Início SÉRIE Artigo Star Trek: Discovery | Todas as mudanças feitas aos Klingons

Star Trek: Discovery | Todas as mudanças feitas aos Klingons

271
0
Star Trek: Discovery | Todas as mudanças feitas aos Klingons

Um dos debates mais calorosos referentes à série Star Trek: Discovery, é de longe, os Klingons. A série toma muitas liberdades ao alterar grandemente a espécie adorada pelos fãs. Enquanto algumas mudanças são bem-vindas, outras nem tanto. Não importa de qual lado você está, você precisa admitir que ver o conflito da Federação com os Klingons têm sido fascinante.

Afinal, por grande parte da história de Star Trek os dois grupos diferentes têm sido aliados ao invés de estarem em guerra. Ver a guerra acontecendo, é uma novidade muito bem-vinda. Para alguns fãs, ela não é suficiente. Em sua homenagem, abordaremos nessa lista as mudanças feitas aos Klingons em Star Trek: Discovery.

10. RECONSTRUÇÃO FACIAL

Star Trek: Discovery

Em Star Trek: Discovery, os Klingons fizeram um “lift” facial. Quando eles apareceram pela primeira vez em Star Trek: A Série Original, eles eram apenas humanos normais com sobrancelhas malucas. Em Star Trek: The Next Generation tinham a cabeça maior, dentes afiados e testas maiores. Entretanto, Discovery tomou algumas liberdades com os personagens icônicos.

A série fez grandes mudanças nos personagens, com testas protuberantes e seus rostos mais longos ainda. Para fãs de muito tempo, foi uma surpresa ver os Klingons de Star Trek: Discovery tão diferentes daqueles personagens que os fãs tanto amavam e conheciam. Além da falta de cabelo e seus tons de pele diferentes, esses Klingons parecem antepassados antigos, não parente próximos de Worf e B’Elanna.

9. VESTIMENTA

Star Trek: Discovery

Apesar do fato dos Klingons serem vistos em sua grande parte com trajes de membro da Frota Estelar, a maioria dos outros Klingons vestem sua armadura tradicional. Cheia de ângulos e prontos para a batalha, a vestimenta faz a espécie parecer ainda mais amedrontadora e intimidante. Apesar da armadura ser simples, era uniforme e efetiva.

Anos antes, em Star Trek: Discovery, a vestimenta Klingon é mais elaborada. Ao invés de trajes pretos e marrom, líderes veste um traje dourado. Para todos que reclamam das mudanças em Discovery, eles precisam admitir que esses trajes são impressionantes.

8. TRADIÇÕES COM O CABELO

Star Trek: Discovery

Enquanto um pouco de restruturação facial normalmente não é notada, Star Trek: Discovery revelou de cara as mudanças que tinha feito, removendo as madeixas que todos os Klingons tinham. Em retrospecto, a razão disso, é porque eles cortam seus cabelos em tempos de guerra.

Tudo isso é feito em homenagem ao lendário Kahless, que cortou seus próprios cabelos para criar uma espada lendária que o auxiliou na liberação de seu povo. Apesar de já ter sido mostrado em outras séries da franquia que os Klingons usavam seus cabelos longos em tempos de guerra, e durante a segunda temporada, foi revelado que a sua governante L’Rell havia ordenado que seu povo raspasse sua cabeça.

7. SENSO DE HONRA KLINGON

Star Trek: Discovery

Durante todas as versões que os Klingons foram mostrados, a orgulhosa raça guerreira achava qualquer tipo de traição desonrosa. Eles preferiam conflito honesto e aberto à qualquer subterfúgio. Quando as fraudes de Duras foram reveladas, ela era uma conspiração profunda e uma surpresa, pois o conselho Klingon a manteve em segredo. A não ser por isso, eles sempre foram abertos a respeito de suas escolhas.

Entretanto, em Star Trek: Discovery, os Klingons se traem como não fosse nada, ignorando todo o senso de honra mostrado em suas outras interações. Seguindo as regras das outras séries, as ações de L’Rell seriam desonrosas e repreensíveis pelos padrões de seu povo, mas ao invés disso, ela se tornou uma líder. Assim como as maquinações de T’Kuvma que seriam rejeitadas, ao invés disso, ele tinha um culto que o seguia. Olhando para trás, a única explicação plausível para tais ações tenham sido os tempos de guerra.

6. MUDANDO O LEGADO DE GOWRON

Star Trek: Discovery

Durante Star Trek: The Next Generation e Deep Space Nine, Gowron foi o líder do Império Klingon. Independente de sua história ele terminou sendo um líder honrado e diplomático pelos padrões de sua raça. Como a maioria dos líderes, sua meta era unir todas as grandes casas em uma só, como um grande império.

