Início GAMES God of War: 9 pontos que esperamos no novo game

God of War: 9 pontos que esperamos no novo game

799
0

O próximo God of War – exclusivo do PlayStation 4 – provavelmente é o jogo mais aguardado de 2018. Grande parte do apelo do jogo vem do que parece ser contra os moldes já estabelecidos: a história é mais pessoal e a ação menos violenta. Enquanto o jogo parece incrivelmente promissor, ainda temos algumas ideias sobre o que precisa fazer para superar seus predecessores.

Aqui estão nove coisas que queremos em God of War.

9Queremos nos sentir pequenos

Uma das maiores mudanças em God of War é a sua nova visão sobre o ombro, que oferece uma perspectiva mais pessoal e fundamentada do mundo do jogo. Os títulos anteriores basearam-se em uma perspectiva fixa para mostrar o mundo comparado com Kratos, muitas vezes ampliando para mostrar melhor o seu imenso senso de escala. Felizmente, nada disso foi perdido na transição para a nova câmera, já que esses momentos foram alguns dos mais inspiradores da série.

.

8Armas Diversas

Comparado aos jogos anteriores, o arsenal de God of War parece despojado, com apenas três armas primárias: um machado, um escudo e os punhos de Kratos. É possível que mais armas nos aguardem no último jogo; no entanto, os desenvolvedores do SIE Santa Monica Studio poderiam optar por manter o conjunto de armas de Kratos mais simples desta vez. Esperamos que este não seja o caso, já que vários tipos de armas sempre mantiveram o combate emocionante. E se o combate deste jogo estiver tão envolvido quanto parece, mais armas serão ideais.

.

7Sistema de combate mais complexo

O sistema de combate de God of War sempre foi relativamente simples e fácil de assimilar, mas gostaríamos de ver isso se tornar um pouco mais “complicado” neste novo episódio. Com base no que vimos do combate até agora, o posicionamento parece desempenhar um papel importante nas lutas. Manobras mais complexas fazem sua estréia também, como ataques de controle de multidões e a capacidade de jogar (e chamar de volta) o machado de Kratos. No entanto, ainda não está claro o quão exigentes os combos e configurações serão. Lógico que nós não queremos um nível Devil May Cry de complexidade – mas algo mais elaborado do que o já conhecido seria uma mudança de ritmo bem-vinda.

Resultado de imagem para god of war 4+combate

.

6Chefões inesquecíveis

Ao longo dos anos, as lutas nos títulos de God of War ficaram marcadas como algumas das batalhas mais intensas e excitantes dos games. Adoraríamos ver essa tradição continuar, com Kratos e seu filho contra os maiores monstros e criaturas da mitologia nórdica. Ao mesmo tempo, queremos que as batalhas produzam mais substância do que estilo, exigindo táticas mais envolvidas do que simplesmente esquivar de ataques e arrebentar os botões com combos até aparecer uma execução.

.

5Violência

Usar uma porta para esmagar a cabeça de Teseu em God of War II e abrir o estômago de Cronos em God of War III foram, sem dúvidas, alguns dos momentos mais implacáveis ​​e memoráveis ​​da série. Este nível de gore e brutalidade sempre foi uma marca registrada da série e gostaríamos de ver o último jogo mostrar uma violência diferente do que foi visto no terceiro game da franquia.

Nos recentes trailers, o novo God of War parece estar tomando uma abordagem mais comedida na exibição de violência. Claro, ainda é bastante intenso; Kratos usa uma coluna de pedra fundida para esmagar a cabeça de uma Gigante de Fogo, e seu filho ainda enfia uma faca na cabeça de uma criatura macabra de quatro olhos. Mas tudo isso ainda parece significativamente menos violento em comparação com as matanças de jogos anteriores. Esperamos que o jogo final continue neste caminho, já que muita violência prejudicaria o impacto do tom mais acentuado e íntimo.

