Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA – Opala 76 (2016, Quad Comics)

CRÍTICA – Opala 76 (2016, Quad Comics)

45
0
CRÍTICA - Opala 76 (2016, Quad Comics)

Um velho Opala 76 como herança e um acerto de contas com um passado violento, levam Dario de volta às suas origens.

Aqui somos apresentados Dario, um pistoleiro sangue frio que trabalha para Braga, que comanda seus negócios da cidade de maneira escrupulosa para atingir seus objetivos. Mas tudo muda quando Dario deixa sua vida de pistoleiro devido ao massacre que deixa cicatrizes em sua pele e alma pelo o resto de sua vida.

A trama avança 15 anos, Dario já não é mais pistoleiro e leva uma vida normal trabalhando em uma marcenaria, no entanto a sua vida pacata dura pouco tempo. Ao receber a triste notícia do falecimento de seu pai, Dario fica extremante abalado com a notícia. 

Ao retornar para sua antiga cidade para receber sua herança, o protagonista não esperava que junto da herança os fantasmas de sua vida passada de pistoleiro retornassem para lhe assombrar.

Opala 76 é um quadrinho nacional escrito e ilustrado por Eduardo Ferigato e faz parte da editora independente Quad Comics, uma editora de histórias em quadrinhos liderada por quatro autores: Aluísio Cervelle Santos, Eduardo Ferigato, Diego Sanches e Eduardo Schaal.

Em Opala 76, Eduardo Ferigato nós apresenta uma trama de redenção e vingança dignar de uma adaptação cinematográfica (fica a dica Netflix ou HBO GO).

O roteiro da HQ é excelente (lembra bastante os filmes como Operação França, Dirty Harry e Gran Torino), por mais que sua trama seja tão batida na cultura pop, tem seu próprio charme; principalmente por sua arte – que é um espetáculo – e por seus personagens carismáticos.

Caso queiram acompanhar o trabalho de Eduardo Ferigato, o Instagram dele é @eduardoferigato, e em seu perfil tem artes mais lindas que as outras.

Confiram também os outros trabalhos da editora Quad Comics no site oficial da editora clique aqui.

Editora: Quad Comics

Roteiro e Arte: Eduardo Ferigato

Páginas: 108



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários