Amor, Sublime Amor: Conheça o elenco do musical de Steven Spielberg

    Amor, Sublime Amor (West Side Story) é um musical de sucesso da Broadway que em 1961 ganhou sua primeira adaptação para os cinemas com direção de Robert Wise e Jerome Robbins. Na época, o longa ganhou 10 Oscars, entre eles, de Melhor Filme, Direção e Atriz Coadjuvante. 

    A nova versão de Amor, Sublime Amor é dirigida por Steven Spielberg (Jogador Nº1) e roteirizada por Tony Kushner (Lincoln).

    No elenco estão Ansel Elgort, Rachel Zegler, Ariana DeBose, David Alvarez e Mike Faist.

    SINOPSE

    Na Nova Iorque de 1957, as gangues Jets, estadunidenses brancos, e os Sharks, porto-riquenhos, são rivais que tentam controlar o bairro de Upper West Side. Maria (Rachel Zegler) acaba de chegar à cidade para seu casamento arranjado com Chino (Josh Andrés Rivera), algo ao qual ela não está muito animada. Quando em uma festa a jovem se apaixona por Tony (Ansel Elgort), ela precisará enfrentar um grande problema, pois ambos fazem parte de gangues rivais; Maria dos Sharks e Tony dos Jets.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Amor Sublime Amor (2021, Steven Spielberg)

    TONY (Ansel Elgort)

    Amor, Sublime Amor: Conheça o elenco do musical de Steven Spielberg

    Ansel Elgort estrelou filmes como Em Ritmo de Fuga (2017), pelo qual recebeu um Globo de Ouro e indicação ao Oscar para Melhor Ator, A Culpa é das Estrelas (2014) e O Pintassilgo (2019).

    Spielberg comentou sobre o personagem Tony e a escolha de Elgort para o papel:

    Tony é um personagem complicado. Ele precisa ser um rato de sarjeta durão, mas então olhe para o que ele canta: Ele tem que ser alguém realmente capaz de amar e sem vergonha de usar seu coração. Procuramos Tony por um ano, então Ansel apareceu. Às vezes, na câmera, ele parece ainda mais jovem do que ele é, então no próximo segundo ele se parece com Marlon Brando. Ele tem grande poder, e também vulnerabilidade. Ele é menino e homem e tão fácil em quantas vezes essas qualidades são intercambiáveis. Ansel encontrou uma maneira de criar um Tony que está emergindo das sombras, lutando arduamente para encontrar a luz, o que é o seu elemento natural – o que torna o que acontece com ele ainda mais devastador.”

    MARIA (Rachel Zegler)

    Amor, Sublime Amor: Conheça o elenco do musical de Steven Spielberg

    Rachel Zegler, uma latina de descendência colombiana, estava entre o primeiro grupo de potenciais Marias
    analisadas por Cindy Tolan.

    Para Tolan, ela era a pessoa certa para o papel:

    Eu sabia que Steven iria amá-la. Ficou claro que ela estava certa para o papel, mas levou um ano para ter certeza de que ela era a pessoa certa.”

    Para Zegler, que estava no último ano do ensino médio em Nova Jersey, foi um período muito longo.

    Um amigo da Califórnia me enviou o aviso de elenco que Cindy enviou. Lembro-me da noite, 25 de janeiro de 2018. Fiz uma fita cantando ‘I Feel Pretty’ em espanhol e enviei. Dois semanas depois, eles me pediram para enviar outra fita cantando ‘Somewhere’ e lendo algumas linhas do incrível roteiro de Tony Kushner. Então Cindy me pediu para ir até seu escritório e março que minha mãe recebeu uma ligação do escritório de Cindy dizendo que Steven queria me conhecer.”

    Foi apenas o começo de um processo muito longo que incluiu ser chamado de volta para um teste de tela.

    Não demorou muito para eu conhecer Ansel Elgort e fazemos uma cena juntos. Era óbvio para mim que quando Ansel veio para seu teste de tela, ele sabia quem estava interpretando. Foi incrível para mim assistir alguém que se conhece tão bem interpretar outra pessoa. Gosto de pensar que conheço Maria, e gosto de pensar que ela e Tony se apaixonaram.”

    Mais seis meses, no entanto, se passaram antes que Zegler fosse escalado

    ANITA (Ariana DeBose)

    Amor, Sublime Amor: Conheça o elenco do musical de Steven Spielberg

    De acordo com Ariana DeBose, a jovem atriz estava insegura em se candidatar ao papel:

    Lembro-me de pensar que este definitivamente não era um papel para mim, mas Cindy Tolan teve uma conversa com meu agente, e eles me persuadiram, embora tenha demorado um pouco. Eles continuaram me chamando de volta. Eu pensei: ‘Por quê? Definitivamente, não vou conseguir esse papel. Meu pai é porto-riquenho; minha mãe é branca. Fui criada pela minha mãe na Carolina do Norte e passei muito tempo crescendo em um estúdio de dança com muitos porto-riquenhos. Mas eu não falava espanhol fluentemente e não me sentia parte da comunidade. Senti que era um pouco de tudo.”

    Por outro lado, o papel lhe trouxe grandes conquistas pessoais:

    Um dos presentes que este filme me trouxe é a aceitação de quem eu sou, bem como uma sensação de sendo aceito pela comunidade latina, a comunidade hispânica e até mesmo pela comunidade porto-riquenha. É algo que eu nunca pensei que fosse encontrar.”

