Início FILMES Thor 4: Filme deve trazer câncer de mama de Jane Foster ao...

Thor 4: Filme deve trazer câncer de mama de Jane Foster ao UCM

46
0
Thor 4: Filme deve trazer câncer de mama de Jane Foster ao UCM

O diretor Taika Waititi de Thor: Love and Thunder revelou que o filme pode adaptar o arco do quadrinho de Jane Foster que envolve o câncer de mama. Muitos fãs dos filmes conhece apenas Chris Hemsworth como o Deus do Trovão, mas as coisas estão para mudar quando a Marvel revisitar Thor para um quarto filme solo.

De fato, os quadrinhos já exploraram uma versão alternativa de Thor em 2014, quando Jane Foster levantou o Mjölnir após Thor Odinson se tornar indigno, transformando-a na Poderosa Thor. A mesma troca de gênero pode acontecer em Love and Thunder, que mostrará Natalie Portman retornando para reprisar seu papel de Jane ao lado de Hemsworth como o personagem título. Entretanto, não foi revelado quanto dos quadrinhos de Foster o filme adaptará. Os fãs sabem que nos quadrinhos, a personagem desenvolve câncer de mama, que adiciona mais carga emocional à sua história junto dos desafios de ser a digna de portar o mítico martelo e seus poderes.

Em uma entrevista à Variety durante a coletiva de imprensa do filme Jojo Rabbit, o diretor de Thor: Love and Thunder, Waititi revelou que o aspecto do câncer de mama de Jane pode de fato estar no filme. Ele disse:

“Eu acho que é uma das partes mais poderosas dos quadrinhos. Eu acho que é realmente incrível que ela está lutando contra essa doença, e há duas batalhas acontecendo dentro dela. Pessoalmente, eu amo esse arco. Mas se ele estará no filme, teremos que esperar para ver.”

Taika Waititi falou que as histórias podem mudar muito através do processo de produção, e grande mudanças podem ser feitas durante o processo de edição, então é muito cedo para dizer se o câncer de mama estará no filme ou não.



O filme começará sua gravação no ano que vem.

Além disso, trazer o enredo do câncer de mama para a história de Jane Foster pode ser uma importante adição à Thor: Love and Thunder, enquanto Natalie Portman assume o manto da Poderosa Thor. O próprio Thor enfrentou um doença séria em Vingadores: Ultimato, quando entrou em depressão após os eventos de Guerra Infinita e até o fim do primeiro arco de Ultimato (apesar dessa condição ter sido abordada em grande parte de forma cômica) na verdade deu ao personagem uma dimensão mais humana, que ele não tinha anteriormente.

E já foi discutido antes que os personagens do Universo Cinematográfico Marvel parecem ser poderosos demais, e que a falta de vulnerabilidade em escala humana os faz parecer muito menos interessante para o público. Colocando a luta de Foster contra o câncer de mama em Thor: Love and Thunder daria à personagem mais profundidade e causaria uma maior empatia aos espectadores, e daria à atriz vencedora do Oscar, Natalie Portman, a chance de viver uma personagem que iria além das já comuns atuações dos super-heróis da Marvel.

Comentários