Início FILMES Crítica CRÍTICA – The Old Guard (2020, Gina Prince-Bythewood)

CRÍTICA – The Old Guard (2020, Gina Prince-Bythewood)

218
0

The Old Guard, novo filme original da Netflix, baseado na HQ homônima, já está disponível no catálogo da gigante do streaming. A direção está por conta da cineasta Gina Prince-Bythewood.

SINOPSE

Andrômica/Andy (Charlize Theron) e seu grupo são uma guarda imortal que tenta proteger a Terra há milhares de anos. Após uma emboscada, eles vão atrás de vingança, além de inserirem no grupo uma nova membro para a equipe.

THE OLD GUARD: ANÁLISE 

Marwan Kenzari, Matthias Schoenaerts, Charlize Theron, Luca Marinelli e Kiki Layne.

The Old Guard é um longa que traz consigo diversos clichês de dois gêneros que possuem diversas obras, tornando-o um pouco datado mesmo em pleno 2020.

A proposta aqui é discutir o ônus da imortalidade, uma vez que o grupo pensa mais em seu dom como um fardo do que uma benção. Todavia, o que torna The Old Guard mais um dentre tantos outros filmes de super-herói são suas situações formulísticas.

A personagem de Kiki Layne percorre toda a jornada do herói, pois passa pela descoberta dos poderes, a não aceitação, a hesitação e, por fim, a adaptação como a coringa do time.

Outros clichês são as personalidades rasas dos demais membros da Velha Guarda: Andy é uma líder rancorosa que tem sombras do passado, Booke (Matthias Schoenaerts) é um homem que sente a perda de seus entes queridos, Nicky (Luca Marinelli) e Joe (Marwan Kenzari) são o casal eficiente em batalha, contudo, também servem como alívio cômico e Nile (Kiki Layne) é a heroína de caráter ilibado.

Por fim, mas não menos importante, o vilão Marrick (Harry Melling) é um vilão genérico demais e Copley, interpretado por Chiwetel Ejiofor tem camadas, mas é desperdiçado pela direção e roteiro.

O roteiro é inconsistente, uma vez que apresenta boas soluções, mas mais por acaso do que acertadamente, aliás, acaso é o que define The Old Guard, pois não temos nenhuma explicação de o por quê os personagens receberam os poderes e como eles surgiram, gerando uma sensação de escolhas randômicas no longa, algo que atrapalha um pouco a nossa experiência.

Pontos positivos de The Old Guard

Como pontos positivos temos as cenas de ação que são muito bem coreografadas. As atuações de Theron e Ejiofor são boas e o resto do elenco não decepciona, pois são muito eficientes no que precisam apresentar. O grande destaque vai para o casal Joe e Nicky, uma vez que tem muita química e apresentam boas interações em tela.

VEREDITO

The Old Guard é um filme que tem boas ideias e apresenta discussões pertinentes, entretanto, sua execução é falha, deixando-as em segundo plano em sequências de ação desenfreadas.

Nossa nota

Confira o trailer de The Old Guard:

E você, gostou do filme? Deixe sua nota e opinião nos comentários!

Nota do publico
Obrigado pelo seu voto

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários