Início FILMES Cemitério Maldito: Veja as primeiras fotos do remake

Cemitério Maldito: Veja as primeiras fotos do remake

183
0

Stephen King continua a dominar o mundo do horror, com uma nova adaptação de seu romance Cemitério Maldito, que chegará aos cinemas no próximo ano. A Entertainment Weekly divulgou as primeiras imagens do filme para provocar o público com os horrores que estão por vir.

A sinopse oficial do filme diz:

Baseado no romance seminal de terror de Stephen King, Cemitério Maldito segue o Dr. Louis Creed (Jason Clarke), que, depois de se mudar com sua esposa Rachel (Amy Seimetz) e seus dois filhos de Boston para o rural Maine, descobre um misterioso cemitério escondido nas florestas perto da nova casa da família. Quando a tragédia atinge, Louis se volta para seu vizinho incomum, Jud Crandall (John Lithgow), desencadeando uma perigosa reação em cadeia que desencadeia um mal insondável com conseqüências terríveis.”

Tal como acontece com muitas das histórias mais populares de Stephen King, a inspiração para este romance veio de uma experiência do mundo real que ele teve com sua família. O site de Stephen King  o descreve como:

“Stephen servia como escritor residente na Universidade do Maine em Orono e morava em uma casa alugada perto de Orrington, que ladeava uma importante rota de caminhões que frequentemente ceifava a vida de cães e gatos. Na mata atrás de sua casa, crianças locais criaram um cemitério informal de animais de estimação. Um dia, o gato de sua filha foi morto por um caminhão que passava. Esteve diante da tarefa de enterrar o gato no cemitério de animais e explicar à filha o que tinha acontecido. E no terceiro dia após o enterro, King teve a ideia do romance.”

Confira abaixo as primeiras imagens de Cemitério Maldito:

JUD CRANDALL

No filme John Lithgow assume o papel de Jud Crandall, papel anteriormente desempenhado por Fred Gwynne.

Em entrevista à Entertainment Weekly, Lithgow comentou sobre seu personagem:

“Ele é um homem bom, mas é um homem com problemas em sua vida. E ele cresceu com alguns demônios reais.”

Este não é o primeiro contato de John Lithgow com o terror, com alguns dos outros gêneros do ator, incluindo  Um Tiro na Noite  e  Síndrome de Caim, com um de seus papéis mais memoráveis ​​sendo um serial killer na série de sucesso Dexter. Curiosamente, seu colega de elenco em Dexter, Michael C. Hall, narrou recentemente um audiobook de Cemitério Maldito.

LOUIS CREED

No romance, Jason Clarke interpreta um médico, que o co-diretor Dennis Widmyer acha que é um componente chave no que motiva a história. Além de um pai de luto que faz o que acha melhor para a família, sua experiência médica influencia suas decisões de ressuscitar seu filho.

Widmyer descreveu Louis como “um cara que pensa ter a morte planejada”:

“Ele vê a morte todos os dias, ele trabalho em um pronto-socorro. Ele entende a morte. Mas ele não entende a morte quando ela cai no colo dele. Ele fará tudo o que puder para desfazê-la. Está mais ou menos quando o mundo da ciência encontra o mundo sobrenatural.”

CHURCHILL

Indiscutivelmente a imagem mais icônica do romance e da adaptação anterior é o gato morto-vivo Churchill, tendo sido enterrado e após voltar à vida, o gato claramente sofreu uma mudança. O co-diretor Kevin Kölsch explica a importância de como a perda de um animal de estimação influencia fatores na jornada emocional da história.

“Ver um animal de estimação morrer é uma maneira que muitas crianças aprendem sobre a morte e como lidar com a morte pela primeira vez. Isso meio que ajuda você a aceitar a morte como uma parte natural da vida.”

FAMÍLIA CREED

Muitas das histórias de Stephen King enfatizam as conexões entre os membros da família, sendo Cemitério Maldito, sem dúvida, uma das jornadas mais emocionalmente eficazes. Além do modo como a perda de Churchill pode destruir uma família, Rachel Creed (Amy Seimetz) tem uma “escuridão” em seu passado. Quando jovem, ela foi encarregada de cuidar de sua irmã Zelda, que sofria de meningite espinhal. O impacto físico de Zelda teve um impacto psicológico alarmante em sua irmã, com Rachel muitas vezes desejando a morte de sua irmã como um fim para o sofrimento da família.

RACHEL CREED

As dificuldades de Rachel em lidar com a morte e a perda em relação a sua irmã Zelda acabam se revelando em como ela cria seus filhos, complicando as coisas quando eventos trágicos começam a se desenrolar.

Para Seimetz:

“Rachel passou por algo extremamente traumático quando era mais jovem com sua irmã, e ela congela quando se fala em morte. Ela não quer enfrentá-la [a morte] e não quer que sua filha passe pela mesma coisa. É um assunto difícil para ela discutir. Não só porque ela quer proteger sua filha, mas também porque ela também está protegendo alguma parte de si mesma.

DE VOLTA ÀS ORIGENS

Um dos maiores filmes do ano passado foi It: A Coisa, baseado no enorme livro de Stephen King. A história foi previamente adaptada em uma minissérie live-action em 1990, com a adaptação do ano passado superando seu predecessor de várias maneiras.

Com Cemitério Maldito tendo anteriormente um filme, o roteirista desta nova adaptação pensa que poderia ser a mais assustadora adaptação de King de todos os tempos.

Jeff Buhler comentou ao Dread Central

“Eu vou dizer isso, se você ama o livro, você vai adorar este filme. Dennis e Kevin são ambos visionários em termos de como eles abordaram, não apenas do ponto de vista do horror, mas também do ponto de vista do personagem, e tem sido muito gratificante trabalhar com esses caras. Acho que estamos no caminho certo para isso. Iremos fazer uma das mais assustadoras adaptações de Stephen King de todos os tempos!”

Cemitério Maldito chega aos cinemas em 5 de abril de 2019.

Leia também:

#52filmsbywomen 29 – Cemitério Maldito (1989, Mary Lambert)