PRIMEIRAS IMPRESSÕES – The Marvelous Mrs. Maisel (4ª temporada, 2022, Amazon)

    The Marvelous Mrs. Maisel retorna para a sua quarta temporada na Amazon Prime Video após um hiato de quase três anos. Devido a pandemia de COVID-19, o seriado precisou ser repensado pela criadora Amy Sherman-Palladino, mudando um pouco a dinâmica de cenas cheias de figurantes.

    Nós tivemos a oportunidade de assistir aos dois primeiros episódios da produção e trazemos nossas impressões sem spoilers! Confira nossa análise abaixo.

    LEIA TAMBÉM: The Marvelous Mrs. Maisel: Resumo com os principais acontecimentos das temporadas

    SINOPSE

    É 1960 e a mudança está no ar. Procurando aprimorar sua atuação, Midge (Rachel Brosnahan) encontra um show com total liberdade criativa. Mas seu compromisso com seu ofício – e os lugares que a leva – cria um fosso entre ela, a família e os amigos ao seu redor.

    ANÁLISE

    Ao assistir os dois primeiros episódios da nova temporada de The Marvelous Mrs. Maisel, apenas um pensamento passou em minha mente: como é bom ter essa produção de volta! Com roteiro afiado e a simpatia de sempre, nossos personagens favoritos retornam à ativa após a catastrófica finale do terceiro ano.

    O primeiro episódio começa exatamente de onde paramos, assim como em todas as temporadas anteriores. Midge e Susie (Alex Borstein) foram abandonadas no aeroporto, devido ao set que Midge executou no Apollo Theatre, sendo assim oficialmente chutadas da turnê internacional de Shy Baldwin (Leroy McClain).

    O episódio inicial se desenrola com o humor inteligente e contagiante que já conhecemos. A dupla está à beira de um ataque de nervos, principalmente porque ambas cometeram ações duvidosas ao término da terceira temporada (que estão atreladas a dinheiro). A tour internacional era a grande chance de Midge se tornar uma comediante conhecida e, em um piscar de olhos, ela se vê no fundo do poço.

    As atuações são sempre o ponto alto do seriado e, mesmo com a clara necessidade de diminuir locações devido a pandemia, nada incomoda durante os dois primeiros episódios. Os ganchos são muito bem desenvolvidos, apesar de algumas soluções fáceis se desenrolarem entre uma situação e outra. O que não é um problema, visto que o desenrolar é natural e dinâmico.

    Há uma cena incrível que se passa em Coney Island que, certamente, é o ponto alto desses primeiros episódios. Ela serve para trazer a audiência de volta ao mundo caótico e divertido de The Marvelous Mrs. Maisel, colocando o espectador no centro de novas brigas em família, novas promessas impossíveis e suas relações pouco comuns.

    O trabalho dos roteiristas em amarrar as pontas deixadas no último ano e, ao mesmo tempo, fazer a trama andar em poucos minutos, é algo invejável. A nova atitude de Midge, incorporada brilhantemente por Rachel Brosnahan, parece ser uma das melhores facetas que veremos da personagem. Tudo no seriado ainda é muito familiar mas, ao mesmo tempo, há algo novo e instigante.

    The Marvelous Mrs. Maisel é uma série de comédia que consegue desenvolver muito bem as angústias da vida adulta. Mesmo se passando no final dos anos 1950 (e neste novo ano, em 1960), há muito o que se identificar, principalmente quando analisamos a evolução de Abe (Tony Shalhoub), Rose (Marin Hinkle), Joel (Michael Zegen) e da própria Midge.

    Se encaixar num estilo de vida que as pessoas esperam de você, abrir mão de seus sonhos e viver uma vida sem propósito ou felicidade. Se no terceiro ano, o seriado pavimentou o caminho para que esses personagens encontrassem suas vocações e preenchessem seus desejos, a quarta promete ser o momento de virada para todos eles. E eu mal vejo a hora de acompanhar tudo isso!

    VEREDITO

    The Marvelous Mrs. Maisel retorna com o pé direito e promete uma ótima temporada. Os dois primeiros episódios são coesos em suas propostas e pavimentam o caminho para um novo ano desafiador e repleto de mudanças.

    A nova temporada estreia na Amazon Prime Video no dia 18 de fevereiro. Assista ao trailer da temporada

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Dragon Ball: Os 10 melhores episódios para assistir no Globoplay

    Após mais de 10 anos sem a TV Globinho, Dragon Ball chegou ao Globoplay. Confira a lista com os 10 melhores episódios.

    Veja o Clube Hellfire jogando D&D de verdade

    Eddie reina como o Mestre do Clube Hellfire em Stranger Things; mas o ator Joe Quinn, nunca havia jogado RPG antes... bom, até agora!

    HBO Max: Títulos para comemorar 1 ano do serviço

    A HBO Max está em festa! No dia 29 de junho, a plataforma de streaming completa um ano de seu lançamento na América Latina!

    Peaky Blinders: Relembre a linha do tempo histórica da série

    Conheça os principais acontecimentos históricos da série Peaky Blinders, desde a 1ª temporada até a 5ª; a 6ª temporada já está disponível.