Início FILMES Crítica TBT #13 | A Malvada (1950, Joseph L. Mankiewicz)

TBT #13 | A Malvada (1950, Joseph L. Mankiewicz)

173
0
TBT #13 | A Malvada (1950, Joseph L. Mankiewicz)

Existe uma frase clichê no cinema que diz mais ou menos “um filme não vira clássico à toa”. Esse é exatamente o caso de A Malvada (All About Eve), uma obra prima do cinema mundial que vamos revisitar no TBT do Feededigno dessa semana.

A Malvada é dirigido e roteirizado por. Joseph L. Mankiewicz e estrelado por Betty Davis, Anne Baxter, Georgie Sanders e Gary Merrill. No elenco também temos Marilyn Monroe fazendo uma pequena participação.

Da esquerda para a direita: Anne Baxter, Betty Davis, Marilyn Monroe e Georgie Sanders.

Na história, a famosa atriz Margo Channing (Betty Davis) conhece Eve Harrington (Anne Baxter), uma aspirante atriz com uma triste história de vida. E Margo decide amadrinhar Eve em sua busca por uma carreira no teatro.

A primeira vista, o título nacional do longa, A Malvada, induz o espectador a acreditar que a personagem título é Margo Channing, interpretada pela fabulosa Betty Davis. O título original porém, All About Eve, leva a entender que a personagem principal e estrela do longa é Eve. Ambas as conclusões são equivocadas, o que parece ser proposital, sendo que esse é parte do mistério apresentado no filme entre as duas personagens.

Essa confusão é brilhantemente construída no roteiro, que navega entre as duas construindo personagens tão bem desenvolvidas que envolvem o espectador.

O roteiro é um dos grandes destaques do longa, apresentando uma construção sutil das reviravoltas da história, pautada sempre nos relacionamentos entre as personagens, assim criando uma fórmula que Hollywood tentaria replicar em diversas obras.

Os temas apresentados no filme de Mankiewicz, sobre uma atriz madura que vê seu espaço diminuir por conta de sua idade, não de seu talento, espelham a realidade que muitas atrizes da época (e até mesmo nos dias atuais) sofreram, sendo Betty Davis uma delas. Assim, A Malvada também brinca com as expectativas do público em relação a Davis como protagonista, que construiu um legado de personagens vilãs em sua carreira.

Premiado com Oscars nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Direção e outros, A Malvada apresenta uma das personagens mais icônicas da carreira de Betty Davis.

A atuação de Davis é brilhante, se aproveitando das possibilidades de direção e roteiro para construir uma mulher com defeitos que não é a vilã do longa, desbancando expectativas.

Anne Baxter e Betty Davis.

As interações da atriz com Anne Baxter são do tipo que aulas de atuação utilizam como exemplos de como entregar diálogos com intenções diversas de uma forma realista e sutil.

Joseph L Mankiewicz realiza uma direção que trabalha sempre nas expectativas, na quebra de paradigmas e nas potencialidades de seu elenco, construindo um clássico que extrapola as barreiras de tempo e ainda assim possui um alto valor de entretenimento.

Confira abaixo o trailer legendado:

A Malvada é obrigatório para qualquer fã de cinema!

Nossa nota


E você, já assistiu? Se ainda não, confira e lembre-se de deixar seu comentário e sua avaliação 😉

Nota do público
Obrigado pelo seu voto

Confira também nossas outras 12 indicações anteriores do TBT do Feededigno!