Início QUADRINHOS Crítica CRÍTICA | The Boys – Vol. 2: Mandando Ver (2020, Devir)

CRÍTICA | The Boys – Vol. 2: Mandando Ver (2020, Devir)

53
0
CRÍTICA | The Boys – Vol. 2: Mandando Ver (2020, Devir)

The Boys – Mandando Ver é o segundo volume da polêmica HQ criada por Garth Ennis e é disponibilizada no Brasil pela Devir.

HISTÓRIA

Tecnoman e Suruba, ex-parceiros de heroísmo, estão em apuros! Os Rapazes descobrem seus podres e agora vão atrás de justiça para os prejudicados com as ações dos desajustados heróis.

ANÁLISE DE THE BOYS

O segundo volume de The Boys é uma comédia bastante escrachada.

Seu principal objetivo é ferir a reputação de uma lenda dos quadrinhos: o Batman!

Mostrando uma dupla dinâmica bastante controversa, a HQ satiriza de forma precisa e bastante sem noção o quão perturbado o Homem-Morcego seria neste universo de Billy Butcher e companhia, por exemplo.

O Technoman, personagem central da trama, é um ricaço com problemas de compulsão sexual, pois não consegue controlar seus instintos.

O personagem tem um vício em atacar qualquer buraco para realizar coisas grotescas, nada escapa, nem orelhas alheias, por exemplo.

A forma literal com que o texto apresenta a problemática é uma das armas do texto, uma vez que o nonsense é uma das marcas de The Boys.

Contudo, não é só de bizarrices que o segundo volume vive. No sub-texto nós temos a discussão de como o preconceito pode ser danoso com algumas minorias.

Aqui, a bola da vez de discussão foram os homossexuais. Ao mostrar que mesmo as pessoas progressistas têm seus preconceitos e os mais turrões podem ter sensibilidade, The Boys – Vol.2: Mandando Ver desmascara alguns esteriótipos que vemos no dia a dia, uma vez que alguns discursos são apenas da boca para fora no nosso contexto de sociedade atual.

Logo, vemos que sim; há uma discussão interessante de pontos importantes e The Boys acerta muito em sua premissa.

VEREDITO

The BoysCom texto divertido e coisas grotescas, a nova HQ da Devir é um excelente passatempo para quem quer dar boas risadas, pois aborda questões importantes de forma engraçada!

Para os fãs da série e das HQs, o segundo volume é um deleite para quem gosta da mitologia dos personagens, pois os aborda de forma cômica.

Nossa nota

Editora: Devir

Autores: Darick Robertson, Garth Ennis, Peter Snejbjerg.

Páginas: 190

E você, gosta de The Boys? Deixe sua opinião e nota!

Nota do público
Obrigado pelo seu voto

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.