Início FILMES Crítica CRÍTICA – Projeto Flórida (2017, Sean S. Baker)

CRÍTICA – Projeto Flórida (2017, Sean S. Baker)

352
0

Espontaneidade que comove

Projeto Flórida (The Florida Project, título original) acompanha uma mãe e uma filha, Halley e Moonee, que vivem em um project, um hotel que serve de habitação para pessoas que não têm onde morar. Dirigido por Sean Baker, diretor de Tangerine (2015), o filme conta com as novatas Brooklynn PrinceBria Vinaite e o único conhecido Willem Dafoe.

O filme basicamente foca no dia-a-dia de Moonee – vivida por Prince – nas redondezas daquela habitação. Tudo é feito de maneira tão simples e orgânica que encanta o espectador logo no primeiro ato. Quando menos espera, você já está completamente envolvido com aqueles personagens e aquela história.

O longa tem uma estética um tanto documental, principalmente pelo uso da câmera na mão, trazendo cenas mais intimistas que facilitam a criação de vínculo com aquelas pessoas. O que contribui para o espectador se sentir mais um habitante daquele lugar e consequentemente querer cuidar daquela gente ou pelo menos quer acreditar que vai dar tudo certo para elas.

A câmera vai acompanhando a pequena protagonista, usando muitas vezes planos mais abertos para mostrar a relação dela com aquele local que apesar de ser na Flórida, não é nem de longe um Walt Disney World. Mas mesmo assim, é suficiente para aquela menina se divertir.

O uso majoritariamente de um elenco novato favoreceu ainda mais a espontaneidade da história e Willem Dafoe se integra ali como se fosse só mais um.

As atuações são louváveis, principalmente a revelação Brooklynn Prince que não parece estar atuando, mas sim se divertindo. Tudo soa tão natural, que ela consegue ser fofa quando precisa, conseguindo também convencer no drama conforme a necessidade do roteiro e até mesmo nos momentos em que a câmera não tem a intenção de mostrar a expressividade dela em cena.

A relação dela com Willem Dafoe é outro ponto fortíssimo dessa obra. O veterano encarna Bobby, o gerente do hotel, e dá pra notar que ele tem um zelo muito grande pelas pessoas que lá vivem, principalmente as crianças. Moonee vive amolando ele com suas travessuras o dia todo, mas o personagem de Dafoe entende que isso já faz parte de sua rotina e que não incomoda tanto como deveria incomodar.

Bria Vinaite também entrega uma personagem cheia de camadas. Ela é Halley, uma jovem mãe inconsequente sem nenhuma perspectiva para o futuro, e a única certeza que possui é o amor incondicional por sua filha.

Projeto Flórida encanta por sua sensibilidade e humanidade. As emoções provocadas são sinceras e trabalhadas com o desenvolvimento da trama. Vai de situações engraçadas até momentos de cortar o coração, assim como a vida real.

Avaliação: Ótimo

Confira o trailer:

Projeto Flórida estreia no Brasil será no dia 01 de março de 2018. Na mesma data também estreia o novo longa com Jennifer LawrenceOperação Red Sparrow. Confira abaixo o que achamos dessa segunda opção:

CRÍTICA – Operação Red Sparrow (2018, Francis Lawrence)

Comentários