Início SÉRIE Crítica CRÍTICA – The Umbrella Academy (2ª temporada, 2020, Netflix)

CRÍTICA – The Umbrella Academy (2ª temporada, 2020, Netflix)

98
0
The Umbrella Academy

The Umbrella Academy está de volta! A série dos desajustados super-heróis estreia no dia 31/07, mas nós do Feededigno já assistimos! Confira o que achamos!

Atenção! O texto abaixo contém spoilers da primeira temporada, ou seja, leia por sua conta em risco!

Sinopse da 2ª temporada de The Umbrella Academy

The Umbrella Academy

Depois dos acontecimentos da primeira temporada, Cinco (Aidan Gallagher) envia o grupo para os anos 60. Contudo, não foi apenas o grupo The Umbrella Academy que foi ao passado e, também, o iminente apocalipse. Agora, eles devem tentar solucionar este indigesto problema.

ANÁLISE

The Umbrella Academy

Quando o primeiro trailer do segundo ano do seriado saiu, confesso que fiquei um pouco receoso quanto a utilização da problemática do apocalipse novamente.

Contudo, a segunda temporada de The Umbrella Academy conseguiu ir além de sua premissa, apresentando novas problemáticas em suas histórias secundárias que encorpam ainda mais a trama, deixando os personagens mais complexos.

Ao apresentar questões que tem uma gigantesca relevância em tempos contemporâneos como racismo, homofobia e abandono paterno, a série consegue ir além do que já foi proposto em 2019.

Luther (Tom Hopper), Diego (David Castañeda), Alisson (Emmy Raver-Lampman) e Ben (Justin H. Min) foram ainda mais aprofundados, ganhando camadas interessantes as suas personas.

Os demais funcionam muito bem e continuam dando bastante dinâmica ao grupo desajustado.

Todavia, Cinco continua sendo um personagem sem evolução, pois seu arco continua praticamente igual ao do ano anterior.

A missão de ser o mensageiro do apocalipse o persegue e mesmo que tenha um aprofundamento nos aspectos de culpa por parte do herói, não vemos uma mudança significativa.

As adições de novos personagens foram de suma importância para que tudo funcione. Todos eles são excelentes e não estão à toa.

Sissy (Marin Ireland), Raymond (Yusuf Gatewood) e Lila (Ritu Arya) estão lá para dar dinâmica à história, tornando os personagens de seus arcos ainda mais relevantes dentro das suas propostas. Os trigêmeos trazem aquela referência bacana de Dark, pois são muito semelhantes ao personagem misterioso da série alemã. A Comissão também é relevante no papel de antagonista e aqui é menos repetitiva como na primeira temporada com Hazel e Cha Cha, interpretados por Cameron Britton e Mary J. Blidge.

Questões técnicas

The Umbrella Academy: Conheça os personagens da nova série da Netflix

Ao inserir a trama nos anos 60 no sul estadunidense, The Umbrella Academy coloca junto artifícios interessantes no roteiro, pois ao colocar um elenco diverso, consegue dar mais ênfase em questões sociais relevantes.

Na época existia a segregação, movimento que separava negros e brancos, algo que fez com que Alisson ganhasse ainda mais importância dentro do seu arco.

Além disso, tivemos também a questão da homossexualidade sendo abordada de forma suave, algo que também era e, infelizmente ainda é, considerado uma doença por uma parcela da sociedade, algo que é ainda mais reforçado no Texas por sua cultura extremamente religiosa.

A ambientação está excelente, com figurinos coloridos, tons mais foscos de fotografia que deixam as cenas com um aspecto de vanguarda, destaque principalmente para o figurino hippie de Klaus (Robert Sheehan) e sua seita.

A trilha sonora continua sendo um dos pontos fortes da série, pois mistura músicas mais antigas com as atuais, pautando a fusão entre o momento em que os heróis vivem e seu deslocamento temporal.

A direção continua excelente, principalmente quando se trata das cenas de ação, visto que temos elementos de outras séries da Netflix como Demolidor e suas cenas de plano sequência em corredores, marca forte do canal de streaming.

VEREDITO

The Umbrella Academy

The Umbrella Academy melhorou muito em sua segunda temporada.

Com temas mais complexos e um roteiro muito bem amarrado, entrega uma excelente experiência para os fãs da série e se consolida como uma das melhores do catálogo da Netflix.

Nossa nota

Confira o trailer:

Lembre-se de voltar aqui após assistir a nova temporada para deixar seus comentários e sua avaliação!

Nota do publico
Obrigado pelo seu voto

Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários