Thor: Amor & Trovão | Em qual período da timeline do UCM o filme se passa?

    Um dos elementos que mais têm confundido os fãs da Marvel, é em que momento exatamente seus filmes e séries são ambientados. Não apenas pela época em que suas histórias passam – cerca de um ano após a nossa época -, tudo isso por causa do Blip. Após o primeiro teaser trailer de Thor: Amor & Trovão nos lançar em uma viagem nostálgica ao passado e vermos Thor em diversas épocas – ou seriam variantes do deus do trovão? – essa confusão acerca de que em qual momento o filme se passa só aumenta. Mas uma informação presente no último trailer do filme indica exatamente onde o 4° filme do Deus do Trovão é ambientado.

    Desde os acontecimentos de Vingadores: Guerra Infinita, testemunhamos que a relação de Thor com os Guardiões da Galáxia não é das melhores, principalmente com o líder da equipe, Peter Quill. De acordo com o material de divulgação de Amor & Trovão, isso não deve mudar. O teaser anteriormente lançado, dava a entender que Thor em determinado momento parou de viajar com os Guardiões e resolveu tomar seu próprio rumo e o trailer confirma isso. Não apenas por ele mostrar o deus do trovão partindo junto de Korg em uma viagem, mas também mostra Toothgnasher e Toothgrinder, as duas cabras místicas de Thor.

    Thor: Amor & Trovão

    O mais novo trailer do filme mostrou não apenas Thor, e os Guardiões, mas também mostrou pela primeira vez o visual do vilão do filme Gorr, o Carniceiro dos Deuses vivido por Christian Bale, mas também da Poderosa Thor e também, Zeus vivido no filme por Russell Crowe.

    Os elementos que suportam esse artigo estão no presentes no último trailer lançado – que pode ser visto abaixo. No trailer, Thor aponta que faz exatamente “8 anos, 7 meses e 3 dias” que ele e Jane não se veem. Aparentemente, o Deus do trovão tem um problema para seguir em frente, o tornando mais humano que muita gente. Mas isso é perfeito para que nos localizemos na linha do tempo do Universo Cinematográfico Marvel.

    Como citado anteriormente, Vingadores: Ultimato se passa cerca de 5 anos após o fim de Vingadores: Guerra Infinita (ou seja, o filme se passa em 2023). Oito anos antes, se deram os acontecimentos de Vingadores: Era de Ultron. Ou seja, no momento em que Thor cita meio cabisbaixo que Jane acabara de ganhar um Nobel, faz sentido que eles tenham seguido caminhos diferentes, e ela tenha se dedicado seu trabalho a ponto de ganhar um prêmio.

    Ou seja, tendo em mente essa janela de tempo, temos certeza o filme se passa pouco tempo depois de Ultimato. Não sabemos ao certo em que momento, se antes ou depois das séries do Disney+, mas não apenas isso. O trailer trouxe algumas incríveis surpresas e cenas de tirar o fôlego.

    Com a aparição de Gorr, algumas suspeitas também foram levantadas, como por exemplo: nos quadrinhos, para derrotar Gorr, Thor precisou de três versões suas, uma versão mais jovem, outra mais adulta e o Rei Thor. Quem se juntará ao panteão de Thor’s para derrotar o Carniceiro dos Deuses? Bill Raio Beta, ou alguma outra versão do Thor com Jarnbjorn?

    Confira o último lançado de Thor: Amor & Trovão:

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTubeClique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    TBT #183 | Platoon (1986, Oliver Stone)

    Platoon, de Oliver Stone sem dúvida está na lista dos fãs de filmes de guerra. Veja nossa clássica indicação de TBT!

    CRÍTICA – Amor & Gelato (2022, Brandon Camp)

    Amor & Gelato é a nova aposta de filme de romance da Netflix. Baseado no livro homônimo de Jenna Evans, o longa é dirigido por Brandon Camp.

    Thor: Amor e Trovão | Conheça o elenco do filme

    Agora falta pouco para Thor: Amor e Trovão chegar aos cinemas! Confira neste artigo quem são os personagens e atores envolvidos na produção.

    CRÍTICA – O Apocalipse do Amor (2022, Hilal Saral)

    O Apocalipse do Amor é um filme turco dirigido pela diretora Hilal Saral. Veja o que achamos da produção de estreia da diretora turca.