Início LIVROS Crítica CRÍTICA – A Seleção (2012, Kiera Cass)

CRÍTICA – A Seleção (2012, Kiera Cass)

2469
0
“35 meninas, uma coroa.”

Kiera Cass é uma escritora infanto-juvenil, autora da trilogia A Seleção. O primeiro livro foi lançado em 2012 no Brasil e nos Estados Unidos. Aqui pela editora Seguinte e lá pela HarperTeen. Inclusive, depois do fim da trilogia a autora lançou A Herdeira, que conta a história da filha da personagem principal em 2 livros.

Em primeiro lugar, precisamos entender onde a história se passa e qual é o sistema vigente da época. Eles vivem em Illéa (nome dos Estados Unidos no Futuro), e a sociedade é dividida em 8 castas, e cada uma delas remete a um ramo de trabalho e condição econômica. América Singer, a personagem principal, é uma 5. Vem de uma família de artistas e músicos, que conseguem se sustentar, mas sem nenhum luxo.

Certo dia, o príncipe Maxon abre a Seleção, com o propósito de encontrar uma mulher para casar. Essa era a tradição de Illéa, o próximo a assumir o trono casa-se com alguém do povo. Assim, 35 meninas vão para o palácio lutar pelo coração do próximo rei. Inesperadamente, América é uma delas.

Sinopse:

“Para trinta e cinco garotas, a ‘Seleção’ é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço.

É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.”

A personalidade da América é certamente encantadora. Ela é determinada, forte e demonstra tudo de forma exagerada. Ademais, como ela gostava muito da comida do castelo, pediu para o príncipe para continuar lá e ser sua amiga. Mas apenas amiga, porquê o seu coração já era de Aspen, um menino da casta 6 com o qual ela pretendia se casar um dia.

Logo, a partir daí a história se desenrola. É engraçada e cativante, daquelas que não te deixa desviar a atenção dela. Inclusive lembro de ler o primeiro e o segundo livro de uma vez só, e não conseguir parar nem para dormir. Costumo brincar que essa obra é um Jogos Vorazes só que das princesas e sem violência.

Também vale lembrar de que a história é mais centrada nos dois personagens principais, mas ao decorrer da trilogia conhecemos mais da história das outras candidatas, bem como do rei e da rainha e toda a problemática social das castas.

Desse modo, com certeza vale a pena tirar um tempinho e ler a trilogia A Seleção, e apaixonar-se pela originalidade de América e pelo charme do príncipe Maxon.

Confira abaixo a capa de A Seleção e os detalhes da obra de Kiera Cass:

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
1ª Edição: 2012
Páginas: 368

Avaliação: Excelente

Ademais, minha última resenha é do livro A Rainha Vermelha, que possui similaridades com A Seleção, então se você já leu e gostou, ou ficou interessado, confira abaixo:

CRÍTICA – A Rainha Vermelha (2015, Victoria Aveyard)

Quero saber de você, já leu essa trilogia? Gostou? Pretende ler? Nos conte aqui nos comentários! E se você gostou não esqueça de compartilhar nas redes sociais:

Facebook – Twitter – Instagram – Pinterest

Curte eBook? Aproveite a oportunidade da Amazon e experimente gratuitamente por 30 dias o novo Kindle Unlimited, clicando aqui! Nele você terá acesso ilimitado a milhares de eBooks para ler à vontade. Aproveite!