Início GAMES Crítica CRÍTICA – Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 (2020, Activision)

CRÍTICA – Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 (2020, Activision)

53
0
Tony Hawk's Pro Skater 1+2

Os games da franquia Tony Hawk’s Pro Skater costumam estrelar entre os games mais queridos de quase todos os jogadores de PlayStation 1, lançados no final dos anos 90 e começo de 2000. O game ganhou um remake intitulado Tony Hawk’s Pro Skater 1+2, nos fazendo estranhar os lançamentos de suas continuações.

Pode parecer saudosismo, mas os games que serviram como continuação dos dois originais, ou pecaram ao tentar inovar demais, se distanciando imensamente da diversão que eles proporcionavam, ou mudaram completamente o que prendia os jogadores.

Tony Hawk's Pro Skater 1+2

O que a Vicarious Visions fez com o Tony Hawk’s Pro Skater 1+2, foi trazer de volta as incríveis trilhas sonoras, aliadas a hora de “binge gaming“, que por meio de diversos objetivos específicos, reforçavam o replay do game e suas diversas fases.

Como fez com Crash Team Racing, a Activision soube cooptar os jogadores pela nostalgia, fazendo do remake um sucesso. No entanto, a desenvolvedora conseguiu fazê-los permanecer jogando muito também graças à sua qualidade de gameplay.

Tony Hawk's Pro Skater 1+2

Por meio de suas horas e horas de jogabilidade, pude notar alguns aspectos que tornam o game tão incrível quanto querido, e com certeza conquista gamers da atual geração de consoles, ou seja, um público que não teve a chance de jogar o original, ou não teve acesso aos games originais.

O REMAKE/REMASTER

O que a Vicarious Vision faz, é te levar em uma viagem no tempo, te dando opção de reviver momentos da sua infância controlando Tony Hawk, Bob Burnquist e diversos outros skatistas da atual geração, enquanto faz manobras; e ouve Superman da banda Goldfinger. E se em algum momento o game “cai, ele levanta” e parece pavimentar o caminho para o futuro da franquia, abrindo as portas para um possível cenário competitivo que foge de esportes convencionais como futebol com FIFA e PES.

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 nos leva longe, e aumenta as horas de gameplay quando nos oferece a opção de desbloqueio de itens para criação de seu próprio skate, ou até mesmo o desbloqueio de novos skatistas com habilidades únicas.

Ao adicionar elementos ao game que vão além dos originais, como manobras e até mesmo “especiais”, Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 nos apresenta uma vasta gama de possibilidades.

Tony Hawk's Pro Skater 1+2

Uma das mudanças em relação ao primeiro game, foi a distribuição de pontos de seu personagem, conforme a progressão e a coleta dos pontos de habilidades distribuídos pelo mapa.

O game, que assim como o Tony Hawk’s Pro Skater 4 que nos oferecia a possibilidade de redistribuir certos pontos de habilidade, nos proporciona mudar quase que completamente a possibilidade de mudar a jogabilidade de personagens já estabelecidos, ou criando personagens do zero.

VEREDITO

Se fazendo extremamente divertido, o game se mostra como a razão pela qual a Activision tem brilhado nos remakes/remasters da vida, Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 nos mostra que não há tempo a perder quando se cai em meio a um desafio. Ainda que na vida real não exista um efeito “glitch” para nos fazer levantar rapidamente, como no game, precisamos levantar sabendo que existe a possibilidade de cair de novo.

Alguns dias antes do lançamento do game, o público brasileiro foi agraciado com uma música de um dos maiores fãs da franquia Tony Hawk, Chorão, que era um defensor ferrenho do skate como um estilo de vida.

Apesar de o músico não ter visto seu trabalho em um dos games da franquia, a novidade foi extremamente bem recebida pelo público brasileiro e rapidamente se tornou trending topics.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 ganha clipe de Confisco, do Charlie Brown Jr.

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 se apresenta como uma surpresa, se mostrando mais divertido para quem o joga, do que para quem o assiste. Ainda assim, isso não o impede de ser um sucesso de espectadores na Twitch, ou outras plataformas. O game se faz presente no mercado em uma época em que battle royales reinam quase que supremos, e se mostra tão efetivo em relação ao trazer de volta antigos jogadores, como ao cooptar novos gamers.

Tony Hawk’s Pro Skater 1+2 foi lançado no dia 4 de Setembro de 2020 para PlayStation 4, Xbox One e PC.

Nossa nota

Assista ao trailer oficial:

E você, já está se divertindo com Tony Hawk’s Pro Skater 1+2? Deixe sua avaliação e seus comentários!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.