Início GERAL Mano a Mano: Podcast de Mano Brown quer ampliar o debate de...

Mano a Mano: Podcast de Mano Brown quer ampliar o debate de ideias diversas

Mano a Mano é um podcast original do Spotify Brasil comandado pelo rapper Mano Brown, que recebe convidados especiais semanalmente

Mesmo que não costume escutar Rap, você já ouviu falar de Mano Brown, seja por seu trabalho nos Racionais MC’s, ou agora com seu podcast original no Spotify, chamado Mano a Mano.

Na última terça-feira (24) tivemos a oportunidade de participar da coletiva de imprensa com o rapper, que divulgou seu novo projeto autoral.

Para quem não conhece essa importante figura do Rap nacional, saiba que Mano Brown muito se absteve da mídia. Portanto, momentos como esse são raros. Veja a seguir nossas impressões e o que você pode esperar do Mano Brown como host de podcast.

O legado de Mano Brown

Para muitos, Racionais MC’s foi o primeiro contato com a cena do Rap. Mano Brown é conhecido por suas letras e atitudes que falam sobre ser negro, periférico, pobre, até mesmo sobre fé, autoestima e saúde mental.

Portanto, não há corajoso que negue a influência que Mano Brown tem não apenas como rapper, como também por seu talento lírico e sem perder seu tão marcante flow.

Mano Brown também é conhecido por sempre se opor à hipocrisia, à violência, à corrupção, também jogando luz sobre temas que dizem respeito àqueles que, muitas vezes, preenchem todos os requisitos do que é ser marginalizado pela sociedade brasileira.

E, quando esse homem fala, devemos ouvir com bastante atenção e caderninho do lado. Foi essa ideia que pessoas (muito abençoadas) deram a Mano Brown: conceder para um público ainda maior a oportunidade de escutar suas opiniões e conhecimentos.

Mano a Mano: Papo reto já na entrevista coletiva

Na coletiva de Mano a Mano, o rapper explicou como o projeto começou a criar corpo com a pandemia. “Fui estudar sobre teologia, arqueologia, filosofia, ciência e coisas relacionadas à África e descobri coisas maravilhosas. E em todas as reuniões com amigos eu começava a falar muito disso e eles disseram: ‘Você deveria fazer um podcast pra contar essas histórias’. E a produtora apostou na ideia e em mim”, Mano Brown declarou.

“Onde estão os negros da Bíblia?”

Essa é uma das perguntas que o anfitrião de Mano a Mano contou que fez a um dos seus convidados: o notório pastor Henrique Vieira, que estará presente em um dos 16 episódios da primeira temporada.

Sim, apesar de toda carga de experiências, histórias e conhecimento, Mano Brown faz questão de ter convidados porque quer ouvir o que os outros têm a dizer, mesmo que as opiniões difiram, como é o caso do político Fernando Holiday (Partido Novo).

Ao ser questionado sobre o motivo de escolher entrevistar Holiday, o rapper afirmou: “Um cara que ninguém queria ouvir, eu quero ouvir. Ele é uma inteligência negra, emergente, embora esteja equivocado com o lado político dele  —  vou tomar o direito de falar isso, não concordo com o que ele pensa”.

Mano Brown ainda completou: “Ele é uma inteligência negra em evidência, que discorda do que eu penso e que falava coisas erradas por não saber do que se tratava também. Ele expressou opiniões a respeito de Emicida, outras pessoas e tal, que eu não concordo, e provavelmente hoje em dia ele também não concorde mais”.

Mano a Mano é um podcast original do Spotify Brasil comandado pelo rapper Mano Brown, que recebe convidados especiais semanalmente

Mano a Mano também contará com participantes como Drauzio Varela, Vanderlei Luxemburgo e muitos outros, em programas que serão abordados assuntos como política, futebol e religião. Isso e muito mais é o que podemos esperar dessa nova experiência de escutá-lo no ônibus, metrô, no trabalho, enquanto faxina a casa… Muito mais mesmo.

“Tá moscando?”

Longe de mim reclamar do quanto esse notável paulista fala. Na verdade, eu poderia ficar por horas sabendo o que o anfitrião de Mano a Mano pensa.

Felizmente, agora terei essa oportunidade e você também. Mano a Mano foi lançado na quinta-feira (26) no Spotify, e pode ser ouvido gratuitamente clicando aqui.

A produção original do Spotify conta com Karol Conká como primeira convidada, figura rejeitada na última edição do BBB, com cerca 99% de votos para sair da casa.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA: CRÍTICA – Paciente 63 (2021, Spotify Brasil)

Sobre o Mano a Mano

Salve rapa! Salve massa! Mano Brown vem para ampliar a visão e o debate trazendo diversidade de ideias e pensamentos com profundidade e respeito. Se prepare para ouvir assuntos importantes, interessantes, relatos inéditos e controversos com convidados amados ou odiados – você decide!

Todas as quintas-feiras já estão reservadas para esse papo no melhor estilo Mano a Mano, um original Spotify.

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Artigo anteriorCRÍTICA – Ted Lasso (1ª temporada, 2020, Apple TV+)
Próximo artigo[TEORIA] Feiticeira Escarlate, Loki e Doutor Estranho quebraram o Multiverso de uma só vez
Carioca do interior, imigrante em BH que ama desenhar e apreciadora de cerveja de buteco, que luta para não falar "uai" e não falar muito mas acaba falhando; tipo agora.