Início GAMES Crítica CRÍTICA – Back 4 Blood (2021, Turtle Rock Studios)

CRÍTICA – Back 4 Blood (2021, Turtle Rock Studios)

Back 4 Blood

Back 4 Blood é um retorno à adorada franquia Left 4 Dead, que após dois marcantes jogos e um enorme hiato, retorna à toda sua opulência em meio ao concorrido mercado de games online.

Após o que foi criado pela franquia Left 4 Dead (2008) e Left 4 Dead 2 (2009), uma janela se abriu ao sentir um vácuo criado pela ausência dos games nos mesmos moldes no mercado nos dias atuais. A Saber Interactive em 2019 lançou World War Z, um game multiplataforma que garantia uma gameplay nos mesmos moldes dos games em que foram baseados e em 12 de outubro, Back 4 Blood foi lançado para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC.

Muito diferente de dizer que um game copiou o outro, entendemos que a ideia tenha sido outra: a Turtle Rock Studios, desenvolvedora dos primeiros Left 4 Dead, viu o quão receptivo o público foi com o concorrente e percebeu assim, a oportunidade de retornar em toda sua grandeza. Ao apresentar um game divertido, envolvente e desafiador, o estúdio mostra que ambos games, ainda que rivais, têm muito a oferecer ao grande público.

SINOPSE

Back 4 Blood é um jogo de tiro em primeira pessoa dos criadores da franquia aclamada pela crítica Left 4 Dead. Você está no centro de uma guerra contra os contagiados. Esses humanos portadores de um parasita mortal se transformaram em criaturas assustadoras inclinadas a devorar o resto da civilização. Com a extinção da humanidade em jogo, cabe a você e seus amigos enfrentar esse inimigo, erradicar os contagiados e reconquistar o mundo.

ANÁLISE

Back 4 Blood

Back 4 Blood é um retorno intenso a um mundo devastado por um vírus. E ainda que desolados, nossos sobreviventes precisam ir até as últimas consequências a fim de garantir que o mundo será retomado por humanos.

Com 4 diferentes atos, 4 diferentes capítulos e 34 missões no modo Campanha, Back 4 Blood traz de volta toda a sanguinolência característica da franquia, enquanto nos apresenta desafios e criaturas que podem ser vistas apenas em uma situação como essa, de fim de mundo.

A jogabilidade de Back 4 Blood nos apresenta uma vasta variedade de aproximações, seja pela variedade de aproximações, por meio de seu arsenal, mas também por meio dos seus baralhos, garantindo assim, que nenhuma partida será como a outra.

TIROTEIO, BANHOS DE SANGUE E FOGO AMIGO

Muito de Back 4 Blood parece ter sido não apenas inspirado em Left 4 Dead, mas também reaproveitado dos outros dois games da franquia. Com um refinamento nos movimentos e na jogabilidade, Back 4 Blood se mostra um game desafiador em que você precisa se atentar o tempo todo para o que vem das sombras, mas não só isso. Back 4 Blood é muito mais do que um FPS. Back 4 Blood é também um jogo de estratégia de tentativa e erro.

Ainda que o game funcione nos moldes de seus antecessores, Back 4 Blood conta com uma evolução na IA dos adversários – que proporcionam um maior desafio – assim como uma escala muito maior do que foi visto no passado, não apenas pela limitação de hardware e de inimigos que podiam ser vistos em tela naquela época.

Com um maior número de inimigos em tela, sua jogabilidade pode ser a mais sangrenta imaginável, ou melhor, o game pode ir além. Com arcos, missões e áreas muito bem delineadas, o game apresenta enormes desafios conforme a progressão do modo campanha, mas não para aí.

Ainda que seja possível jogar e progredir no game sozinho, não é aconselhável.

Back 4 Blood

O jogo conta com três diferentes modos de jogos que nos lançam em missões diferentes. Conheça-os abaixo:

  • Modo Campanha: o modo campanha pode ser dividido em três diferentes dificuldades, que te garantirão benefícios diferentes ao fim de cada nível. E isso também influencia nas Cartas Corrompidas. Estas darão efeitos negativos à sua jogabilidade e podem variar de acordo com suas partidas, garantindo até dano por fogo amigo, caso disparado;
  • Modo Enxame: este modo conta com uma jogabilidade 4×4. Você jogará uma partida cooperativa que garantirá aos jogadores um pequeno tempo de preparação do cenário ao início de cada uma das ondas. Caso você seja eliminado, você poderá se transformar em infectado a fim de atrapalhar a partida da equipe adversária;
  • Partida rápida: As partidas rápidas nos proporcionam uma experiência de gameplay quase completa, mas servem para jogadores que não tem muito tempo para jogar.

Todos os modos de jogos garantem a escolha de três diferentes dificuldades.

VEREDITO

Back 4 Blood enquanto um game cooperativo se faz imensamente importante no atual cenário de games online. Não apenas por se apoiar levemente no fator nostalgia, mas também por inovar em elementos in-game.

Por ser lançado algum tempo após World War Z, a Turtle Rock Studios pôde avaliar os erros e acertos da Saber Interactive, mas não apenas isso. Os jogadores que tiveram a oportunidade de participar do alpha, assim como do beta aberto e do beta fechado, puderam ver o desenvolvimento e polimento de ferramentas e mecânicas desde o início.

Sendo assim, com elementos como o gerenciamento de baralhos, o vasto arsenal e a variedade de sentinelas, com diferentes habilidades, o game traz uma experiência muito diferente da dos Left 4 Dead no passado. Com mecânicas refinadas, o game nos coloca no lugar de verdadeiros sobreviventes em um mundo que parece ter chegado ao fim. Um cenário ideal aos amantes de games de terror.

Ainda que o game possa ser pouco desafiador para os jogadores com os baralhos montados de acordo com sua maneira de jogar, alguma Carta Corrompida pode se mostrar um desafio em meio à sua jogatina, servindo como um elemento que te deixará tão sem ação quanto possível diante do inesperado.

Então se prepare e tenha em seu arsenal o necessário para derrotar as diversas hordas que se colocarem entre você e seus objetivos.

Nossa nota

4,0 / 5,0

Confira o trailer do game:

Acompanhe as lives do Feededigno na Twitch

Estamos na Twitch transmitindo gameplays semanais de jogos para os principais consoles e PC. Por lá, você confere conteúdos sobre lançamentos, jogos populares e games clássicos todas as semanas.

Curte os conteúdos e lives do Feededigno? Então considere ser um sub na nossa Twitch sem pagar nada por isso. Clique aqui e saiba como.

Artigo anteriorCRÍTICA – As Passageiras (2021, Adam Randall)
Próximo artigoNoites Sombrias #36 | 7 filmes de suspense imperdíveis na HBO Max
27 anos, apaixonado por cinema, quadrinhos e games!