Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – Gavião Arqueiro (1ª temporada, 2021, Disney+)

CRÍTICA – Gavião Arqueiro (1ª temporada, 2021, Disney+)

gavião arqueiro

Gavião Arqueiro é a mais nova série do Disney+ em parceria com a Marvel, a quarta desde o início do ano de 2021 e traz Jeremy Renner novamente dando vida ao Vingador.

SINOPSE DE GAVIÃO ARQUEIRO

Kate Bischop (Hailee Steinfield) é a maior fã do Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), o Vingador mais humano do grupo.

Após um leilão envolvendo o traje do Ronin, passado obscuro de Clint, Kate acaba usando a roupa e se mete com a Gangue dos Casacos precisando da ajuda do herói para se salvar.

ANÁLISE

Confesso que quando a série do Gavião Arqueiro foi anunciada, meu hype não era alto, tampouco assistiria no tempo certo caso não tivesse que cobri-lá, uma vez que acho o personagem desinteressante.

Ao longo dos seis episódios, Clint Barton foi ganhando camadas e uma importância dentro do MCU e ficou mais simpático, muito por conta da excelente Kate Bischop, vivida de forma extraordinária por Hailee Steinfield.

A dinâmica da dupla é o ponto mais alto da trama, uma vez que eles são uma mistura de buddy cops com pai e filha. Ela o admira e reverencia, ele se sente mais humano e responsável ao lado dela, com os dois se complementando de forma bastante orgânica. Outros bons personagens como Kazi (Fra Fee) e Maya (Alaqua Cox) são apresentados nesse balaio natalino, com muita profundidade e com bons ganchos para o futuro, principalmente com a entrada de Demolidor no universo da Marvel.

À parte, temos como destaque a sempre espetacular Florence Pugh como Yelena Belova, a nova Viúva Negra, que complementa muito bem esse elenco carismático. Fiquei com muita vontade de ver mais dela na Casa das Ideias, principalmente atuando ao lado de Steinfield, pois as duas são perfeitas juntas.

Entretanto, de negativo temos as cenas de ação mal executadas, uma história meio sonolenta e sem empolgação e que serve mais para implementar de vez o universo urbano. A adição do Rei do Crime foi bastante aleatória e causou até um certo constrangimento por conta de uma atuação desastrosa de Vincent D’Onofrio.

VEREDITO

Com muito carisma, excelentes atores e personagens, mas uma trama sonolenta, Gavião Arqueiro é a menos empolgante das séries do MCU, todavia, traz muita qualidade.

Com o papel de consolidar os heróis urbanos da Marvel e abrir o leque de opções para grupos como Jovens Vingadores e Thunderbolts, o seriado deixa pontas soltas interessantes para um futuro promissor.

Nossa nota

3,8/5,0

Confira o trailer de Gavião Arqueiro:

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCRÍTICA | Gavião Arqueiro S1: E5 e E6 – Análise
Próximo artigoNoites Sombrias #45 | Krampus: Conheça o Papai Noel maligno
Relações-públicas, gremista, nerd, escorpiano e palestrinha. Parece futebolista, pois só vive descendo a lenha. DC é melhor que Marvel, todavia, amamos as duas.