CRÍTICA – ‘Rainha das Lágrimas’ é emoção do começo ao fim

    Um bom dorama sempre faz bem para sair da rotina das produções ocidentais e neste mês de maio encerrou-se uma das produções de maior visibilidade tanto no seu país de origem quanto em relação ao resto do mundo. Rainha das Lágrimas (Queen of Tears) é um k-drama produzido pela CJ ENM, sendo lançado na TVN com sua exibição original ocorrendo entre 9 de março e 28 de abril, chegando no serviço de streaming Netflix em 23 de março e encerrando sua exibição em 11 de maio.

    Durante a exibição em TV nacional foram anunciados dois episódios especiais e ainda não se sabe se também chegarão ao streaming.

    O roteiro é feito por Park Ji-eun e codirigida por Jang Young-woo e Kim Hae-won com seu elenco sendo formado por Kim Soo-hyun de Tudo Bem Não Ser Normal e Kim Ji-won de Apaixonados Pela Cidade como os protagonistas além de Park Sung Hoon, Lee Mi Sook, Kwak Dong Yeon e a participação de Song Joong Ki.

    SINOPSE

    A rainha das lojas de departamento e seu marido do interior enfrentam uma crise conjugal. Até que o amor milagrosamente volta a florescer.

    ANÁLISE

    Rainha das Lágrimas tem tudo o que uma pessoa precisaria para encantar uma dorameira(o) de primeira viagem e agradar os mais veteranos nas produções sul coreanas e asiáticas em geral a ponto de se comparar com alguns clássicos como Goblin.

    É uma história bem estruturada pelo seu roteiro que sempre nos mantém na expectativa do que vai acontecer a seguir e a cada nova surpresa desperta a curiosidade de saber o próximo passo da história.

    Os doramas têm um tom bem novelesco e, como em toda novela, existe mais de um núcleo narrativo que fica bem determinado ao longo de seu desenvolvimento e isso funciona muito bem em Rainha das Lágrimas porque todas essas histórias estão em alguns aspecto conectadas com o tema principal e tem seus próprios desfechos.

    A direção retrata bem o aspecto dramático do casal protagonista, todos os conflitos e os obstáculos que vão se apresentando na trama e isso ganha um excelente contorno emocional através da atuação de Kim Soo-hyun (Baek Hyun-Woo) e Kim Ji-won (Hong Hae In) que tem uma excelente química em tela.

    Outras atuações a destacar são Sung Hoon que já mostrou muito talento sendo um dos vilões em A Lição e vai muito bem em um papel que o coloca como o antagonista principal e Mi Sook que reforça o núcleo vilanesco do dorama coreano.

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | A Lição: Conheça os personagens do K-drama da Netflix

    O que torna Rainha das Lágrimas tão emocionante é a jornada de rompimento e reparação que Hae In e Hyun Woo que já são um casal com o tão esperado “final feliz” e a narrativa nos mostra o que vai acontecer depois disso, um outro estágio da relação que a comunicação é sempre muito importante.

    Existem momentos engraçados, fofos, divertidos, sérios, intensos e tristes, como exatamente acontece em uma relação entre duas pessoas que decidem ficar juntas em um estágio como o casamento e nessa onda de bons e maus momentos que sem perceber se afastam e pelas razões apresentadas na trama vão se aproximando e isso torna a experiência do dorama coreano como um todo altamente emocionante.

    Além desse combo de expectativa e emoção ainda existe espaço para uma participação muito especial, um crossover com outro dorama que é muito querido pelo público, sendo uma excelente ideia dos criadores por ter um ponto em comum muito interessante entre os dois; tornando a situação muito engraçada e surpreendente.

    VEREDITO

    Rainha das Lágrimas é emocionante, dramático com muitas surpresas e deixa a nossa expectativa a respeito de seu final até os últimos momentos sendo um dos melhores K-dramas lançados neste ano.

    Nossa nota

    4,8 / 5,0

    Assista ao trailer:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Sandman: Conheça Destino, Delírio e Destruição

    A segunda temporada de Sandman apresentará ao grande público os três Perpétuos ausentes da trama até agora, Destino, Delírio e Destruição.

    Eric: Conheça a nova série estrelada por Benedict Cumberbatch

    A Netflix lançou, o trailer oficial e imagens inéditas de Eric, nova série de Abi Morgan. A produção, estrelada por Benedict Cumberbatch.

    CRÍTICA: ‘GTO’ é um anime marcante e muito divertido

    GTO é uma das mais recentes adições à Netflix. A adição da Netflix é uma das mais surpreendentes aqui. GTO é um anime ligeiramente curioso.

    Lançamentos Netflix: Veja o que chega em maio

    Maio já está chegando e nada melhor que ficar por dentro dos próximos lançamentos Netflix! Veja as produções da gigante do streaming.