CRÍTICA – The Sound of 007 (2022, Mat Whitecross)

    The Sound of 007 (A Música de 007, em português) é o novo documentário original do Prime Video lançado em 5 de outubro de 2022. A produção tem 1h28min de duração e é dirigida por Mat Whitecross, diretor especializado em documentários musicais.

    Confira nossa análise após a sinopse.

    SINOPSE DE THE SOUND OF 007

    A Música de 007, de Mat Whitecross, narra a história da música na franquia de James Bond, desde 007 Contra o Satânico Dr. No (1962) com seu tema icônico, até a canção vencedora do Oscar de Billie Eilish para 007: Sem Tempo Para Morrer (2021).

    ANÁLISE

    É inegável que a música tema de 007 é a mais conhecida do cinema. A icônica composição foi criada pelo compositor Monty Norman em 1962 para o filme de estreia, 007 Contra o Satânico Dr. No. Desde então, a música tema ficou eternizada na história do cinema, um importante legado deixado por Norman, que faleceu em 11 de julho deste ano.

    No dia 4 de outubro de 2022 a franquia completou 60 anos e, ao longo desses anos, os mais variados artistas foram convidados a compor músicas para as cenas de abertura dos 25 filmes até aqui. Assim como cada filme da franquia se encaixa com a década que o mundo estava passando, as músicas também sempre foram cruciais para o enredo da trama.

    Com isso, o documentário aborda a importância de cada música e a maneira inusitada que alguns artistas foram convidados para trabalhar com a franquia. Um fato bastante interessante foi que a banda Radiohead tinha uma música pronta para o filme 007 Contra Spectre (2015), mas que infelizmente foi negada porque a banda havia tocado ela em um festival. Por isso a trilha foi rejeitada, pois a música tinha que ser uma composição original para poder concorrer ao Oscar.

    Dessa forma a banda trabalhou em uma nova composição, mas já era tarde, pois o músico Sam Smith já havia sido escolhido e estava com a canção Writing’s on the Wall pronta.

    Em relação à parte técnica, o documentário tem uma excelente edição e faz uma linha cronológica de cada música. Além de trazer diversos recortes com atores, atrizes e diretores que trabalharam na franquia dando sua opinião sobre a importância da música para o mundo extravagante de 007.

    Também acompanhamos o processo de criação de Billie Eilish e a mixagem que Hans Zimmer realizou para 007: Sem Tempo Para Morrer.

    O único ponto que o documentário deixou a desejar foi não ter dado tanto foco à espetacular música Skyfall composta pela maravilhosa Adele para o filme 007 – Operação Skyfall (2012). Fora isso, o documentário trabalha de maneira crucial cada composição que passou ao longo desses 60 anos de franquia.

    VEREDITO

    Em suma, The Sound of 007 é um excelente documentário para ser apreciado pelos fãs da franquia que querem conhecer mais sobre o processo criativo de composição de um dos temas mais memoráveis da história do cinema.

    Nossa nota

    5,0 / 5,0

    Assista ao trailer de The Sound of 007:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTube. Clique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    CRÍTICA: ‘O Mal que nos Habita’ um álbum de death metal em formato de filme de terror

    O Mal que nos Habita é o mais novo longa de horror argentino que tomou o mundo. Repleto de body horror e sequências de terror, você se surpreenderá.

    TBT #265 | ‘Kill Bill’ é um clássico atemporal de vingança

    Kill Bill Vol. 1 é estrelado por Uma Thurman no papel da Noiva, uma heroína em busca de vingança por tudo que foi tirado dela.

    CRÍTICA: ‘Segredos de um Escândalo’ instiga, mas falha ao entregar narrativa incômoda

    Segredos de um Escândalo é o mais novo suspense estrelado por Julianne Moore e Natalie Portman. O longa adapta uma história real.

    TBT #264 | ‘Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal’ diverte, mas falha em entregar legado

    Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal é um dos muitos longas legados lançados nos anos 2000. O longa acompanha o amado Indy.