Início FILMES Crítica CRÍTICA – Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos (2018, Paulo Nascimento)

CRÍTICA – Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos (2018, Paulo Nascimento)

60
0

Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos é um longa dirigido por Paulo Nascimento e tem o elenco formado por Edson Celulari, Soledad Villamill, Leonardo Machado e Giovanna Echeverria. No longa, Vitório (Celulari) perdeu a visão muito jovem e adaptado a seu universo, o protagonista tem seu negócio familiar, uma pizzaria, que divide com a espoca Clarice (Villamil). Quando Clarice apresenta uma possibilidade de Vitório recuperar a visão, ele precisa decidir entre seu mundo particular ou aquilo que parece uma oportunidade imperdível.

Em Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos nos apresenta uma grande falha, que compromete toda a fluidez da narrativa: Seus diálogos são mecânicos, como se lidos das páginas do roteiro, sem naturalidade. Assim, os momentos cômicos ou dramáticos são afetados pela dificuldade de entrega das falas, da mesma maneira que o envolvimento do espectador com as personagens. Vitório possui algumas piadas constantes com Cleomar (Machado) durante o filme, e algumas frases de efeito como “O bullying é livre” que buscam estabelecer o personagem de Vitório como bem resolvido e com senso de humor, mas são momentos escritos de forma pouco natural e não convencem. Não houve um momento de risadas intencionais na sessão de cinema.

Outro problema aqui, é a trama em si. Com uma tentativa de uma mensagem metafórica moral sobre aceitação do outro e diferenças, o filme apresenta um elenco uniforme, sem muita diversidade, e com uma história telegrafada e pouco inventiva. Aliada com uma execução fraca, o filme se torna uma sucessão de oportunidades perdidas e tentativas frustradas, com a trama principal e a paralela envolvendo Alicia (Echeverria), filha de Vitório. No lado positivo, a dedicação de Celulari ao personagem é perceptível, e Soledad Villamil realiza um lindo trabalho, roubando todas as cenas em que está e entregando uma carga emocional que salva muitos momentos outrora medianos. Infelizmente, sua personagem recebe um tratamento fraco e superficial, mas a atriz faz muito com pouco.

Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos tem um roteiro fraco e baseado em clichês, e tenta passar uma mensagem positiva que o próprio filme não segue. A fragilidade que Celulari exibe é louvável, mas sua performance é comprometida por diálogos mal escritos e dirigidos de forma inconsistente.

Avaliação: Ruim

Confira o abaixo o trailer:

Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos chega aos cinemas nesta quinta-feira 03 de Maio. Acompanhe-nos também nas redes sociais para ficar por dentro do melhor do cinema!

Comentários