Início FILMES Crítica TBT #51 | Hunter x Hunter: The Last Mission (2013, Keiichiro Kawaguchi)

TBT #51 | Hunter x Hunter: The Last Mission (2013, Keiichiro Kawaguchi)

306
0
TBT #51 | Hunter x Hunter: The Last Mission (2013, Keiichiro Kawaguchi)

Hunter x Hunter é um anime fruto dos animes da década de 80, talvez por pertencer a Yoshihiro Togashi, não coincidentemente o mesmo criador de um dos mais famosos animes desta época, Yu Yu Hakusho.

Hunter x Hunter se passa em um mundo incrivelmente fantástico, com monstros gigantes e criaturas de todos os tipos, o universo do anime se destaca não por ter a grandiosidade e beleza de outras obras, mas é fantástico de uma forma meio suja, não convencional. Neste mundo existe uma classe/profissão de pessoas conhecidas como Hunters, caçadores de recompensas com imunidade diplomática e existem vários tipos deles nesse universo: Caçador, Gourmet, Professor, etc. Mas o que une todos os estilos de Hunter é resumida com a frase “ser um guerreiro corajoso com desejo de ultrapassar tudo e todos, sempre querendo descobrir mais e alcançar objetivos maiores”, ou seja, são pessoas que querem mais, que não se contentam com o básico.

Hunter x Hunter encanta por ter vários arcos diferentes e independentes entre si dentro da própria obra, todos os arcos têm início, meio e fim, é como se fosse um novo anime dentro do próprio anime, todos tem sua história, novos personagens e temática que após a finalização, ficam esquecidos e a história segue adiante. Os arcos são dos tipos mais variados, torneios, jogos de realidade virtual, investigação policial e máfia, tudo mostrado de uma forma totalmente ímpar e diferente.

OS PERSONAGENS

Neste mundo fantástico, temos o nosso protagonista Gon Freecss, que foi abandonado pelo pai, que era um Hunter, mas ao invés de desejar vingança ou se tornar um jovem rebelde e obstinado a derrotar o pai, este deseja apenas se tornar um Hunter para se encontrar com o mesmo, pois para ele, ser um Hunter é tão espetacular que faz até mesmo um pai abandonar o próprio filho.

Gon, um menino de 12 anos que é muito bom em lidar com animais e que também possui sentidos extraordinários de olfato e visão.

Killua Zoldyck, também de 12 anos e melhor amigo de Gon; Killua pertence a uma famosa família de assassinos. Envitando ter o mesmo destino de se tornar um assassino, ele decide participar do exame para se tornar um Hunter. Suas principais características é ser muito ágil e forte em combate.

Kurapika é o último membro do clã Kuruta, conhecidos pelos olhos escarlates. Seu principal objetivo é perseguir e destruir o grupo responsável pela destruição de seu clã.

E temos também Leorio Paradinight, um adolescente que entra no exame Hunter para ganhar dinheiro e pagar seus estudos para se tornar médico, Leorio é inteligente e está sempre disposto a ajudar.



O FILME

A partir daqui iremos viajar nesta obra que é Hunter x Hunter: The Last Mission. O filme foi lançado em dezembro de 2013 arrecadando mais de 573 milhões de ienes, o equivalente a mais de 5 milhões de dólares.

O longa acontece despreocupadamente fora de qualquer arco do anime principal, o que por si só, poderia ser facilmente considerado mais um arco, uma vez que são todos independentes, porém é considerado por muitos fãs, com enredo abaixo da qualidade do anime; no entanto esta obra tem seus pontos positivos, pois nem só de críticas de fanboy vive a indústria de longa-metragem de animação japonesa.

A história narra o lado negro da Associação de Hunters, que é responsável pelo controle e licenciamento de Hunters em todo mundo, uma pessoa tem que ser aprovada no exame Hunter para ser membro da elite da humanidade. No mundo de Hunter x Hunter a “força espiritual”, “ki”, “chakra”, ou equivalente, chama-se “Nen”, que é uma força positiva, construtivista, mas somos apresentados a usuários de “On”, uma força maligna que domina o usuário e tem seu poder alimentado apenas pelo ódio.

A história de Hunter x Hunter: The Last Mission começa muitos anos antes de conhecermos Gon e Killua, quando Netero, presidente da Associação de Hunters, tem uma batalha contra Jed, mas uma força tão devastadora como o “On”, deixa marcas, além de ser fácil corromper aqueles que guardam algum tipo de mágoa da associação Hunter. Um perigo assim não pode ficar à solta no mundo, e então Netero toma uma decisão drástica em relação aos usuários de “On”, por julgar tal poder como um câncer para o mundo.

Entretanto, Jed não foi totalmente destruído e retorna diante de todos durante as lutas na Torre Celestial (local onde são realizadas lutas remuneradas, possui 251 andares, cada um com seu líder; onde ao subir cada andar, aumenta sua influência), capturando a todos os espectadores das lutas, incluindo Gon e Killua, além do próprio Netero. A partir deste ponto, começam as lutas para salvar Netero e libertar todos.

A qualidade da animação certamente é um dos pontos fortes do filme, mantem a mesma simplicidade nos traços e a caracterização dos personagens principais, a motivação do vilão é a vingança, algo bem usado em diversas obras, mas as lutas são de tirar o folego e muito bem desenhadas, fáceis de acompanhar e gostosas de assistir.

O desfecho fica por conta do “protagonismo power” de Gon com seu coração puro, derrotando o vilão e fazendo-o ascender ao Nirvana.

Hunter x Hunter: The Last Mission poderia perfeitamente ser um arco do anime, com mais tempo a ser trabalhado e mais riqueza nos novos personagens, e claro, sem hiato.

Confira também os outros TBTs do Feededigno.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.