Início SÉRIE Crítica CRÍTICA | Falcão e o Soldado Invernal: S1E1 – Uma Nova Ordem...

CRÍTICA | Falcão e o Soldado Invernal: S1E1 – Uma Nova Ordem Mundial

Falcão e o Soldado Invernal

Falcão e o Soldado Invernal estreou hoje (19/03) no serviço de streaming Disney+. Confira nossa análise de Uma Nova Ordem Mundial.

SINOPSE

O mundo não tem mais a figura do Capitão América para se espelhar já que o herói voltou no tempo para viver sua vida ao lado de Peggy Carter (Hayley Atwell).

Sam Wilson (Anthony Mckie), o Falcão recebeu o escudo do Sentinela da Liberdade, entretanto, abriu mão de seu legado para seguir em frente.

Enquanto isso, Bucky Barnes (Sebastian Stan), o Soldado Invernal, tenta viver no novo mundo do qual faz parte. Agora ele deve enfrentar seus traumas do passado e se ajustar ao presente, pois não consegue viver em paz consigo mesmo.

ANÁLISE

Falcão e o Soldado Invernal tem em seu primeiro episódio diversos elementos interessantes que formam uma boa carta de apresentação do seriado. 

Já na primeira cena temos uma perseguição de tirar o fôlego protagonizada pelo Falcão, apresentando suas habilidades de voo e combate, por exemplo, mostrando o herói de uma forma que ainda não havíamos visto. Já nos primeiros dez minutos há muita qualidade no CGI e nas coreografias de luta, não deixando nada a desejar comparado com os melhores filmes do Capitão América no Universo Cinematográfico Marvel.

A série nos ambienta quanto aos Vingadores e também à vida de Sam Wilson, visto que ainda não o conhecemos a fundo. O protagonista tem em seu passado problemas familiares que dão profundidade ao personagem, mostrando que há uma boa base de humanização e crescimento dele.

Já Bucky tem em sua estrutura uma vida de sofrimento e busca de redenção, pois sua história foi apagada e recriada por vilões cruéis. O Soldado Invernal se mostra disposto a retribuir com ações todos os quais foram prejudicados por ele e pela Hydra

O roteiro consegue amarrar algumas pontas soltas de Vingadores: Ultimato, mas sem ser muito profundo em questões maiores como os Heróis Mais Poderosos da Terra se encontram no momento. Mas tivemos uma visão de como será a retomada por parte dos protagonistas.

A direção é bastante competente, apresentando uma paleta de cores que mistura o azul e o laranja, além de cortes bastante precisos e boas ideias nas cenas de ação.

UM NOVO MUNDO EM FALCÃO E O SOLDADO INVERNAL

Vingadores: Ultimato trouxe consequências devastadoras para a Terra, pois o estalo de Thanos e o de Homem de Ferro trouxeram resultados aos que ficaram. 

Um grupo terrorista denominado Apátridas foi criado com o intuito de unir fronteiras de maneira anárquica, algo bastante interessante no viés de trama de espionagem escolhido pela série.

De forma bastante rápida, mas que desperta o nosso interesse, a nova gangue se mostra como uma grande ameaça. Ao apresentar um líder poderoso, podemos ter diversos embates, visto que os nossos heróis terão um grande desafio pela frente. A forma na qual eles foram apresentados mostra que o terrorismo será um tema recorrente na trama, algo que é uma excelente escolha dentro do cenário político cada vez mais polarizado em que vivemos.

VEREDITO

Tudo sobre Falcão e o Soldado Invernal, série original do Disney+

Falcão e o Soldado Invernal mostrou a que veio em seu primeiro episódio. Com uma trama bem pé no chão e que fala sobre legado, o programa tem tudo para ser um grande sucesso se mantiver uma pegada de espionagem e heroísmo do eterno Steve Rogers do UCM.

A série nos mostra que o mundo está menos esperançoso, pois as lutas com o Titã Louco deixaram cicatrizes que vão ficar para sempre. A Nova Ordem Mundial precisa de novos lastros de esperança e Falcão e o Soldado Invernal podem ser importantes nesse quesito.

Nossa nota

4,5 / 5,0

Confira o trailer:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.