Início SÉRIE Notícia Watchmen: HBO revela a tragédia secreta do Coruja

Watchmen: HBO revela a tragédia secreta do Coruja

117
0
Watchmen: HBO revela a tragédia secreta do Coruja

Ambientada 30 anos no futuro, após o fim dos quadrinhos original de Watchmen, a série da HBO têm revelado aos poucos o destino misterioso dos personagens principais dos quadrinhos.

Apesar de muitos desses destinos terem sidos revelados ou indicados nos três primeiros episódios da série, ou através de documentos presentes no site da HBO, o destino do segundo Coruja ainda não parece ter sido completamente revelado.

Apesar da HBO estar regulando as informações online acerca do destino do personagem, o último episódio de Watchmen levantou algumas dúvidas sobre o herói e indicou fatos de partir o coração sobre sua vida.

Indiscutivelmente o principal personagem da série original, o Coruja serviu como uma espécie de homem comum para que o leitor do quadrinho pudesse se identificar. Como um sucessor do Coruja anterior, Daniel Dreiberg lutou contra o crime com a ajuda de diversas ferramentas criadas por ele mesmo e foi o mais próximo do centro moral daquela equipe de personagens das mais diversas culturas.

Sendo em grande parte inocente e querendo o bem dos personagens e de sua equipe, o Coruja terminou a série assumindo um pseudônimo diferente, planejando um retorno para a vida heroica e um retorno a vida de paz ao lado de sua parceira, a Espectral (Laurie Blake).



É claro que a Espectral passou por mudanças drásticas durante os quadrinhos. Após a descoberta de que o Comediante era seu pai, a heroína mudou sua identidade super-heroica para A Comediante e lutou contra o crime ao lado do Coruja, que foi seguido por um apocalipse nuclear, conforme revelado na série.

Como mostrado no último episódio, aparentemente, Laurie e Daniel foram presos por seus atos como vigilantes nos anos 90 e partiram em direções diferentes após isso.

Agora trabalhando para o FBI como uma agente da força-tarefa contra vigilantes, Laurie não atua mais sobre um pseudônimo, mas sim investiga atividades heroicas, que anteriormente ela fez parte. Ao que parece, o Coruja não aceitou tal acordo e atualmente está preso por suas ações.

A conversa entre Laurie (Jean Smart) e o Senador Keane (James Wolk), entretanto, revelou que o Coruja ainda pode aparecer em Watchmen. Após notar uma coruja enjaulada – que Laurie tem como bicho de estimação -, Keane comenta a possibilidade de negociar a liberdade do Coruja. Longe de virar as costas para seu antigo parceiro, a aparentemente cínica Espectral pode estar trabalhando para ganhar a liberdade do seu antigo amor.

Ao longo de grande parte do episódio, Laurie parece imitar certas atitudes de seu pai, ao fazer piadas, suspeitando de tudo e de todos, enquanto aparentemente luta pelos interesses do governo.



Apesar de muito ter sido revelado sobre o que aconteceu com o Coruja nos 30 anos da série, o herói ainda não foi visto em cena. Nascendo canonicamente em 1945, ele devia estar perto dos 70 anos agora, e ele nunca foi um super-herói muito ativo, dependendo sempre de sua tecnologia.

Sua participação pode ser importante para o desenrolar da série, e sair da cadeia será a melhor coisa que Dan poderá esperar, já que viveu mais da metade de sua vida encarcerado.

Comentários