 2019, os produtores do Oscar tentaram reduzir o número de apresentações no ar e foram recebidos com enormes protestos, incluindo alguns dos membros do conselho. Então eles desistiram da ideia, pelo menos por enquanto.

QUEM FORMA O CONSELHO?

O conselho é composto por três membros eleitos de cada ramo, além de três governadores em geral nomeados.

Oscars: Como funcionada o Academy Awards

AS CAMPANHAS

Publicidade e promoção fazem parte do DNA de Hollywood. Se eles fazem algo de que se orgulham, eles o promovem. Com os prêmios, há também um motivo prático: o estúdio quer garantir que os eleitores assistam ao filme. Embora os críticos assistam a dezenas de filmes todos os meses, os membros geralmente trabalham em seus empregos e têm famílias, o que dificulta ter tempo de assistir a todos os filmes novos. Uma campanha é uma maneira de chamar a atenção para um filme.

VENCER, VENCER, VENCER!

Hollywood é como qualquer outro negócio: é movido por dinheiro e ego. Todo mundo no ramo de filmes está procurando o próximo emprego, e um Oscar pode abrir oportunidades de emprego e aumentar seu salário. Uma vitória na melhor imagem pode aumentar a taxa de TV, streaming e qualquer outro formato nos próximos anos. Além disso, os estúdios criam campanhas de premiação para que possam ganhar o favor dos melhores talentos, sejam estrelas ou pessoas por trás das câmeras. É uma maneira de dizer: “Veja como tratamos bem o nosso povo! Fique conosco.”

A POPULARIDADE CONTA?

Se fosse, Keanu Reeves e Margot Robbie venciam todos os anos. Ser simpático não dói, mas não garante nada. Em 2018, Rami Malek estava em toda parte, encantando pessoas em festas, sessões de perguntas e respostas e shows de prêmios. E ele ganhou um Oscar. Por outro lado, Olivia Colman estava ocupada no exterior e escassa no circuito de premiação. E ela ganhou também. Não há fórmulas para uma campanha bem-sucedida.

OUTRAS PREMIAÇÕES

Não. Elas não garantem um Oscar. Os membros votam no filme que mais gostaram. E às vezes eles concordam com Globo de Ouro, SAG Awards, BAFTA, etc, mas nem sempre. Eles são grupos de votação muito diferentes.

MAS E OS ANALISTAS DO OSCAR?

Os analistas do Oscar estão tentando aplicar princípios científicos a algo que não pode ser medido: gosto pessoal. A Academia mantém em segredo os resultados: sabemos quem ganhou, mas não por quantos votos, e não sabemos quem ficou em segundo, terceiro ou quarto. Portanto, jornalistas conversam com os membros para tentar entender seus sentimentos, mas sempre há suposições.

Preparado para o #Oscar2020? A premiação acontece no dia 9 de fevereiro! Confira todas as nossas críticas em vídeo na playlist abaixo:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários