Sonic: O que esperar do Project Sonic ’22 e do futuro do ouriço da SEGA

    2022 será inesquecível para Sonic e todos os fãs do ouriço azul. Mas parece que a SEGA almeja muito mais e quer que os próximos 30 anos sejam especiais. É isso que a empresa afirmou nos primeiros passos do Project Sonic ’22, a campanha para o icônico personagem e sua turma nesse ano.

    As ações do Project Sonic ’22 por enquanto estão disponíveis apenas em japonês, no site oficial da Sonic Team para o Japão. Entretanto, é provável que logo logo os sites nos demais idiomas (ou pelo menos em inglês) também tragam novidades sobre a iniciativa. No momento que escrevo esse artigo o site dos Estados Unidos nem está abrindo, redirecionando automaticamente para a página da Austrália.

    Ou seja, algo deve estar acontecendo.

    Enquanto isso, vamos falar sobre o que já foi confirmado pela SEGA para 2022, e fazer um exercício do que pode vir aí nos próximos anos. Afinal, se a ambição é manter o Sonic relevante por mais 30 anos, é sinal de que as iniciativas recentes e o que vem por aí nesse ano são pequenos grãos de areia no deserto…

    A primeira novidade é sobre o Project Sonic ’22 em si. A arte que estampa este artigo é a divulgação oficial da campanha. Você reparou no fundo da imagem? Aquela torre estilo The Legend of Zelda: Breath of the Wild é exatamente o que você está pensando: Sonic Frontiers, o primeiro jogo de mundo aberto do ouriço da SEGA!

    A arte também traz o slogan da iniciativa: Welcome to the next level (Bem-vindo ao próximo nível, em português). Como notou o site Nintendo Life, essa frase já foi usada pelo marketing da SEGA no começo dos anos 1990, à época com o objetivo de aumentar as vendas do Mega Drive. Dessa forma, a empresa utiliza o poder da nostalgia para se comprometer a manter o Sonic em evidência nos próximos 30 anos.

    E por que 30 anos? Porque em 2021 o ouriço mais famoso do mundo completou 30 anos.

    Por falar em artes, wallpapers oficiais do Project Sonic ’22 já podem ser baixados na página especial (em japonês). Fãs também podem enviar suas ilustrações para a Sonic Team do Japão (e quem sabe, futuramente, para a marca em outras regiões). Os selecionados serão divulgados nos canais oficiais da empresa por lá, e ainda receberão uma surpresa.

    Já falei ali em cima sobre Sonic Frontiers, uma das maiores (senão a maior) novidade já confirmada para 2022. No entanto, antes dele há também um importante lançamento já em abril.

    Sonic 2: O Filme

    Parece que foi ontem que o primeiro filme live action de Sonic arrasou com a esperança dos fãs da franquia e ao apresentar um Sonic mal diagramado já no trailer inaugural. Felizmente os executivos da Paramount Pictures ouviram as críticas e arrumaram, e não só isso: fizeram um dos filmes de games mais amados até hoje (ao menos pelo público em geral).

    PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Sonic: O Filme (2020, Jeff Fowler)

    Só que o que foi conquistado não é suficiente para quem tem grandes ambições para os próximos 30 anos. É por isso que seu sucessor, Sonic 2: O Filme, promete dar o que falar de modo positivo. Com o retorno de Jim Carey como Dr. Robotnik e Ben Schwartz dublando Sonic, a sequência direta da produção anterior terá o acréscimo de Colleen O’Shaughnessey na dublagem de Tails e Idris Elba como Knuckles.

    Confira a sinopse de Sonic 2: O Filme.

    Após ficar em Green Hills, Sonic quer provar que tem o necessário para ser um herói de verdade. Seu teste virá com o retorno do Dr. Robotnik, dessa vez com um novo parceiro, Knuckles, à procura de uma esmeralda com o poder de destruir civilizações. Sonic se junta ao seu próprio coadjuvante, Tails, e juntos embarcarão em uma jornada pelo mundo para encontrar a esmeralda, antes que ela caia em mãos erradas.

    Sonic Origins

    Sonic Origins é um compilado de quatro jogos clássicos já anunciado pela SEGA, com previsão de lançamento ainda em 2022 para os consoles mais atuais. Sem data e consoles explicitamente definidos, não é de se duvidar que a coletânea seja lançada em junho, pois o aniversário de Sonic é em 23 de junho.

    Os jogos que farão parte de Sonic Origins são todos lançados originalmente para Mega Drive. Veja quais são:

    • Sonic The Hedgehog (1991)
    • Sonic The Hedgehog 2 (1992)
    • Sonic The Hedgehog 3 & Knuckles (1994)
    • Sonic The Hedgehog CD (Mega-CD, 1993)

    De acordo com entrevista do produtor de Sonic Takashi Iizuka, publicada na edição de 08/06/2021 do Famitsu Weekly e noticiada pelo site Siliconera, Sonic Origins não será um port emulado. Ou seja, os quatro jogos serão desenvolvidos nativamente para os consoles mais atuais! Antes disso, em maio de 2021, a Social Media Manager da conta do Sonic, Katie – MiniKitty, já havia confirmado em um tweet que Sonic The Hedgehog 3 & Knuckles seria widescreen.

