Início SÉRIE Notícia Lúcifer: Por quê a Netflix salvou a série do cancelamento?

Lúcifer: Por quê a Netflix salvou a série do cancelamento?

774
0
lúcifer netflix

A Netflix chegou no último minuto de junho para resgatar Lúcifer, após o cancelamento da série pelo canal Fox. Embora o programa tenha muitos seguidores apaixonados, isso não se reflete em sua audiência, o que provavelmente explica por que a emissora optou pelo cancelamento. Então, por que a gigante do streaming entrou nessa jogada quando outros – incluindo The CW e Amazon – deixaram a série Lúcifer de lado?

Durante a turnê de verão da Television Critics Association, Cindy Holland, vice-presidente de séries originais da Netflix, explicou:

“Lucifer é uma série fantástica que realmente repercutiu com o público em partes do mundo onde licenciamos, então sentimos que era importante ajudar essa série a continuar com seus fãs.”

A quarta temporada de Lúcifer será de 10 episódios, abaixo dos 24 episódios da terceira temporada e 13 da primeira. A produção pela Netflix está programada para começar no início de 2019.

Na série, Tom Ellis que dá vida ao personagem título, Lúcifer Morningstar, se aposentou do cargo de governante do Inferno para abrir uma boate em Los Angeles. O assassinato de uma estrela pop força-o a usar seus poderes para ajudar a detetive Chloe Decker, vivida pela atriz Lauren German, a encontrar o assassino e limpar seu próprio nome.