Início GAMES Artigo Red Dead Redemption 2: Arthur Morgan tem um filho, que ele menciona...

Red Dead Redemption 2: Arthur Morgan tem um filho, que ele menciona só uma vez

449
0
Red Dead Redemption 2: Arthur Morgan tem um filho, que ele menciona só uma vez

Apesar do anti-herói de Red Dead Redemption 2, Arthur Morgan parecer que não tem ninguém com quem se preocupar, por um breve período de tempo, Arthur teve um filho com o qual se importava. Entretanto, a trágica história do que aconteceu com seu filho, e a mãe de seu filho, explica a razão de Arthur falar sobre sua família apenas uma vez durante todo o game.

Por grande parte de Red Dead Redemption 2, Arthur Morgan age como uma figura paterna para o filho de John e Abigail Marston, Jack. Enquanto jogamos com Morgan, os jogadores podem levar Jack para atividades que fortalecem seu laço com o garoto, tal como andar de cavalinho e até mesmo pescaria. Apesar disso parecer uma jogada para aumentar os laços emocionais com Jack, considerando que o garoto é sequestrado pelos Braithwaites pouco depois, sua inclusão pode também sinalizar a própria história trágica de Arthur, e o fato de que ele nunca teve a chance de ser um pai de verdade para seu filho.

LEIA TAMBÉM | Red Dead Redemption 2: Conheça os personagens principais

Está claro que perder seu filho foi um dos momentos mais dolorosos da vida de Arthur. A história de seu filho explica muito sobre o personagem central de Red Dead Redemption 2, incluindo a razão de Arthur mergulhar ainda mais fundo no estilo de vida de fora da lei próximo do fim de sua vida. E também explica a razão do cowboy parecer tão frio e distante por vezes, mas ainda tem um pouco de humanidade que o encoraja a fazer a coisa certa, especialmente quando mulheres e crianças estão envolvidas.

O que aconteceu a família de Arthur antes de Red Dead Redemption 2

Red Dead Redemption 2

Arthur entra em detalhes sobre seu filho e a mãe de seu filho durante uma conversa com o Chefe Chuva Caindo no Capítulo 6 de Red Dead Redemption 2.

O passeio de cavalo onde a conversa acontece é completamente opcional, e se os jogadores escolherem pular essa cena então eles perderão toda a história da família de Arthur.

Durante a cavalgada, entretanto, Arthur fica estranhamente sentimental sobre seu passado quando Chuva Caindo começa a pressioná-lo por mais informação.

O fora da lei revela que teve um filho em algum momento antes dos eventos de Red Dead Redemption 2, uma criança chamada Isaac. Ele nasceu de uma relação de Arthur com uma garçonete, Eliza, apesar de nunca ser mostrado, ela e Arthur tiveram uma relação oficial.

Ao invés de abandonar completamente Eliza e o bebê, Arthur explicou que periodicamente retornava para ver a criança e a mãe.

Ele conta para Chuva Caindo que ele passava na casa da mãe de seu filho a cada dois meses, e as vezes ficava por alguns dias; e que também ajudava Eliza e Isaac financeiramente.

Arthur também conta que Eliza estava ciente do seu estilo de vida, então fica implícito que ela sabia que ele era um fora da lei com uma recompensa por sua cabeça.

Infelizmente, entretanto, Arthur revela a tragédia que os atingiu quando seu filho tinha apenas 10 anos. Ele retornou para a casa para visitar Eliza e Isaac, mas Arthur ficou horrorizado ao descobrir que ambos foram mortos em um roubo que deu errado.

Ele conta ao Chefe Chuva Caindo que ele sabia que algo estava errado antes mesmo de entrar na casa, pois ele vira duas cruzes do lado de fora.

Arthur revela que mais tarde descobriu que os dois haviam sido mortos por 10 dólares.

Ainda não está claro o que aconteceu com Eliza e Isaac, ou se Arthur se vingou das pessoas que os mataram (ou até mesmo se importa descobrirmos a identidade dos assassinos). Dada a maneira como o protagonista contou a história a seu aliado, fica claro que o fora da lei nunca lamentou ou se recuperou de forma apropriada por sua perda.

Pode parecer uma surpresa para alguns fãs ou até mesmo para quem jogou Red Dead Redemption 2, que Arthur Morgan tinha um filho antes do game começar, mas mesmo que tudo isso tenha acontecido antes, esse é um dos momentos mais tristes de todo o game.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.