    Sonic Frontiers, o jogo mais esperado do Project Sonic ’22

    O pouco que se sabe até o momento já é suficiente para a expectativa ir lá no alto. Isso porque Sonic Frontiers será o primeiro jogo de mundo aberto do ouriço.

    O jogo deve ser lançado no período de festas de fim de ano para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X|S, Nintendo Switch e PC.

    Project Sonic ’22: O que mais vem por aí

    Já está confirmado que Sonic e sua turma terão quatro novas edições de quadrinhos publicados pela IDW Publishing. De acordo com o Destructoid, as histórias serão prequels de Sonic 2: O Filme. Ainda não há data de lançamento confirmada, mas é possível que sejam lançadas antes do filme estrear nos cinemas – ou seja, antes de abril.

    Também é esperado para esse ano algo relevante sobre Sonic Prime, uma série animada original da Netflix. Embora poucas informações sejam conhecidas até o momento, a URL da produção já é acessível no site da Netflix, mas sem detalhes ou imagens oficiais.

    Será que vem aí em breve?

    Não é de se duvidar, pois artes conceituais da série animada foram encontradas no portfólio de um artista e vazadas no Twitter Tails’ Channel em junho de 2021. Não há confirmação se as artes representam, de fato, como será o estilo de Sonic Prime, mas são um bom indicativo de que a animação está sendo desenvolvida há mais de um ano.

    De acordo com o estúdio WildBrain, que desenvolve a produção junto com a Netflix e a SEGA, Sonic Prime terá 24 episódios na primeira temporada e tem como público-alvo crianças com idades entre 6 e 11 anos.

    Mais 30 anos de Sonic. O que esperar?

    As ações em prol de um futuro brilhante se iniciaram antes mesmo da divulgação do Project Sonic ’22. O filme lançado em 2020, que obteve importantes resultados, e o anúncio de Sonic Frontiers em 2021 foram passos importantíssimos que animam os fãs e geram expectativas de esperar por muitas novidades boas nas próximas três décadas do ouriço.

    A primeira especulação que se pode fazer sobre o futuro de Sonic é de que, em algum momento, seu legado será atrelado à tecnologia NFT (Non-fungible Token). Isso porque em dezembro de 2021 a SEGA registrou a marca SEGA NFT no Japão, além de ter cogitado iniciar venda de produtos digitais por meio de blockchain, a tecnologia utilizada para gerenciar NFTs.

    Você pode amar ou odiar NFTs atualmente, mas é bastante provável que cedo ou tarde esse recurso tecnológico amadureça a ponto dos projetos relevantes e com real sentido serem dominantes na nova rede. É só olhar para o passado e perceber que a internet e as redes sociais também surgiram com desconfiança, e hoje fazem parte da vida de bilhões de pessoas ao redor do mundo.

    Então, é seguro dizer que sim: Sonic, Tails, Knuckles e os demais personagens um dia serão parte de projetos NFTs ou, até mesmo, de jogos totalmente baseados em blockchain.

    Ligada a essas tecnologias emergentes também está o famoso Metaverso. Toda franquia que deseja se manter relevante precisa estar sempre de olho nos recursos tecnológicos e nos gadgets que estão sendo desenvolvidos, mesmo aqueles que ainda são meros protótipos.

    Nesse sentido, é provável também que Sonic The Hedgehog faça parte do Metaverso de alguma forma nas próximas três décadas. Atualmente os grandes players em busca de criar sua própria plataforma no Metaverso são as gigantes da tecnologia, como Meta (ex-Facebook Inc.) e Google. Mas já há muitas outras empresas trabalhando propriedade intelectual como assets em ambientes digitais de terceiros. São os casos da Nike e Vans dentro do jogo Roblox, e das Lojas Renner no Fortnite.

    Talvez tudo isso ainda esteja muito distante. Por isso, uma outra aposta é que Sonic e sua turma ganhem jogos de corrida mais relevantes no futuro. Não que os Sonic Racing não sejam importantes, mas são spin-offs que não tiveram o apelo como outros no mercado. Quem sabe seguindo a fórmula do quebrador de recordes Mario Kart 8 Deluxe

    E você, o que acha que pode vir por aí no futuro (breve ou daqui a algumas décadas) do lendário Sonic? Conte pra gente nos comentários!

    Inscreva-se no YouTube do Feededigno

    Assista às nossas análises de filmes, séries, games e livros em nosso canal no YouTube. Clique aqui e inscreva-se para acompanhar todas as semanas nossos conteúdos também por lá!

    Artigos relacionados

    Drácula: As mais marcantes adaptações nos games

    Mesmo Drácula sendo um recordista de adaptações no cinema, o vampiro mais famoso de todos também tem suas adaptações nos games!

    Xbox Game Pass: 8 jogos adicionados recentemente

    O Xbox Game Pass é um serviço da Microsoft que oferece uma variedade de títulos para donos de Xbox One, Xbox One S, Xbox Series X | S e PC.

    CRÍTICA – Relic Hunters Rebels (2022, Rogue Snail)

    Desenvolvido pelo estúdio brasileiro indie Rogue Snail, Relic Hunters Rebels (Relic Hunters: Rebeldes, em português) é o primeiro jogo da franquia exclusivamente para celulares...

    CRÍTICA – Weird West (2022, Devolver Digital)

    Das mentes geniais do indie Wolfeye Studios, impulsionadas pela excelente Devolver Digital, surgiu Weird West. Confira nossa análise.