Início FILMES Crítica CRÍTICA – Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

CRÍTICA – Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

147
0
CRÍTICA - Dois Papas (2019, Fernando Meirelles)

Dois Papas é um filme biográfico do diretor Fernando Meirelles baseado no livro “O Papa” de Anthony McCarten. O filme conta a história de Bento XVI (Anthony Hopkins) e Jorge Bergoglio, futuro Francisco I (Jonathan Pryce) no período de renúncia de Bento ao papado. O enfoque é nos bastidores de todo o processo, mostrando os embates e as visões dos dois protagonistas da trama.

Meirelles tem uma visão muito única em suas obras. Cidade de Deus é muito parecido em estrutura com seu novo longa, pois é uma biografia com um quê de ficção, focada em personagens fortes e muito bem escritos. Enquanto de um lado vemos o padre Jorge Bergoglio de uma forma humana, humilde, progressista e fora dos padrões da igreja católica, de outro vemos Bento XVI como um homem tradicional, sisudo, a favor dos costumes e da moral católica, um choque muito forte de personalidades muito distintas numa época na qual os membros do Vaticano estão lidando com uma crise institucional forte, com base nas mudanças sobre diversos aspectos voltados às bandeiras das minorias, além das acusações de pedofilia abafadas pelos cardeais.

O filme acerta em diversos aspectos, mas o principal é destrinchar ao máximo as personalidades dos seus personagens principais. Hopkins e Pryce dão uma aula de atuação e com muita justiça foram indicados no Globo de Ouro. A semelhança física deles também é algo extremamente positivo, uma vez que conseguimos praticamente enxergar as figuras originais em tela, processo que melhora ainda mais a nossa experiência. Os flashbacks da juventude de Jorge Bergoglio são cruciais para que a trama se desenvolva ainda melhor, nos mostrando que o Papa Francisco precisou se sacrificar muito em períodos sombrios da ditadura argentina para salvar as pessoas que ama.

Papa Francisco e Jonathan Pryce, como o Alto Pardal em Game of Thrones.

Com um texto forte, excelentes atuações e uma direção impecável, Dois Papas vem forte para as principais premiações, mérito total de Fernando Meirelles e sua equipe que conduziram de forma sublime uma obra que encanta até o mais ateu dos homens.

Nossa nota

Assista ao trailer legendado:

Dois Papas está disponível na Netflix. Já assistiu? Deixe seus comentários e sua avaliação.

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



E se você curte nosso trabalho; que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.