Início SÉRIE Artigo Conheça Lúcifer Morningstar, o Diabo da DC Comics

Conheça Lúcifer Morningstar, o Diabo da DC Comics

144
0
Lúcifer

Lúcifer Samael Morningstar é um personagem da DC que inicialmente era visto como um personagem coadjuvante nos quadrinhos de Sandman. Sua primeira aparição foi em The Sandman #2 no ano de 1989, ele foi criado por Neil Gaiman, Sam Kieth e Mike Dringenberg.

ORIGEM

Lúcifer

Sua história já é bem conhecida, Lúcifer governou o inferno por 10 bilhões de anos após se rebelar alguns minutos depois da criação do mundo. Durante esse tempo, ele manipulou os vários demônios do Inferno uns contra os outros, providenciou um lugar para os mortais mortos serem atormentados e liderou a guerra contra o Céu.

Entediado e irritado por causa de estereótipos e preconceitos criados pelos humanos que apontavam o anjo caído como O Ceifador de Almas, Pai da Falsidade e Mentira; e que ele obrigava os humanos a cometer atos malignos, Lúcifer se sentiu cansado e pensou que era uma injustiça que ele deveria governar o inferno para sempre simplesmente porque ele se rebelou.

Lúcifer então expulsa todos os demônios e almas do Inferno antes de fechar os portões e entregar a chave para Sandman.

Atualmente o Inferno está sob o controle de dois anjos, Duma e Remiel.

Lúcifer simplesmente se retirou para a Terra, inicialmente para Perth, na Austrália e depois se mudou para Los Angeles, Califórnia.

Nos Novos 52, Lúcifer é muito mais influenciado pela teologia cristã tradicional. Ele é descrito como um anjo caído malévolo, sádico e astuto que é o governante do Inferno e busca possuir almas humanas.

Ele é mantido com grande respeito e medo pelos habitantes do Inferno, que o servem e obedecem como um rei. O próprio Lúcifer, no entanto, fica mais entediado com sua existência quando o grupo conhecido como Cavaleiros Demônios é capturado por ele durante a Idade Média, e passa o tempo encontrando pequenas diversões, como assistir às lutas e quedas de Etrigan, o Demônio.

PODERES E HABILIDADES

Lúcifer

Considerado um dos personagens mais poderosos do Multiverso da DC, Lúcifer pode moldar a matéria e a fundação da criação em qualquer coisa que ele possa imaginar, incluindo matéria, energia e conceitos mais abstratos, como o tempo. Porém, ele tem certas limitações, pois ainda é uma criação de Deus. Ele não pode criar algo do nada, ao contrário de seu Criador ou irmão. De certa forma, isso o torna o maior desfavorecido dentre seus irmãos, embora não o mais fraco.

Ele pode escolher abandonar temporariamente seus poderes, incluindo sua imortalidade. Na história intitulada “Lilith“, está logicamente implícito que Deus poderia destruí-lo por seu próprio capricho, o que faz Lúcifer às vezes se perguntar o porquê de Deus ainda não ter lidado com ele. Ele é tão perigoso e imprevisível que nem mesmo a morte se aplica a ele.

Além de seus poderes divinos como arcanjo, Lúcifer possui os poderes comuns apropriados a um arcanjo de sua posição; força sobre-humana, durabilidade sobre-humana, voo, sangue ácido, um grito sônico devastador, telepatia e o poder de falar e entender os animais.

Além disso, ele é um psicopompo – palavra que tem origem no grego psychopompós, junção de psyche e pompós, designa um ente cuja função é guiar ou conduzir a percepção de um ser humano entre dois ou mais eventos significantes -, capaz de trazer de volta da morte qualquer indivíduo que ele mesmo matou.

Como um arcanjo, seus poderes são significativamente superiores aos de outros anjos.

CURIOSIDADES

Nos Novos 52, Lúcifer é mostrado sendo significativamente menos poderoso, muitas vezes usando os exércitos do Inferno para fazer suas vontades e é suscetível à magia. Isso foi mostrado quando a Excalibur foi usada para cortar sua mão.

Ele pode abrir e fechar portais mágicos do Inferno para a Terra e vice-versa, sendo capaz de usar esse poder para invocar ou banir demônios, como fez diversas vezes com Etrigan.

Lúcifer também é clarividente, possuindo uma elevada percepção ou conhecimento do tempo, ao ponto de ser capaz de saber o futuro.

Mesmo com tudo isso, o Estrela da Manhã não tem poder sobre as almas dos animais.

O personagem Lúcifer nos quadrinhos, teve seu rosto baseado no rosto de David Bowie.

APARIÇÕES

Lucifer: Netflix confirma 5ª e última temporada

 

Lúcifer já apareceu no filme Constantine de 2005 e foi interpretado pelo ator Peter Stormare. A DC em colaboração com a Fox desenvolveu uma série de TV baseada no personagem Lúcifer, de Sandman e o primeiro episódio foi liberado em 25 de Janeiro de 2016 e foi interpretado pelo ator Tom Ellis que participou também do crossover da CW, Crises nas Infinitas Terras: Parte 3 com uma pequena aparição.

Em Maio de 2018, a Fox cancelou a série após 3 temporadas e depois de várias campanhas feitas pelos fãs, a Netflix acolheu a série e logo anunciou a quarta temporada que foi transmitida em Maio de 2019.

A quinta temporada de Lúcifer será lançada no dia 21 de Agosto de 2020 pela Netflix. A gigante de streaming renovou a série para uma sexta e última temporada.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.