Início FILMES Entrevista Gerard Butler confirma sequência de Invasão Ao Serviço Secreto

Gerard Butler confirma sequência de Invasão Ao Serviço Secreto

Gerard Butler confirma sequência de Invasão Ao Serviço Secreto

Gerard Butler conseguiu uma carreira de herói de ação em filmes B e o último foi o terceiro longa da franquia Invasão, com Invasão Ao Serviço Secreto, lançado no ano passado; falando com a Entertainment Weekly em uma entrevista recente, Butler e o diretor Ric Roman declararam abertamente que o próximo filme da franquia está nos estágios de planejamento. Gerard Butler brincou:

“Sim, acho que vocês estarão assistindo outro filme. Estamos brincando com outra ideia realmente fantástica em que estamos trabalhando no momento em que obviamente não podemos falar muito.”

A franquia Invasão Ao Serviço Secreto tem se saído surpreendentemente bem, já que é o tipo de filme de ação de testosterona que muitos não achavam que ainda poderia conquistar um lugar no mercado. Todos os três filmes (Invasão à Casa Branca, Invasão à Londres e Invasão Ao Serviço Secreto) foram feitos com menos de US $ 100 milhões e, na verdade, caíram no orçamento a cada novo filme – uma raridade nos negócios de filmes de ação.

Em termos de lucro, os dois primeiros filmes faturaram US $ 170 milhões e US $ 200 milhões, respectivamente. Embora Invasão Ao Serviço Secreto tenha faturado menos (US $ 147 milhões), ele tinha o menor orçamento da franquia (apenas US $ 40 milhões), por isso ainda obteve lucro suficiente para justificar uma sequência.

Quanto à questão de por que continuar a franquia? Gerard Butler, na verdade, compartilhou algumas idéias sobre isso, revelando que ele acha que os eventos atuais prepararam o terreno para seu personagem, Mike Banning, fazer um retorno muito necessário:

“Eu acho que com tudo o que está acontecendo, precisamos dele. Ele precisa retornar.”

Caso você não tenha entrado nessa franquia, acompanhamos Mike Banning (Gerard Butler), um ex-agente do exército de elite que ingressou no Serviço Secreto, mas acabou se afastando depois de um acidente que matou a Primeira Dama. No primeiro filme, Banning fica preso na Casa Branca com o presidente (Aaron Eckhart) durante um ataque terrorista; no segundo filme, Banning (agora de volta à guarda pessoal do presidente) mais uma vez deve salvar o presidente de uma massiva tentativa de assassinato, enquanto visitava o Reino Unido. No terceiro filme, Banning é promovido a chefe do Serviço Secreto – apenas para ser acusado de tentativa de assassinato do presidente, forçando-o a fugir.

Invasão Ao Serviço Secreto terminou com Banning limpando seu nome, salvando mais uma vez o presidente, conseguindo o cargo de diretor do Serviço Secreto e se reunindo com seu pai veterano de guerra (Nick Nolte).

Com tudo o que a família Banning passou, não seria uma surpresa se o próximo filme da franquia os tornasse os alvos diretos dos vilões.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – 7500 (2020, Patrick Vollrath)
Próximo artigoApocalipse Segundo Fausto: Cineasta e escritor catarinense anuncia lançamento
Um carioca apaixonado por livros, cinema, games e que ama falar de nerdice.