TBT #188 | Onze Homens e Um Segredo (2002, Steven Soderbergh)

    Onze Homens e Um Segredo é o filme escolhido do TBT de hoje e é um remake de um longa dos anos 60. A direção é de Steven Soderbergh e conta com um elenco repleto de estrelas lideradas por George Clooney.

    SINOPSE DE ONZE HOMENS E UM SEGREDO

    Danny Ocean (George Clooney) é um vigarista que acabou de sair da cadeia e já quer colocar um grande plano em andamento: assaltar três cassinos ao mesmo tempo.

    Para isso, ele recruta um time de dez homens, formando uma equipe incrível para tal feito que ainda tem um plus: tentar trazer Tess (Julia Roberts) de volta para seus braços.

    ANÁLISE

    Onze Homens e Um Segredo foi um filme que marcou minha infância, pois, além de trazer grandes astros para quase um crossover de Hollywood, ainda tinha uma aura completamente descolada e que relembrava os grandes momentos de obras como 007 em uma mistura com heist movies.

    Tal lembrança se dá pela estética incrível, com uma Las Vegas cheia de energia, uma trilha sonora impecável que trazia Elvis e tantos outros hits, além de uma história envolvente e, acima de tudo, personagens extremamente carismáticos e atraentes para o público.

    Clooney, Brad Pitt, Andy Garcia, Don Cheadle e todos os demais são magnéticos e funcionam muito bem em seus papéis. Para a geração atual que acertadamente tem um sinal de alerta ligado a questões que não estávamos antenados na época, Onze Homens e Um Segredo pode soar machista, uma vez que Tess é um objeto de cobiça por parte de Danny e Terry Benedict (Andy Garcia), que se tornam rivais tão magnéticos quanto Moriarty e Sherlock. Por mais que Roberts esteja bem, como sempre, seu papel é bastante diminuído por conta do roteiro que a coloca como um prêmio.

    A formação de uma equipe de especialistas que encaixa como uma luva e a apresentação do plano com todas as dificuldades e montagem bem realizada por parte de Steven Soderbergh são a cereja do bolo para que tudo funcione. Por mais idiota que cada especialista possa parecer, ele sempre terá uma função super importante e essencial para que tudo funcione. Uma cena específica em que eles se olham e não falam nada, com caras de satisfação ganha ainda mais o espectador por sentirmos o dever cumprido junto com eles, um mérito da equipe técnica.

    O longa é divertido e consegue nos deixar vidrados pelas diversas reviravoltas e sacadas geniais do roteiro que, por mais que tenha algumas conveniências usuais, funciona muito bem com atuações e direção bastante afiada que sabia muito bem o que estava fazendo e que até hoje é referência no subgênero de filmes de assalto.

    VEREDITO

    onze homens e um segredo

    Onze Homens e Um Segredo é uma aula de como escalar um elenco! Sua estética e ritmo alucinantes são uma ode para quem busca uma obra de entretenimento puro com atores determinados a entregar momentos icônicos.

    Nossa nota

    4,5/5,0

    Confira o trailer de Onze Homens e Um Segredo:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #265 | ‘Kill Bill’ é um clássico atemporal de vingança

    Kill Bill Vol. 1 é estrelado por Uma Thurman no papel da Noiva, uma heroína em busca de vingança por tudo que foi tirado dela.

    CRÍTICA: ‘Segredos de um Escândalo’ instiga, mas falha ao entregar narrativa incômoda

    Segredos de um Escândalo é o mais novo suspense estrelado por Julianne Moore e Natalie Portman. O longa adapta uma história real.

    TBT #264 | ‘Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal’ diverte, mas falha em entregar legado

    Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal é um dos muitos longas legados lançados nos anos 2000. O longa acompanha o amado Indy.

    CRÍTICA – ‘Bob Marley: One Love’ a voz do amor em tempos de guerra

    Bob Marley: One Love lança os espectadores por história emocionante, com músicas sobre amor, perseverança e biografia respeitosa.