Início FILMES Slender Man: Pesadelo Sem Rosto | Estúdio cortou várias cenas da versão...

Slender Man: Pesadelo Sem Rosto | Estúdio cortou várias cenas da versão final

145
0
slender man pesadelo sem rosto

Se você está ansioso para assistir Slender Man: Pesadelo Sem Rosto provavelmente você assistirá a um filme incompleto. O longa que já teve sua estreia nos Estados Unidos tem suas transições de cenas geralmente fazendo pouco sentido e os arcos de personagem surgem e desaparecem aleatoriamente.

Por isso, não é de surpreender que o site Bloody Disgusting esteja noticiando que o filme foi muito prejudicado em sua versão final para os cinemas. De acordo com o matéria, a Screen Gems originalmente pretendia fazer uma versão de Slender Man muito mais sombria do que o filme que chegou aos cinemas. Embora o roteiro tenha sempre a intenção de atrair um público adolescente, parece que o estúdio exigiu uma classificação de PG-13 (filme não é aconselhável para crianças menores de 13 anos) e retrabalhou a produção do roteiro original de David Birke. Mas não parou por aí, e como o filme se aproximava do lançamento nos cinemas americanos, o estúdio cortou o conteúdo violento do filme por receio da repercussão pública.

Esta não é a primeira vez que Slender Man: Pesadelo Sem Rosto sofre mudanças para não ser “um pesadelo” aos olhos do público. No final de maio, a Variety informou que o estúdio estava repassando o filme para outros distribuidores depois de entrar em conflito com produtores sobre a viabilidade comercial do longa. Em uma última análise, nenhum comprador foi encontrado e a Screen Gems seguiu para a data de lançamento agendada de Slender Man: Pesadelo Sem Rosto, trazendo ao público sua versão mais suave do filme.

Confira o trailer legendado:

Eu, particularmente, não curto filmes de terror/horror/thriller então digo: amém (#CagaçoMaster rs), mas pensando nos fãs de filmes do gênero, é uma pena ter uma obra com potencial ser apresentada dessa forma “podada”.

Slender Man: Pesadelo Sem Rosto chega aos cinemas brasileiros na próxima quinta-feira, no dia 23 de agosto.

Comentários