Início SÉRIE Artigo La Casa de Papel – Resumão da Parte 4

La Casa de Papel – Resumão da Parte 4

CRÍTICA - La Casa de Papel (Parte 4, 2020, Netflix)

La Casa de Papel Parte 5 – Vol. 1 chegou na Netflix e os fãs estão ansiosos para descobrir o que vai acontecer a seguir. Com tantas voltas e reviravoltas que muitas vezes confundem a ordem dos acontecimentos neste hit espanhol, é importante lembrar todos os detalhes, mesmo aqueles que gostaríamos que não acontecessem.

De conexões improváveis ​​entre ladrões à jornada de Raquel (Itzar Ituño) de volta à gangue, aqui está um resumo de tudo o que aconteceu na Parte 4 e como o final revela algumas teorias para o final.

O TIRO EM NAIRÓBI

Antes de seu trágico destino, a Parte 4 inicia justamente no ponto em que a Parte 3 terminou: depois que Nairóbi (Alba Flores) foi baleada por um atirador da polícia por ordem de Alicia Sierra (Nadjwa Nimri).

Os assaltantes estavam instantaneamente focados em salvar a vida da amiga e isso implicava em parar de brigarem entre si. Com medo de que eles não pudessem trabalhar juntos, Nairóbi se dispôs a ser entregue à polícia, para que recebesse assistência médica adequada. Tóquio (Úrsula Corberó) acaba realizando a cirurgia com a orientação de um cirurgião paquistanês por meio de uma vídeo chamada.

Durante a cirurgia, o Professor (Álvaro Morte) está negociando com a polícia para cuidar de Nairóbi. Tóquio remove a bala com sucesso e salva a vida da amiga, o que instantaneamente intensifica a fúria de Palermo (Rodrigo de La Serna) por não ter mais uma posição de poder.

PALERMO E GANDÍA

Palermo perdeu o controle quando Tóquio assumiu a liderança do assalto. Em um esforço para recuperar seu poder, Palermo liberta Gandía (Jose Manuel Poga), o impiedoso chefe da segurança do Banco da Espanha. Gandía então foge passando por um abalado Rio (Miguel Herrán) e ataca Helsinque (Darko Perić) e a debilitada Nairóbi, antes de se trancar na sala do pânico – uma sala secreta de segurança – e entrar em contato com a polícia.

O policial Antonanzas (Antonio Romero) relata a ligação de Gandía ao Professor, que então tenta contar a Tóquio sobre isso, mas não consegue antes que ela seja nocauteada pelo próprio Gandía.

O chefe da segurança continua a atormentar os outros assaltantes e até joga uma granada no Rio e Denver (Jaime Lorente). Há um grande tiroteio entre Gandía e a gangue, o que o leva a fazer Nairóbi como refém.

A TRAJÉDIA DE NAIRÓBI

Depois que Nairóbi – ainda debilitada da cirurgia – está sob a custódia de Gandía, ele enfia a cabeça dela por um buraco de uma porta e planeja sua fuga, mas não antes de atirar na mão da refém para afirmar suas ameaças.

Como ninguém ousaria machucá-la, ele a usa como escudo humano; no entanto, ele não foge imediatamente como esperamos. Em vez disso, Gandía atira na testa de Nairóbi e ela cai no chão (um momento sem precedentes e de arrancar as lágrimas para dos fãs).

Apesar de Denver jogar uma granada em Gandía em retaliação, eles não podem matá-lo nem salvar a vida de Nairóbi pela segunda vez.

O ATAQUE DO PROFESSOR

Após a morte de Nairóbi, o Professor continua a tramar uma solução para suas lutas. Ele tenta procurar a sala do pânico e rapidamente descobre que ela está localizada no banheiro do governador.

Ele também controla o resgate de Lisboa e, mais uma vez, confia em Marselha (Luka Peroš) para salvar o dia. A estratégia que ele inventa é encontrar a filmagem da tortura de Rio na Argélia e compartilhá-la com o resto do mundo para que eles fiquem do lado dos assaltantes.

A notícia agita a população da Espanha e a polícia é forçada a não apenas negar as acusações, mas também a recuar no ataque ao banco depois que uma entrevista com um dos torturadores foi transmitida durante o anúncio policial.

Além disso, o Professor conta que a polícia capturou Raquel ilegalmente e a manteve na tenda todo esse tempo.

A RUÍNA DE SIERRA

Frustrada com a súbita reviravolta dos acontecimentos, a inspetora Sierra foi a responsável pela tortura de Rio e admite isso em uma entrevista coletiva que marca sua queda. Grávida e despedida de sua ocupação, Alicia Sierra está sedenta por vingança e não tem medo de resolver o problema por conta própria.

Ela descobre que Antonazas estava colaborando com o Professor e depois de olhar várias imagens de segurança, ela descobre a placa do veículo utilizado pelo líder do assalto.

O RETORNO DE LISBOA

Enquanto Sierra vai atrás do Professor, ele continua planejando o resgate de Lisboa. Com alguma ajuda externa, seu grupo recupera Lisboa de uma das viaturas da polícia que a levava para a audiência.

O passo final é fazer todos pensarem que Gandía havia pedido um helicóptero para sair do banco. A distração é suficiente para Lisboa entrar no banco e se reunir com o resto da gangue.

Eles decidem que o roubo acontecerá em homenagem a Nairóbi. O Professor está entusiasmado com o fato de o Plano Paris ter ocorrido exatamente como ele imaginou, mas a felicidade não dura muito.

No final da season finalle da Parte 4, Sierra aponta uma arma para o Professor sinalizando que pode não haver saída.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorNoites Sombrias #30 | Invocação do Mal (2013, James Wan)
Próximo artigoCRÍTICA | La Casa de Papel (Parte 5 – Vol. 1, 2021, Netflix)
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.