Em “Herdeiro Legítimo”, ele se torna a primeira pessoa desde Kahless a fazer isso, e os personagens agem como se tal feito fosse algo realmente incrível. As ações de L’Rell durante a primeira temporada diminuem tal feito. Se ele uniu todas as grandes casas com suas ameaças, isso significa que os esforços de Gowron não foram nada especiais.

5. AS NAVES

Star Trek: Discovery

Como a Nave Romulana e as Naves da Frota Estelar, as Brids of Prey Klingon são icônicas. Desde sua camuflagem verde à sua “asa” prolongada, a maioria dos fãs de Star Trek podem percebê-las há quilômetros de distância.

Entretanto, as novas Birds of Prey parecem mais Romulanas que nunca. Ao invés de finas garras, as naves parecem ter asas diferentes, cores diferentes e menos detalhes. Apesar de estarem completamente irreconhecíveis, algumas estão ainda mais estranhas. A nave Klingon que os fãs mais vêem é a mais familiar. Ela possui garras, cores escuras, e uma ponte que lembra uma águia, e é claro, só é mais pontuda.

4. O PORTADOR DA CHAMA

Star Trek: Discovery

Se um Império estivesse desesperado para se unificar, faria sentido que o Portador da Chama ou o Farol de Kahless fosse mencionado antes. Mas até Discovery nada disso havia sido citado tais nomes, profecias, ou posições cerimoniais. No máximo, os Klingons tinham um espírito poderoso, mas eram mais focados em batalha e honra. Havia menos profecias misteriosas e infinitos papéis religiosos e mais conexões de alma com sua história e o orgulho. Talvez eles tenham perdido algumas práticas religiosas ao se aproximarem da Federação.

3. RITUAIS DE MORTE

Star Trek: Discovery

Quando se trata dos Rituais de Morte dos Klingons, o que os fãs vêem em The Next Generation e Discovery são bem similares. Após a perda de um membro do seu povo, o Klingon olha no fundo dos olhos do morto para garantir que sua alma foi enviada para Stovokor, sua versão do paraíso. Para os mais sensíveis, esse ritual íntimo pode parecer bem intimidador.

A partir daqui, as coisas se diferem. No ritual de morte de The Next Generation, Worf e outros dois guerreiros dão um alto grito de batalha para honrar o morto. Depois disso, o corpo é descartado. Em Star Trek: Discovery, a coisa fica mais próxima dos rituais humanos, e os mortos são colocados em caixões memoriais. Enquanto não temos um argumento justo para tais diferenças, podemos dizer que os Klingons das duas séries podem pertencer à grupos diferentes.

2. CORES DE PELE

Star Trek: Discovery

Entre todas as séries anteriores de Star Trek, os Klingons possuíam apenas tons de pele escuros. Enquanto o tom de pele de Voq é completamente diferente, provavelmente por algum tipo de albinismo, os tons de pele roxo, preto, cinza, bege, marrom e um misto de cores, parece ser algo inteiramente novo.

Enquanto as séries anteriores mostravam algumas variações, particularmente com os meio-Klingons, eles nunca se variaram tanto. Os membros da raça de “sangue puro”, tinham o tom de pele marrom, com alguns tons diferentes. A variação do tom de pele entre os Klingons de todas as séries/filmes só aumentam a distância entre Discovery e os que costumam “passear” por todas as séries de Star Trek.

1. AMEAÇA DE L’RELL

Star Trek: Discovery

Ao fim da primeira temporada de Star Trek Discovery, L’Rell recebe um detonador de uma enorme bomba colocada em Qo’noS, o planeta natal dos Klingons, e ameaça explodi-la se o seu povo não a seguir. Tal ato é algo impressionante e a forma como a Discovery se aproxima da nova liderança, é um ato poderoso, que não funcionaria com os Klingons que os fãs conheciam.

A maioria dos Klingons mostrados até hoje, sugeriria a morte ao invés de se submeter, então é provável que as casas não se curvariam às ameaças de L’Rell. Ao invés disso, eles a deixariam explodir tudo. Da perspectiva humana, é claro que parece uma ideia melhor. Mas eles não são humanos. Apesar de parecer brutal, nenhum Klingon preferiria se submeter à isso.

E aí, curtiu nossa lista? Você é fã de Star Trek e tem algo que falou em nossa lista? Deixe seu comentário! Ficaremos felizes em compartilhar sua observação 😉 Abaixo você também pode incluir sua avaliação para a série, não deixe de avaliá-la!

Nota do publico
Obrigado pelo seu voto

Saiba mais sobre Star Trek: Discovery!

Leia também:

StarCon: Doug Jones esbanja simpatia em coletiva de imprensa

Comentários