Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA – O Gourmet Solitário (2019, Devir)

CRÍTICA – O Gourmet Solitário (2019, Devir)

82
0
CRÍTICA - O Gourmet Solitário (2019, Devir)

O Gourmet Solitário é um mangá seinen, com roteiro de Masayuki Kusumi e desenho de Jiro Taniguchi que despensa apresentações. Na história acompanhamos um representante de venda japonês chamado Gorou Inogashira em sua viagem de negócios solitária pelas ruas do Japão e que a cada negociação ele apreciar a culinária local.

O mangá conta com 18 capítulos e cada capítulo funciona como um conto, em cada uma das histórias acompanhamos Inogashira em sua jornada gastronômica com a degustação de diversos pratos japoneses, que lhe despertam sentimentos de nostalgia e satisfação seja com a culinária, pessoas ou com ambiente que lhe cerca.

Assim como em O Homem Que Passeia, Inogashira está a todo momento aproveitando a beleza do Japão e principalmente a culinária desse país maravilhoso. O roteiro de Kusumi é bem simples, porém extremante detalhista com cada prato que é degustado por seu protagonista.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – O Homem Que Passeia (2017, Devir)

Quanto a arte de Taniguchi é um espetáculo de simplicidade, porém detalhista seja com área urbana ou mesmo com a culinária apresentada.

A certeza é: o leitor que “degustar” a leitura desse mangá com certeza ficara com vontade de comer algum prato da culinária japonesa.

A obra se se diferencia por apresentar em quadrinhos, um tema tão incomum como a gastronomia, para o leitor que está acostumado apenas com mangás shonen, O Gourmet Solitário pode não ser uma boa para esse público que espera um Kamehameha, Meteoro de Pegasus ou um Jutsu das Sombras.

Por outro lado, o leitor que está em busca de um tema fora do padrão de lutas, muito provavelmente apreciará a obra e vai ficará com muita vontade de degustar cada prato apresentando nas páginas.

Recomendação: leia de estômago cheio, pois a fome irá apertar a cada página virada.

Se formos comparamos O Gourmet Solitário com um filme, certamente seria com Encontro e Desencontros, dirigido por Sofia Coppola (2003). Filme que tem uma pegada contemplativa e solitária da terra do sol nascente.

A edição da Devir faz parte da Coleção Tsuru, que reúne os maiores mangakás do Japão e O Gourmet Solitário é o sexto volume a ser publicado, em 2019, entre eles:

  • O Homem Que Passeia,
  • Nonnonba,
  • Uzumaki
  • Tekkon Kinkreet
  • Marcha Para Morte!
  • O Gourmet Solitário.

O acabamento do mangá é excepcional, com uma contracapa linda e que vai ficar excelente na estante de qualquer fã de leitura.

Nossa nota

Editora: Devir

Autores: Jiro Taniguchi (Desenho), Masayuki Kusumi (Roteiro)

Páginas: 198

E você, gosta de mangás com temas fora dos tradicionais? Já leu O Gourmet Solitário? Deixe seus comentários e sua avaliação!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto



E ai, você curte o nosso trabalho?

Se sim, sabe que ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.