Início FILMES Crítica CRÍTICA – As Passageiras (2021, Adam Randall)

CRÍTICA – As Passageiras (2021, Adam Randall)

As Passageiras

As Passageiras é o novo longa vampiresco original da Netflix e conta com Raul Castillo (Army of The Dead) em seu elenco. A direção é de Adam Randall.

SINOPSE

Benny (Jorge Lendeborg Jr.) é um estudante que tenta emplacar em algo e ajudar sua avó. Em uma noite ele pega a vaga de Jay (Raul Castillo), seu meio irmão, que lhe envia como motorista a duas belas garotas.

O que ele Benny não sabe é que Jay é o líder dos humanos em uma luta ferrenha contra os vampiros liderados por Victor (Alfie Allen) e que a sua vida corre perigo nas mãos de Blaire (Debbie Ryan) e Zoé (Lucy Fry), duas vampiras mortais.

ANÁLISE

As Passageiras é um longa que tem uma proposta bastante batida, pois mostra mais uma batalha entre os humanos e uma raça de monstros. 

Todavia, o que o difere dos demais é a forma de contar essa história, e talvez esse seja o maior problema do filme.

Os dois primeiros atos são extremamente enfadonhos, uma vez que apresentam diversos personagens que não agregam nada. Além disso, o longa não sai do lugar, com muitos diálogos que não dizem muita coisa e o único alento é a ação que é bem econômica.

As atuações até que são competentes, com destaque para Jorge Lendeborg Jr., Raul Castillo e Debbie Ryan que conseguem nos prender. Entretanto, o troféu de constrangimento e vergonha alheia vai para Megan Fox que é caricata e entrega uma cena bastante ruim. 

A direção de Adam Randall é problemática, pois possui diversas técnicas confusas de câmera, principalmente com um recurso de câmera rodante usada em demasia. Além disso, as cenas de ação são bagunçadas, mesmo que usadas de forma interessante ao fundo do cenário. Como destaque, a paleta de cores neon agrada e traz uma estética bastante peculiar ao longa.

VEREDITO

As Passageira é chato, parado e não consegue contar nada de novo. Por mais que seu elenco se esforce, a direção e roteiristas não conseguem construir uma obra digna num oceano de longas vampirescos apresentados pela vermelhinha em 2021.

Nossa nota

2,5/5,0

Confira o trailer de As Passageiras:

Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

Artigo anteriorTBT #147 | Pânico (1996, Wes Craven)
Próximo artigoCRÍTICA – Back 4 Blood (2021, Turtle Rock Studios)
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.