Início FILMES Crítica CRÍTICA – Caça Invisível (2021, Thomas Sieben)

CRÍTICA – Caça Invisível (2021, Thomas Sieben)

Caça Invisível é um suspense alemão da Netflix que conta a história de 5 amigos em apuros na floresta sob a mira de um atirador misterioso

Caça Invisível (Prey) é mais um filme em idioma não-inglês original da Netflix lançado em 2021. Dirigida e roteirizada por Thomas Sieben, a produção alemã chegou ao streaming nesta sexta-feira, 10 de setembro.

O filme acompanha um grupo de amigos em uma aventura na natureza para curtir uma despedida de solteiro nada clichê. Estrelado por David Kross, o elenco principal também conta com Hanno Koffler, Robert Finster (Tribes of Europa), Yung Ngo e Klaus Steinbacher.

SINOPSE DE CAÇA INVISÍVEL

O que era para ser uma trilha na natureza, se transforma em uma tentativa desesperada de sobrevivência para cinco amigos na mira de um atirador misterioso.

ANÁLISE

Com 1h27min de duração, Caça Invisível é o que se espera: direto ao ponto. A contextualização de que o grupo de amigos está celebrando a despedida de solteiro de Roman (David Kross) é rápida e sem informações desnecessárias.

Antes de serem caçados por uma ameaça aparentemente invisível, a narrativa também já apresenta os laços que unem os personagens, bem como os backgrounds necessários para o desenrolar da história. Isso é bem positivo.

Existem dois plots em Caça Invisível: um sobre a caçada em si, outro que apresenta um conflito entre personagens. Não entrarei em detalhes sobre ambos, pois o filme já é bem objetivo, então qualquer detalhe pode ser um spoiler.

Um dos plots é interessante e seu desenrolar é capaz de arrancar reações intensas da audiência, pois há cenas surpreendentes. Essa parte da história prende atenção e é bem carregada de tensão.

O outro desenrolar não é ruim, mas é previsível. Mesmo com a rápida contextualização dos personagens e flashbacks pontuais é possível entender o que se passa, esvaziando a possibilidade de surpresas com o fato.

Caça Invisível é um suspense alemão da Netflix que conta a história de 5 amigos em apuros na floresta sob a mira de um atirador misterioso

As atuações do elenco principal e de outras personagens são boas. Todas contribuem para o clima de suspense e tensão.

No entanto, o grande problema de Caça Invisível é o final. O filme entrega um suspense interessante, mas se perde em si mesmo. Ou pior: o roteiro demonstra que, na verdade, não sabia para onde queria ir.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA: CRÍTICA – Interrompemos a Programação (2021, Jakub Piatek)

Fico pensando se Sieben tentou usar a personalidade de Roman para transmitir uma mensagem enigmática ou alguma metáfora. Algo relacionado ao personagem ser um elo entre pessoas muito diferentes, até opostas, mas não ser capaz de se conectar ou curar, de alguma forma, determinados personagens.

Se foi esse o caso, por a história ter apenas 1h27min, certamente teria espaço para desenvolver melhor o que ele tinha em mente, capaz de entregar um encerramento digno do suspense que criou nos atos anteriores.

VEREDITO

Com bons momentos de tensão, Caça Invisível é um suspense com uma narrativa interessante, mas que o final deixa a desejar e demonstra que o roteiro se perde. Ou pior: não sabia onde queria chegar.

Avalio positivamente com uma nota um pouco acima da média por causa dos bons momentos de suspense e tensão que 2/3 do filme proporcionam.

Nossa nota

3,0 / 5,0

Assista ao trailer de Caça Invisível:

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorNoites Sombrias #31 | Floresta de Sangue: Terror a Dentro – Mais uma obra bizarra de Sion Sono
Próximo artigoPlayStation Showcase: 3 jogos para você ficar de olho
Jornalista pós-graduado em Jornalismo Digital, fã de Mr. Robot, Pokémon e com uma menção honrosa a 24 Horas, o seriado que me fez entrar no mundo de séries e filmes.