Os piores filmes da Marvel de todos os tempos

    A Marvel é considerada a empresa modelo no que se trata de filmes de super-heróis e, desde 2008, quando Robert Downey Jr deu vida ao excelente Tony Stark, a gigante do entretenimento lidera de braçadas.

    Entretanto, nem tudo são flores na histórico de longas, com muitos filmes péssimos antes de tudo acontecer. Confira a nossa lista de seis piores, lembrando que não há um ranking e que você, querido leitor, pode eleger outros, pois é mais por questão de gosto pessoal.

    NICK FURY: AGENTE DA S.H.I.E.L.D (1998, ROD HARDY)

    Marvel

    Abrindo a lista, temos David Hasselroff como Nick Fury, o líder da S.H.I.E.L.D, que foi eternizado pelo mestre da atuação Samuel L. Jackson.

    Na trama, o nosso protagonista é chamado de volta da aposentadoria para salvar Nova Iorque das mãos da H.Y.D.R.A, que pretende fazer uma ataque terrorista em Manhattan, matando milhões de pessoas.

    O longa foi feito para a televisão e contava com um baixo orçamento. A ideia era fazer um piloto de uma série, entretanto, o material foi considerado tão ruim pelo estúdio que acabou virando um filme, com pontas para uma possível continuação que nunca aconteceu. A atriz Sandra Hess, conhecida como a Sonya Blade de Mortal Kombat: Aniquilação era a vilã Andrea Von Strucker.

    MOTOQUEIRO FANTASMA 2: ESPÍRITO DA VINGANÇA (2012, MARK NEVELDINE, BRIAN TAYLOR)

    Marvel

    Uma lista de piores filmes da Marvel não poderia existir sem o Motoqueiro Fantasma de Nick Cage (O Peso do Talento), nosso eterno ator favorito.

    Um garoto que é considerado o novo anticristo está em perigo no Leste Europeu. O Motoqueiro Fantasma, Johnny Blaze (Nicolas Cage), tem que salvá-lo das mãos dos poderosos vilões.

    Com caras e bocas de Cage, um vilão horroroso, péssimos efeitos especiais e uma loucura completa em uma trama confusa tornam esse filme uma pérola da Marvel no quesito de ruindade. Motoqueiro Fantasma 2: Espírito da Vingança é o tipo de obra que diverte por conta de seu constrangimento.

    CAPITÃO AMÉRICA (1990, ALBERT PYUN)

    Quando falamos em Capitão América, lembramos de cara de Chris Evans ou até mesmo de Anthony Mackie que se tornou o novo Sentinela da Liberdade do MCU.

    Contudo, em 1990, o “magnífico” Albert Pyun deu sua visão de como o herói seria com seu tenebroso Capitão América, um dos maiores desastres da Marvel.

    Steve Rogers (Matt Salinger) é o Capitão América e tem que derrotar o temível Caveira Vermelha (Scott Paulin), que possui o plano maquiavélico de controlar a mente do presidente dos Estados Unidos.

    O longa de 1990 tem cenas ridículas como, por exemplo, Steve Rogers roubando duas pessoas com a desculpa de que iria vomitar. Esse longa vale cada minuto de risadas.

    QUARTETO FANTÁSTICO (1994, OLEY SASSONE)

    O Quarteto Fantástico foi o grupo mais sofrido dentro da Marvel, uma vez que nunca teve uma boa adaptação nos cinemas. A cada tentava, as coisas estavam piorando cada vez mais, até chegarmos ao fatídico filme de 2015.

    Contudo, em 1994, Oley Sassone recebeu uma ingrata missão…

    Um milhão de reais no bolso e apenas um mês para produzir o filme produzido por Roger Corman, a lenda das obras trash. O resultado? Uma bagunça completa com péssimos efeitos práticos e especiais, atuações horrorosas e muitos momentos constrangedores.

    Na trama, Reed Richards (Alex Hyde-White) e Victor Von Doom (Joseph Culp) fizeram experimentos que deram errado, com um acidente grave que afetou Doom.

    Muitos anos depois, Reed recruta um novo time em uma missão científica que acaba conferindo poderes aos tripulantes Richards, Ben Grimm (Michael Bailey Smith), Sue (Rebecca Staab) e Johnny Storm (Jay Underwood), criando o poderoso Quarteto Fantástico.

    Com todos os elementos citados acima, o projeto foi um desastre, se tornando um cult para quem ama porcarias. Veja por sua conta em risco.

    HOWARD, O SUPER-HERÓI (1986, WILLARD HUYCK)

    Marvel

    Até um pato tem os seus limites…

    O ano era 1986 e George Lucas já era uma lenda de Hollywood e tinha o sonho de fazer um filme de super-heróis, e não qualquer um, e sim de Howard, o Pato.

    Eis que depois de um tempo, a Marvel comprou a ideia e tivemos essa pérola dos cinemas, com muitas confusões e momentos embaraçosos.

    Howard é um astro em decadência em seu planeta natal e vive de forma bastante melancólica.

    Entretanto, ele acaba sendo jogado na Terra e agora tem o objetivo de tentar voltar ao seu devido lugar.

    Howard, o Super-Herói é um longa constrangedor em tantos níveis que é impressionante de tão ruim e divertido. Sua galhofice está na produção e em tudo que vemos nas câmeras, desde a escolha de cast, até na execução. O fato de usar pessoas com nanismo de tamanhos diferentes, até mecatronics bizarros, Howard, o Super-Herói é uma bizarrice sem tamanho, contando com a pior cena de sexo de todos os tempos.

    GERAÇÃO X (1996, JACK SHOLDER)

    Por fim, mas não menos importante, temos Geração X, uma das primeiras tentativas de trazer os X-Men no formato live-action.

    Emma Frost (Finola Hughes) e Banshee (Jeremy Ratchford) lideram um grupo de jovens dotados superpoderosos. Um cientista louco começa a perseguir Derme (Agustin Rodriguez), um garoto com poderes elásticos, chamando a atenção do grupo de heróis que pretende ajudá-lo.

    Com péssimas atuações, personagens horrorosos, efeitos terríveis e uma trama risível, Geração X é uma das maiores porcarias da história do gênero de super-heróis. O longa que aparecia direto na Sessão da Tarde foi um dos marcos dos adolescentes dos anos 90, mesmo que de forma bastante negativa.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Noites Sombrias #67 | Jason Vai Para o Inferno: A Última Sexta-Feira 13 (1993, Adam Marcus)

    Jason Vai Para o Inferno é o sexto filme da franquia de um dos ícones da cultura pop e que trouxe um misto de sentimentos na crítica.

    Top Gun: Maverick | Quem é o elenco do novo filme?

    Mais de 30 se passaram do clássico Top Gun, agora Tom Cruise está de volta em Top Gun: Maverick! Conheça o elenco.

    TBT #177 | Clube dos Cinco (1985, John Hughes)

    Clube dos Cincos é um daqueles clássicos dos anos 80 e seria uma heresia se não estivesse no TBT do Feededigno.

    10 produções com temática viking

    Confira filmes, games e séries sobre a temática viking para você aproveitar enquanto não chega ao Valhalla!