    Steven Spielberg se entusiasma com Ariana e sua visão sobre sua personagem:

    Ariana teve a difícil tarefa de encontrar sua própria versão de Anita, que havia sido interpretada tão magnificamente por Rita Moreno na primeira adaptação cinematográfica. Foi alucinante observá-la.”

    Rita Moreno abraçou a performance de Ariana DeBose e Ariana deixou claro como ela estava inspirada por Rita.

    DeBose lembra:

    Quando Rita veio pela primeira vez para os ensaios, ela olhou ao redor do estúdio e perguntou: ‘Quem é a garota que está interpretando Anita?’ Eu me levantei e acenei sem jeito, e ela disse: ‘Você e eu temos alguns assuntos para conversar.’; eu me senti muito estranha e envergonhada. Mais tarde eu disse a ela que estava apavorada, e ela disse: ‘Sim, querida, eu entendo.’; e então tivemos um almoço adorável juntos e conversamos de mulher para mulher.”

    BERNARDO (David Alvarez)

    A escalação de Bernardo foi igualmente importante. Cindy Tolan comentou:

    Anita e Bernardo foram os papéis que procuramos continuamente – um longo processo. Estávamos lutando para encontrar o Bernardo certo para cumprir o papel que Steven imaginou, com pessoas que pudessem cantar, dançar e atuar.”

    Neste filme Bernardo é um lutador premiado, à beira de uma promissora carreira no boxe. Ele também está tremendamente inteligente, mas rígido em suas crenças.

    De acordo com Cindy Tolan:

    Acabei de ter um daqueles momentos em que pensei nos jovens que interpretaram Billy Elliot [referindo-se ao musical da Broadway]. Nós vimos alguns deles e me lembrei que havia três Billys originais. Um deles foi David Alvarez. David estava completamente fora da grade como artista. Ele havia deixado Nova Iorque para buscar outros interesses, tinha estado no Exército e frequentado a faculdade. Eu pensei: ‘Vamos localizá-lo’. Enviei inbox através do Facebook, Instagram, Twitter, etc. Ele levou duas semanas para responder com um fita de auto-audição.

    “Você nunca quer fazer isso no elenco, mas depois que eu olhei para a fita eu disse para Steven e Kristie: ‘Eu acho que encontrei Bernardo.’ Eles assistiram a fita e ficaram ansiosos, tipo, ‘Sim, este é Bernardo.'”

    David Alvarez diz:

    Enviei a fita sem esperar nada, mas no dia seguinte recebi uma ligação de Cindy Tolan dizendo que Steven Spielberg adorou. E que ele queria me ver. Entrei naquela sala para conhecê-lo muito nervoso dizendo a mim mesmo: ‘Seja você mesmo’. E ele me disse no final da reunião que gostou do que eu fiz, mas ele queria que eu voltasse, mas que raspasse minha barba. Quando ele finalmente me ligou, eu o chamei de ‘Sr. Spielberg’ ao telefone, querendo ser respeitoso e educado, o que ele respondeu: ‘Me chame de Steven porque vou ligar mais vezes para você Bernardo’.”

    RIFF (Mike Faist)

    Mike Faist que interpreta Riff, o líder dos Jets, é outro ator incrivelmente talentoso e completa o elenco principal.

    De acordo com Tolan:

    Ele era indicado ao Tony Award pelo musical Dear Evan Hansen e nós o trouxemos para os Jets. Devo dizer que ele subiu ao topo muito, muito rapidamente. Todo mundo da produção estava com o mesmo pensamento e todos nós dissemos: ‘Vamos experimentá-lo para Riff.’ E Faist pegou o papel.”

    Para Steven Spielberg:

    Mike Faist é único. Ele pode fazer absolutamente qualquer coisa.”

    Faist lembra:

    Eu fiz o primeiro teste para Amor, Sublime Amor em fevereiro de 2018; na verdade eu fiz o teste originalmente para Tony, mas não tive nenhuma resposta. Eles então perguntaram se eu voltaria para interpretar Riff. Eu sou principalmente um ator, mas eu cresci tendo aulas de dança e aulas de voz. Este é meu primeiro grande filme, e quando me sentei pela primeira vez com Steven, contei a ele os filmes que cresci assistindo como Cantando na Chuva, Amor, Sublime Amor e Indiana Jones. Eu cresci me preparando para fazer isso com ele.”


    Amor, Sublime Amor concorre as seguintes categorias: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz Coadjuvante (Ariana DeBose), Melhor Figurino, Melhor Som, Melhor Fotografia e Melhor Design de Produção.

    LEIA TAMBÉM:

    Oscar 2022: Onde assistir aos principais filmes da premiação?

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #281 | ‘O Culpado’ é suspense que prenderá do início ao fim

    O Culpado é a nossa indicação do TBT. O longa é um suspense repleto de detalhes que te prenderá do início ao fim.

    Filmes inspirados em eventos reais que você vai querer ver para acreditar

    Existem muitas opções disponíveis, mas selecionamos uma lista de 7 filmes inspirados em histórias verdadeiras e que valem a pena.

    TBT #280 | ‘Janela Indiscreta’ é um filme de suspense à frente de seu tempo

    Janela Indiscreta é estrelado por James Stewart e Grace Kelly e é um dos maiores filmes de suspense de seu tempo, brincando sempre com nossa perspectiva do real e irreal.

    Planeta dos Macacos: O Reinado | Conheça os personagens

    Planeta dos Macacos: O Reinado está disponível nos cinemas. Conheça os personagens principais dessa nova aventura!