CRÍTICA – 15 Minutes of Shame (2021, Max Joseph)

    15 Minutes of Shame é um documentário produzido por Monica Lewinsky que se envolveu em um escândalo político em 1998, quando teve um caso com o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton.

    SINOPSE DE 15 MINUTES OF SHAME

    Este documentário é uma imersão surpreendente, oportuna e reveladora no mundo da humilhação pública. Usando a narrativa documental e análise do comportamento social, este documentário apresenta indivíduos de todo os Estados Unidos que foram humilhados publicamente, enquanto aborda os agressores, espectadores, a mídia, psicólogos, políticos e especialistas.

    15 Minutes of Shame aborda uma das questões mais urgentes e não resolvidas da vida moderna, apresentada a você pelas pessoas que sofreram na pele a destruição de sua imagem.

    ANÁLISE

    15 minutes of Shame é um documentário que traz relatos de pessoas que sofreram cancelamento na internet e quais foram suas consequências após todo o constrangimento que passaram.

    O documentário é dirigido por Max Joseph que realiza um excelente estudo do surgimento da cultura do cancelamento e apresenta os dois lados da moeda, positivos e negativos.

    Diante disso, vale ressaltar que o documentário traz entrevistas de pessoas canceladas injustamente e outras que realmente mereceram tais consequências, com uma linha histórica dessa onda de ódio no mundo antes do surgimento da internet. Como exemplo, temos o caso de Max Colvin, que comprou 17 mil garrafas de álcool em gel e estocou os produtos, vendendo pelo dobro do preço durante a epidemia do coronavírus.

    Apesar dos inúmeros relatos que o documentário apresenta, o diretor não crava se a cultura do cancelamento é positiva ou negativa. É evidente que a exposição e destruição de reputações sempre esteve presente no mundo antes mesmo do surgimento da internet. Temos situações que podem cristalizar isso como o dos paparazzi que sempre estavam perseguindo e expondo celebridades em situações que são muitas vezes íntimas, como no caso da Princesa Diana e Britney Spears.

    Dito isso, 15 Minutes of Shame é um excelente estudo da cultura do cancelamento que deixa claro que muitas vezes os danos causados por isso podem ser em alguns casos irreversíveis.

    VEREDITO

    15 Minutes of Shame é surpreendente por trazer um tema que está ainda mais presente atualmente e pode ser uma excelente oportunidade para quem ainda não entende a cultura do cancelamento, seja para causas boas ou para pessoas que realmente mereceram tais consequências. O estudo feito pelos realizadores é interessante para avaliarmos nosso comportamento diário de julgamento sem conhecer a fundo as causas desses linchamentos. É hora de refletir um pouco…

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Confira o trailer:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #281 | ‘O Culpado’ é suspense que prenderá do início ao fim

    O Culpado é a nossa indicação do TBT. O longa é um suspense repleto de detalhes que te prenderá do início ao fim.

    Filmes inspirados em eventos reais que você vai querer ver para acreditar

    Existem muitas opções disponíveis, mas selecionamos uma lista de 7 filmes inspirados em histórias verdadeiras e que valem a pena.

    TBT #280 | ‘Janela Indiscreta’ é um filme de suspense à frente de seu tempo

    Janela Indiscreta é estrelado por James Stewart e Grace Kelly e é um dos maiores filmes de suspense de seu tempo, brincando sempre com nossa perspectiva do real e irreal.

    Planeta dos Macacos: O Reinado | Conheça os personagens

    Planeta dos Macacos: O Reinado está disponível nos cinemas. Conheça os personagens principais dessa nova aventura!