Início FILMES Crianças em tratamento do câncer vão ao cinema para sessão especial

Crianças em tratamento do câncer vão ao cinema para sessão especial

Crianças em tratamento do câncer vão ao cinema para sessão especial

A Associação Pró-Vita e a humanização do Hemorio promoveram sessão de cinema para cerca de 30 crianças que estão em tratamento do câncer no hemocentro e no Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe). A atividade aconteceu no Kinoplex Tijuca.

As crianças assistiram ao filme Aladdin, um clássico da Disney, no estilo musical dos gêneros romance e fantasia, que conta a história de um jovem ladrão que vive de pequenos roubos em Agrabah. Um dia, Aladdin (Mena Massoud) ajuda uma jovem a recuperar um valioso bracelete, sem saber que ela na verdade é a princesa Jasmine (Naomi Scott). Ao visitá-la no palácio, ele é capturado por Jafar (Marwan Kenzari), o grão-vizir do sultanato, que deseja que ele recupere uma lâmpada mágica, onde habita um gênio (Will Smith) capaz de conceder três desejos ao seu dono.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Aladdin (2019, Guy Ritchie)

Moradora de Japeri, Madrilaine Rocha acompanhou a filha Estela, que há 13 anos faz tratamento contra uma anemia falciforme – descoberta através do teste do pezinho, quando tinha dois meses de vida. A mãe considerou a iniciativa positiva:

“É um momento de alegria para toda família, pois consegue nos desligar um pouco da rotina do hospital. A Estela ficou encantada com tudo.”

Lucia Martins, mãe da Elisa, de 11 anos, revela:

“Estava pensando em assistir ao filme no cinema da minha cidade, São João de Meriti, mas não tinha condições, e a oportunidade surgiu no momento certo”.

A filha, que está em fase final de controle da leucemia, celebrou:

“Gostei bastante do filme, da história da princesa, do tapete voador e do gênio saindo da lâmpada. Vim tirar sangue como sempre e tive essa surpresa.”

O presidente da Associação Pró-Vita, Ottmar Saffier, destacou a importância da iniciativa:

“O passeio ao cinema busca proporcionar momentos de felicidade para estas crianças, apesar de viverem uma doença tão delicada e que afeta toda família. Queremos criar uma atmosfera positiva, que faça com que este paciente responda da melhor forma possível ao tratamento do câncer.”

Sobre a Pró-Vita

Declarada utilidade pública nas esferas federal, estadual e municipal, a Associação Pró-Vita é uma instituição sem fins lucrativos, localizada no Centro do Rio. É responsável por apoiar unidades públicas de transplante e seus pacientes, como Instituto Nacional do Câncer (Inca), Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF/UFRJ), Hemorio e Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe). A cada ano se consolida como importante contribuinte para o aumento das taxas de transplante no Rio.

Quem tiver interesse em conhecer melhor a Pró-Vita ou contribuir de alguma maneira com o trabalho da instituição, pode acessar o site (www.provita.org.br); ou comparecer na sede, que fica na Rua Buenos Aires, nº 2 – Centro do Rio; ou entrar em contato pelo telefone (21) 2206-1615.

Artigo anteriorHebe: Cinebiografia é um dos destaques do Festival de Cinema de Gramado
Próximo artigoA Cozinha: Rainhas do Crime: Panini lança título inédito do selo DC Vertigo
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.