TBT #219 | Rocky III – O Desafio Supremo (1982, Sylvester Stallone)

    Na empolgação com Creed III, o TBT desta semana é sobre outro filme de boxe, de mesmo número, mas de alguns anos antes: Rocky III – O Desafio Supremo. Ao contrário do mais moderno que mal menciona o personagem de Carl Weathers, em Rocky III, o personagem de Apollo Creed é fundamental para a reestruturação do Garanhão Italiano.

    É interessante observar a construção dos filmes de Sylvester Stallone, que ainda que carregados da masculinidade bruta, possuem momentos de redenção, filosofia e superação de barreiras psicológicas. Para a temática e para a época, Rocky III é um soco nos fãs que aspiravam curtir a glória do campeão, dando espaço para uma outra faceta do boxeador italiano.

    SINOPSE

    Após se sagrar campeão dos pesos pesados vencendo Apollo Creed, e defender seu título por dez vezes, Rocky Balboa (Stallone) decide largar sua carreira de pugilista, até ser desafiado e insultado por Clubber Lang (Mr. T), que era o primeiro do ranking e estava ansioso para enfrentar o campeão Rocky Balboa. No dia da luta, durante uma discussão entre Rocky e Clubber, o treinador Mickey sofre um ataque do coração e faz com que Rocky fique abalado e assim sofre uma derrota humilhante para o feroz desafiante Clubber Lang.

    Depois da luta, Mickey morre e Rocky cai em profunda depressão. Porém, Apollo Creed, seu antigo rival, ao compadecer-se de Rocky e tomar certa antipatia por Clubber Lang, oferece-se para ajudar Rocky e o convence a treinar para juntos retomarem o título de campeão mundial.

    ANÁLISE

    rocky III

    Como disse anteriormente, Rocky III é um filme que foge um pouco do padrão de lutas frenéticas e mera superação física. Não que não tenha, afinal, abdicar desta fórmula seria jogar a toalha. Mas o terceiro longa do herói da Filadélfia é nevrálgico. Ataca os principais pontos fracos de Robert Balboa, o humano por baixo do cinturão. E os escancara paulatinamente, de maneira até arriscada para o gênero.

    Não atoa Sylvester Stallone buscou uma canção temática forte para acompanhar a clássica Gonna Fly Now, de Bill Conti. Outro post nosso conta um pouco da história por trás da definição de Eye of the Tiger (da banda Survivor) como música tema de Rocky III – O Desafio Supremo.

    LEIA TAMBÉM: TBT #15 | Rocky: Um Lutador (1976, John G. Avildsen)

    Rocky neste longa é retratado como o campeão que deixou a fama subir à cabeça, que é também representado pela adição de Paulie à equipe, um fanfarrão deslumbrado e preconceituoso. Em contraponto à Mikey, o velho e sisudo treinador, o protagonista parece valorizar menos a vitória em relação à fama.

    A morte de Mikey, a derrota para Clubber Lang e o reconhecimento de que o medo o domina fazem Rocky se reerguer das cinzas. Talvez por isso Stallone queria que Another One Bites The Dust, da Queen, fosse a principal música da trilha sonora deste filme. Mas eles souberam contornar o problema, marcando frequentemente (através de Apollo Creed) que o (ex)campeão precisava recuperar “o olho do tigre”.

    A nova equipe vai até a antiga academia de Creed para aprender não só um pouco do estilo do antigo rival do Italian Stallion, mas para conviver com jovens aspirantes à lutadores que possuíam aquele brilho no olhar, que agora faltava ao protagonista. A redenção de Rocky é retratada, às vezes, de forma até caricata, mas entrega um bom entretenimento e uma boa mensagem de superação.

    LEIA TAMBÉM: CRÍTICA – Creed II (2019, Steven Caple Jr)

    VEREDITO

    É incrível identificar tantos traços psicológicos em um filme que deveria ser apenas sobre troca de socos. O voo da Fênix de Rocky é concretizado no meio da luta final contra Clubber Lang. Ali, ainda que ele já tenha superado seus medos e buscado um aprimoramento físico com o treinamento de Creed, o personagem de Stallone percebe que apesar do medo e da superioridade física do adversário, Rocky recuperou sua confiança, seu brilho no olho – o seu “Eye of the Tiger”.

    Com isto, ele se reestabelece psicologicamente e ganha a luta não literalmente, mas tecnicamente, porque descobre como suplantar mentalmente o brutamontes enraivecido, cansando-o pouco à pouco até conseguir acertar a sequência de golpes finais.

    Assistir aos antigos filmes de Rocky para acompanhar o sucesso dos filmes de Adonis Creed é uma boa pedida para sorver a essência que serve como pano de fundo para o filmes de Michael B. Jordan.

    Nossa nota

    Nossa nota

    4,0 / 5,0

    Assista ao trailer legendado de Rocky III – O desafio supremo:


    Você pode assistir Rocky III – O Desafio Supremo através do Amazon Prime Video.

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Superman: Possíveis vilões do novo filme do Homem de Aço

    Superman ganhará um novo filme. Apesar de quase todo o elenco do filme ter sido anunciado, os vilões ainda são mantidos em segredo.

    TBT #272 | ‘O Exterminador do Futuro’ é terror desesperador e ação absoluta

    'O Exterminador do Futuro' foi criado como um temor em relação ao futuro. E se as máquinas dizimassem a humanidade e colocasse nossa única...

    TBT #271 | ‘Dupla Explosiva’ já é clássico de ação com explosões e comédia exagerada

    Dupla Explosiva é clássico de ação repleto de absurdo e estrelas do cinema. Nele, acompanhamos Michael Bryce e Darius Kincaid.

    Duna: Parte Dois consegue a maior estreia desde Barbie, e já se consagra como um dos grandes sucessos de 2024

    Apesar de estarmos no terceiro mês do ano, Duna: Parte Dois conseguiu, em quatro dias desde a sua estreia, tornar-se a maior bilheteria de 2024.