Início SÉRIE Artigo The Witcher: Ouça estes covers de Toss A Coin To Your Witcher!

The Witcher: Ouça estes covers de Toss A Coin To Your Witcher!

Conheça estes covers da música Toss A Coin To Your Witcher, do seriado The Witcher (Netflix), que encantou o mundo e viralizou

Toss a coin to your Witcher
Oh, Valley of Plenty
Oh, Valley of Plenty, oh
Toss a coin to your Witcher
A friend of humanity

Ou então…

Dê um trocado pra o seu bruxo
Ó, Vale Abundante
Ó, Vale Abundante, ó!
Dê um trocado pra o seu bruxo
Ele é quem nos garante

2019 estava na reta final, e algo além das propagandas de Natal dominava a internet e a lembrança das pessoas: o recém lançado seriado The Witcher e seu hit Toss A Coin To Your Witcher, uma das ótimas músicas da trilha sonora da produção original da Netflix.

Diz aí: você pode até não ter visto o seriado, mesmo sendo fã do ator Henry Cavill, mas é improvável que não tenha ouvido ao menos essa música. Estou certo?

Toss A Coin To Your Witcher é uma composição original de Sonya Belousova e Giona Ostinelli, com letras de Jenny Klein. A canção em inglês é cantada pelo ator Joey Batey, que interpreta Jaskier na série. A música original foi traduzida para pelo menos outros 12 idiomas, inclusive o português, que você confere a seguir na nossa lista de covers que você precisa conhecer!

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – The Witcher (1ª temporada, 2019, Netflix)

Dê um trocado pro seu bruxo, por Raphael Rossatto

Dê um trocado pro seu bruxo é a versão PT-BR de Toss A Coin To Your Witcher. Em nosso idioma, a canção é interpretada por ninguém mais, ninguém menos, que o dublador de Jaskier, Raphael Rossatto.

Versão épica também nas vozes de brasileiros

Mais Brasil na lista! Dessa vez, o cover épico é nas vozes de Bruno Sutter (o Detonator do Massacration) e Junior Carelli (da banda ANIE). Assista a seguir!

Cover de Toss A Coin To Your Witcher no violão

Os talentos que fazem cover de Toss A Coin To Your Witcher vão muito além da potência vocal. Confira o arranjo no violão feito pelo professor brasileiro Fabio Lima.

Matthew K. Heafy e o cover que caiu de maduro

Assim que Toss A Coin To Your Witcher começou a fazer sucesso, os fãs da banda Trivium começaram a fazer a mesma pergunta nas redes sociais do vocalista Matthew K. Heafy: é você que canta o hit de The Witcher?

Depois de um tempo enfatizando que não era ele o intérprete, chegou ao ponto de que não fazer sua própria versão do hit seria perder uma baita oportunidade. Ainda mais que o Matt é muito ligado em games e cultura pop em geral….

Primeiro, ele fez um cover ao vivo em seu canal na Twitch, que você pode conferir aqui, como forma de fidelizar sua audiência por lá. Meses depois, ele lançou duas versões de estúdio: uma de Metal (ouça aqui), outra acústica, que particularmente é a minha favorita, embora ambas sejam incríveis. Confira abaixo:

Toss A Coin To Your Witcher no piano

Mais uma versão para os fãs de música instrumental. Dessa vez, o cover é somente no piano, arranjo criado por Patrik Pietschmann. Aproveite!

Versão com os dois pés no passado

Devo admitir que esse remix synthwave de Toss A Coin To Your Witcher está muito bom. Achou que não iria dançar ao som da trilha sonora de The Witcher? Pense melhor e escute no player a seguir…

Covers mais populares do YouTube

Não posso deixar de fora as principais versões entre os covers mais ouvidos no YouTube. De fato, o intérprete e as intérpretes estão de parabéns pelo talento!

Dan Vasc (atualmente com 22 milhões de visualizações):

Violet Orlandi (cover feminino mais popular no YouTube):

Rachel Hardy (uma versão tranquila e muito popular no YouTube):

Clique aqui e fique por dentro de tudo sobre The Witcher!

Faltou algum nessa lista? Compartilhe seus covers favoritos nos comentários!

Inscreva-se no YouTube do Feededigno

Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

Artigo anteriorCRÍTICA – 14 montanhas, 8 mil metros e 7 meses (2021, Torquil Jones)
Próximo artigoCRÍTICA – Titãs (3ª temporada, 2021, Netflix)
Jornalista pós-graduado em Jornalismo Digital, fã de Mr. Robot, Pokémon e com uma menção honrosa a 24 Horas, o seriado que me fez entrar no mundo de séries e filmes.