Não interprete mal: não estamos contra a violência, mas GoW III nos apresentou um excelente nível de violência, mas refazer esse nível de gore – simplesmente porque isso foi o que os jogos de God of War fizeram – parece redundante e desnecessário. Preferimos ver o jogo usar a violência de forma calculada, dando-nos um Kratos que está fazendo tudo o que pode para evitar o derramamento de sangue dirigido por vingança, procurando ter suas ações diferente das ações passadas, a fim de ensinar seu filho a maneira correta de lidar com o conflito. Seria uma reviravolta impactante para o Kratos que conhecemos ao longo dos anos.

.

4Elenco de apoio memorável

Os jogos God of War sempre foram cheios de histórias épicas repletas de ação, drama e muita quantidade de sangue. No entanto, nenhum dos jogos anteriores é lembrado por ter personagens de suporte memoráveis; Afinal, a busca cheia de ira de Kratos para ter sua vingança não deixava muito espaço para personagens adicionais (pelo menos, aqueles que duraram muito). Claro, nós tivemos Athena, Gaia e Pandora – mas elas geralmente agiam “às margens” da narrativa da série.

Esperamos que a estrutura aberta deste novo título permita que personagens laterais mais memoráveis ​​apareçam e impactem a jornada de Kratos e seu filho. Nós descobrimos pelo menos um par de novos personagens nos trailers que já vimos até agora, e estamos cruzando os dedos para que eles permaneçam o tempo suficiente para que possamos nos familiarizar com suas provações e tribulações pessoais.

.

3Queremos mais quests

Apesar do novo God of War não ser exatamente um jogo do mundo aberto, o diretor Cory Barlog confirmou que seria “aberto”. Dada essa estrutura, gostaríamos que o jogo oferecesse uma grande quantidade de quests principais e secundárias. A estimativa para concluir God of War é de cerca de 25 a 35 horas, então ter a opção de fazer missões secundárias seria uma ótima maneira de tornar a aventura ainda mais substancial do que já é – especialmente se eles impactarem sua experiência de maneira significativa.

.

2Imersão na Mitologia Nórdica

Uma grande parte do que fez os jogos anteriores de God of War tão cativantes foi ver figuras famosas da mitologia grega ganharem vida (e assassiná-las, claro). Como o último título da franquia se passa na mitologia nórdica, o jogo deve tirar o máximo proveito de tudo que este panteão tem para oferecer. Afinal, a mitologia nórdica tem inúmeras figuras fascinantes, como Odin, NjordFenrir e Yggdrasil, que seriam encantadores de encontrar na jornada de Kratos.

.

1Justificar a presença de Atreus

Kratos sempre foi o principal protagonista da série, mas dessa vez contaremos com a presença de Atreus, filho do Fantasma de Sparta, e que pode ajudar de diversas maneiras. O personagem secundário parece ser uma parte importante do jogo mecanicamente, já que ele ganha experiência sempre que se envolve na batalha, eventualmente ganhando novas habilidades. Os controles do jogo ainda têm um botão dedicado a emitir comandos para Atreus e interagir com ele.

Embora tudo isso pareça promissor, esperamos que o impacto de Atreus na história seja substancial. Uma coisa é justificar o personagem a nível mecânico, mas, se não houver nada de atraente sobre o papel que ele desempenhou na história, God of War poderia ficar chato. Esperamos que o jogo apresente uma boa introdução para Atreus e forneça um arco que seja tão atraente quanto a situação redentora de seu pai.

God of War está programado para ser lançado no dia 20 de abril para a PS4, em três edições especiais para o jogo: a edição Collector, a edição Stonemason e a Digital Deluxe Edition, repleta de bônus físicos e digitais especiais. Para ver como God of War está se formando, assista ao último trailer da história do jogo.

E aí, conte pra nós quais suas expectativas para o novo God of War. Deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos nossa opinião.

Comentários