Mulher-Aranha: Conheça Jessica Drew

    Sabemos que o Homem-Aranha possui algumas versões alternativas. Uma das mais famosas é a Mulher-Aranha, que já foi vivida por várias personagens. Ainda assim, podemos dizer que a versão mais conhecida pelos fãs da Marvel Comics é a de Jessica Drew, que já participou de inúmeras histórias da editora.

    A atriz Issa Rae foi escalada para o papel de Jessica Drew, a Mulher-Aranha original, na animação Homem-Aranha Através do Aranhaverso, sequência da animação vencedora do Oscar Homem-Aranha no Aranhaverso (2018). Essa será a primeira vez que a heroína irá aparecer em um longa-metragem.

    O INÍCIO DA CRIAÇÃO E MUITA TRETA

    A criação da Mulher-Aranha tem uma história peculiar, envolvendo proteção de identidade intelectual. Sua estreia aconteceu em Marvel Spotlight #32, publicada em 1977, quando a Marvel vivia o auge do Homem-Aranha, após a fase clássica com o ilustrador John Romita Sr. e os eventos da chocante morte de Gwen Stacy. Nessa época, a rivalidade com a DC Comics aumentava, e ficou ainda maior após uma disputa judicial sobre o nome do herói (e às vezes vilão) Magnum, que originalmente era chamado de Wonder Man.

    Como todo mundo sabe, a Mulher-Maravilha em inglês é Wonder Woman. A DC processou a Marvel no final dos anos 60, alegando uso impróprio da nomenclatura. Para evitar problemas, Stan Lee preferiu, então, mudar para Magnum. Vale destacar que nessa época já havia rolado uma treta entre as editoras por conta de Shazam, que era conhecido como Capitão Marvel. Como a Marvel tinha lançado seu próprio herói com esse nome em 1967, a concorrente teve que mudar o título da revista para o nome do mago que dá os poderes a Billy Batson.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | De Capitão Marvel à Shazam! Saiba tudo sobre o personagem da DC Comics

    E a briga nos bastidores só aumentaria em 1976, um pouco antes da estreia da Mulher-Aranha, com a chegada da Poderosa, ou Power Girl em inglês, em All Star Comics #58. Em 1972, a Marvel tinha lançado Luke Cage, inicialmente chamado de Power Man. Stan Lee ficou furioso e achou injusta a decisão da DC de batizá-la assim, pois a editora fez exatamente o que havia reclamado da Marvel.

    ORIGEM

    A origem da Mulher-Aranha, criada por Archie Goodwin e Marie Severin, é um tanto quanto estranha, com elementos de terror sci-fi de filmes dos anos 1970. Jessica Miriam Drew nasceu em Londres e, após mudar-se para um laboratório construído por seu pai, ela fica gravemente doente. Para salvar sua vida, seu pai injeta um soro experimental com sangue de aranha irradiado. Depois de ser exposta a um acelerador genético, que a envelheceu em um ritmo acelerado enquanto estava em um estado de animação suspensa, seus pais morrem e ela finalmente é liberada dessa situação, já com 17 anos.

    E isso era para ser ainda mais sombrio, porque a ideia inicial de Goodwin era a de mostrar uma aranha se transformando na humana gradualmente. O roteirista Marv Wolfman percebeu que essa trama seria pouco plausível para os leitores da época e mudou-a, dizendo que as memórias de Jessica eram falsas, a partir de implantes de memória do grupo Hydra. Posteriormente, sua origem seria revista novamente, sem o elemento de horror de baixo orçamento de sua concepção original.

    PODERES E HABILIDADES

    Além de força, agilidade, resistência, regeneração e reflexos aumentados, a Mulher-Aranha possui um treinamento de alta performance, que a torna uma combatente letal. Ela consegue subir paredes via “atração eletrostática”, possui sentido de audição aguçado, é imune a todos os tipos de toxina e consegue disparar rajadas de veneno pelas mãos.

    Embora não tenha as teias de Peter Parker, a heroína pode planar pelo ar. Para completar seu arsenal, seu metabolismo pode gerar feromônios que atraem, repelem ou assustam criaturas – isso às vezes lhe causa problemas de relacionamentos, por isso, ela costuma usar um “perfume” para atenuar os efeitos.

    PRINCIPAIS QUADRINHOS

    The Amazing Spider-Man #210 (1980): Esta edição marca a primeira aparição de Julia Carpenter como Mulher-Aranha. Ela se tornou uma heroína por um breve período antes de adotar o nome Arachne.

    Spider-Woman Vol. 1 (1978-1983): Esta série em quadrinhos apresentou Jessica Drew como a Mulher-Aranha original. Foi uma série significativa para o desenvolvimento da personagem e explorou suas origens e aventuras solo.

    Spider-Woman Vol. 6 (2020-presente): Jessica Drew retorna com uma nova série solo, que mergulha mais fundo em sua vida como super-heroína, explorando seu papel como mãe e suas conexões com outros heróis do Universo Marvel.


    Homem-Aranha Através do Aranhaverso tem estreia prevista para 1 de junho de 2023. Um terceiro filme, intitulado Beyond the Spider-verse, está planejado para 29 de março de 2024.

    LEIA TAMBÉM:

    Marvel Comics: Conheça outros personagens da editora

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Sandman: Conheça Destino, Delírio e Destruição

    A segunda temporada de Sandman apresentará ao grande público os três Perpétuos ausentes da trama até agora, Destino, Delírio e Destruição.

    10 fatos sobre Obi-Wan Kenobi que você não sabia

    Obi-Wan é um dos maiores nomes de Star Wars. Seus poderes o tornam o Jedi lendário. Confira 10 fatos sobre o personagem.

    Bastion: Conheça o vilão de X-Men ’97

    Saiba mais sobre o vilão da Marvel Comics. Bastion teve sua primeira aparição na HQ X-Men #52, publicada em maio de 1996.

    Cassandra Nova: Conheça a vilã de Deadpool e Wolverine e ‘gêmea’ de Xavier

    Foi apresenta a primeira versão live-action da vilã Cassandra Nova. A personagem será vivida por Emma Corrin e será a vilã de Deadpool e Wolverine.