Início GAMES Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 | As novidades não param!

Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 | As novidades não param!

120
0
Vampire: The Masquerade - Bloodlines 2 | Game será lançado no ano que vem

Seguindo a onda de nostalgia dos clássicos que estão voltando a moda, os gamers que sentem frio na barriga de excitação ao ouvir “RPG de mesa” estão mais do que felizes desde que descobriram que Vampiro – A Máscara está mais vivo do que nunca, e com clãs sendo revelados direto para o novo Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2.

Sucesso nos anos 90, Mark Rein-Hagen conquistou o coração dos rpgistas com Vampiro – A Máscara, jogo de narrativa que propõe um terror psicológico no mundo underground da década, tornando as crônicas contemporâneas e quebrando o padrão clássico de batalha em RPGs de mesa.

Com toda a fama conquistada, a editora White Wolf (também conhecida por RPGs como Lobisomem – O Apocalipse, Changeling – O Sonhar, Mago – A Ascensão, entre outros) inspirou o jogo digital Vampire: The Masquerade – Bloodlines, desenvolvido pela Troika Games em 2004.

A fidelidade ao complexo universo de Vampiro – A Máscara e a mecânica divertida que oferece diversos caminhos para o jogador seguir acabou conquistando não só os fãs dos livros, mas também um novo público. Desde então, ficamos num looping eterno, zerando 400 vezes Vampire: The Masquerade – Bloodlines para suprir nossa saudade.

Em março de 2019, 15 anos após o lançamento do primeiro jogo, a Paradox Interactive liberou maiores informações sobre uma sequência, e você pode conferir no trailer abaixo:

CLÃS REVELADOS

Originalmente há em torno de 13 clãs – variando dependendo da edição, dos segmentos, etc -, e não temos certeza de quantos terão em Bloodlines 2, mas 6 já foram revelados:

Brujah: Os nossos clássicos brutamontes já foram confirmados. Com instinto de rebeldia e extrema força física, os vampiros do clã Brujah são conhecidos pelo seu porte do tamanho de um armário e, se me permitem, um certo pavio curto.

Tremere: Um clã extremamente temido. E por muitos, na verdade, nem considerado um clã. Dominadores da Taumaturgia, também são conhecidos como “bruxos” por utilizarem magia. Extremamente reservados e fiéis ao seu clã, os Tremere podem controlar fogo, sangue, objetos, realizar rituais e etc.

Toreador: Com certeza o clã mais próximo à natureza humana. Mesmo na pós-vida, os Toreadores podem apreciar pequenas quantidades de comida e adoram prazeres como arte, gastronomia e erotismo. Mesmo não sendo os mais fortes, os Toreadores carregam grande presença e agilidade.

Ventrue: Líderes da seita Camarilla, o controle político que defende a Máscara (preceito que não permite os seres humanos saberem sobre os vampiros), o clã Ventrue vem exercendo seu poder há séculos, tendo nomes de respeito nos livros de história e quantias absurdas de dinheiro.

Malkavian: Um dos clãs mais amados do universo de Vampiro – A Máscara, e o mais difícil de lidar. Malkavianos parecem divertidos mas têm uma história triste. São amaldiçoados pelo seu sangue com a loucura. São muito sábios, sim, e têm todas as respostas sobre o mundo dos vampiros em seus cérebros, mas a demência os impede de conseguir formular uma frase com sentido.

Thinblood: Os Thinblood são, na verdade, um clã recente. Quanto mais vampiros são sendo feitos e as gerações vão passando, mais o sangue vai enfraquecendo. Hoje em dia, é muito comum terem vários Thinbloods. Ao mesmo tempo que não há tantos estudos quanto os clãs antigos, os Thinblood tem a vantagem de descobrirem novos poderes, como telecinese e comunicação com animais.

Também é bom dizer, para os que tiverem a chance, que a Paradox Interactive realizará esse ano a PDXCON 2019 nos dias 18, 19 e 20 de outubro, em Berlim. Quem tiver a chance de comparecer, pode se registrar no link http://pdxcon.paradoxplaza.com para dar uma olhadinha no jogo antes de seu lançamento, direto na convenção! Neste link também há mais informações do evento e venda de ingressos.

Vampire: The Masquerade – Bloodlines 2 está previsto para ser lançado em março de 2020, e já possui pré-venda para PC com 3 versões diferentes. Posteriormente teremos mais informações sobre as vendas para Xbox One e PlayStation 4.

Para mais informações, acesse http://bloodlines2.com. E caso ainda não conheça o primeiro jogo, você pode adquiri-lo pela Steam.

Em momentos como esse, vale sempre lembrar: RPGs de mesa são os primórdios da cultura geek, e é muito bom relembrá-los. Nunca deixem de jogá-los! A criatividade é o único limite quando você segue a famosa “Regra de Ouro”, que implica em criar livremente e curtir sem medo.

Comentários