Início LIVROS Crítica CRÍTICA – Quem Mexeu no Meu Queijo? Para Jovens (2003, Spencer Johnson)

CRÍTICA – Quem Mexeu no Meu Queijo? Para Jovens (2003, Spencer Johnson)

999
0

Quem Mexeu no Meu Queijo? é uma parábola criada pelo Dr. Spencer Johnson para ajudar as pessoas a enfrentarem grandes mudanças em suas vidas. Independente de qual seja a mudança que você está passando, essa pequena parábola ajudou muitas pessoas e já vendeu milhares de exemplares no mundo todo, se tornando um best seller internacional.

Essa edição que eu li é especialmente direcionada para o público jovem. Quem leu a edição original, comentou para o escritor que gostaria muito de ter conhecido essa história quando era mais jovem, afinal eles poderiam ter aceitado melhor as mudanças na adolescência e juventude.

“Quanto mais importante seu queijo é para você, menos você quer abrir
mão dele.”

Na história apresentada por Johnson, temos quatro personagens imaginários: SniffScurryHem e Haw, sendo que cada um representa as partes simples e complexas de nós mesmos; e temos o Queijo que representa o que nos é importante.

No começo da história conhecemos sete amigos que sofrem com certa mudança que aconteceu em sua escola. Todos sofrem as consequências dessa mudança, exceto Chris, que parecia o único a não se importar com a situação. Chris começa a contar uma história para seus amigos: como ele começou a ver as coisas de uma maneira diferente e até a rir de si mesmo.

Na história temos os quatro personagens que viviam numa terra distante, aonde corriam por um labirinto para procurar queijo; dois eram ratos e os outros dois eram homenzinhos, bem pequenos. Todos os dias, os quatro passavam boa parte do tempo procurando seu próprio queijo; os ratos usavam seus instintos para procurar aquele queijo mais duro de roer e os homenzinhos usavam seus cérebros complexos para procurar um tipo de queijo diferente.

“Se você não mudar, pode ser extinto.”

Um dia todos acharam seus queijos no posto de Queijo Q. Eles começaram a estabelecer uma rotina, afinal tinham queijos para uma vida toda (pelo menos é o que os homenzinhos achavam). Um bom tempo depois, os ratos – com sua rotina de ir toda manhã para o posto de Queijo Q para farejar seu queijo -, logo descobriram que o queijo havia acabado.

Aceitando bem essa mudança, afinal os ratinhos já haviam notado que o queijo vinha diminuindo, eles saem em busca de queijo novo pelo labirinto, mas quando os homenzinhos se dão conta de que não tem mais queijo no posto Q, eles não aceitam o que está acontecendo e a mudança começa a se tornar a coisa mais difícil para eles, até que Haw decide tomar uma atitude sobre essa mudança.

“Quando você vence o seu medo, se sente bem!”

Uma história divertida e bem desenvolvida, Quem Mexeu no Meu Queijo? Para Jovens trás uma parábola maravilhosa para quem está com problemas com alguma mudança em sua vida. É um livro para todas as idades que nos mostra como lidar com essa “mudança” que tanto nos aflige.

“Notar cedo as pequenas mudanças ajuda a gente a se adaptar às grandes mudanças que virão.”

Livro: Quem Mexeu no Meu Queijo? Para Jovens
Escrito por: 
Spencer Johnson;

Editora: Record;
Ano: 2003;
Páginas: 96;

SINOPSE:

“Um grupo de jovens, preocupados com as mudanças em suas vidas, é apresentado a história do livro Quem mexeu no meu Queijo? e discute seus ensinamentos adaptados à realidade da juventude. Quem Mexeu no Meu Queijo? é um dos maiores fenômenos editoriais da década, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Agora, a mesma história lida e vivida por adultos ganha uma outra versão, para ser compartilhada com as novas gerações. A parábola do queijo foi adaptada à realidade dos jovens, que convivem com mudanças em ritmo ainda mais vertiginoso que o dos mais velhos. Um livro que vai ajudar a enfrentar problemas nos estudos, na vida pessoal e mesmo na escolha de uma carreira. Quem mexeu no meu Queijo? é o maior sucesso editorial da década, com mais de quinze milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e 800 mil só no Brasil. A versão para jovens foi vendida para 40 países aténs mesmo de ser publicada, e saiu nos EUA com tiragem inicial de 200 mil exemplares de capa dura.”

Avaliação: Ótimo

Confira mais críticas de livros. Deixe seu comentário e nos acompanhe nas redes sociais para mais novidades:

Facebook – Twitter – Instagram – Pinterest

Confira mais quotes em nosso parceiro Only DreamsResenha com Quotes. Acompanhe as redes sociais também:

Blog – Facebook – Twitter – Instagram

Comentários