Início FILMES A Mulher Invisível: Elizabeth Banks dirigirá filme da Universal

A Mulher Invisível: Elizabeth Banks dirigirá filme da Universal

37
0
A Mulher Invisível: Elizabeth Banks dirigirá filme da Universal

A diretora de As Panteras, Elizabeth Banks irá dirigir e estrelar A Mulher Invisível para a Universal Pictures. Originalmente, o personagem clássico da Universal é o Homem Invisível, e ele seria parte do ambicioso Dark Universe do estúdio, mas esses planos foram deixados de lado após o fracasso da tentativa de dar o chute inicial, A Múmia se provar um fracasso na arrecadação.

Com um conceito de um universo compartilhado da Universal, o estúdio mais tarde elegeu o Homem Invisível para continuar, que é dirigido por Leigh Wannell e estrelado por Elisabeth Moss. A história muda quase que completamente a história original, ao colocar a personagem não-invisível de Moss que se vê perseguida pelo monstro titular. O Homem Invisível original, é uma adaptação do livro de H.G. Wells, estrelado por Claude Rains como um cientista que se dá o poder de ficar invisível e fica louco como um efeito colateral. O filme ganhou em 1940 uma sequência, A Mulher Invisível, que foi estrelado por Virginia Bruce como uma modelo que se torna invisível ao se voluntariar para o teste de um cientista.

Com a Universal escalando atores específicos para seus personagens clássicos, o estúdio escolheu Banks para estrelar e dirigir uma nova versão de A Mulher Invisível. Erin Cressida Wilson roteirizou a maior parte do roteiro inicial. A história é descrita como uma mistura de Thelma e Louise e Psicopata Americano, e o mais importante, é que o filme não está ligado ao filme de Wannell e Moss.

Além de Homem Invisível e Mulher Invisível, a Universal também está desenvolvendo um filme que será dirigido por Dexter Fletcher, Renfield, que será baseado no famoso parceiro de crime do Conde Drácula, além de Dark Army, do diretor Paul Feig. Esses filmes existirão independentemente, sem crossovers, como foi planejado originalmente para o Dark Universe.



Elizabeth Banks é claro, ascendeu à fama, de séries como Scrubs para filmes como O Virgem de 40 Anos, Jogos Vorazes e Pagando Bem Que Mal Tem. Em 2015 ela fez sua estreia na direção de Pitch Perfect 2, e em 2019, dirigiu As Panteras com Kristen Stewart, Naomi Scott e Ella Balinska nos papéis principais. Infelizmente, o filme não arrecadou como o esperado, até o momento arrecadando apenas US $ 43.9 milhões ao redor do mundo.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – As Panteras (2019, Elizabeth Banks)

Após o fracasso de arrecadação de As Panteras, da Sony, é interessante ver a Universal dando à Banks uma chance de dirigir um gênero de filme com um enorme potencial de arrecadação. E A Mulher Invisível com um ângulo aparentemente feminista a la Thelma e Louise, adicionado a loucura de Psicopata Americano parece uma promessa de projeto que com certeza irá satisfazer os fãs de horror clássico, enquanto renova personagens antigos.



Curte nosso trabalho? Que tal nos ajudar a mantê-lo?

Ser um site independente no Brasil não é fácil. Nossa equipe que trabalha – de forma colaborativa e com muito amor – para trazer conteúdos para você todos os dias, será imensamente grata pela sua colaboração. Conheça mais da nossa campanha no Apoia.se e nos ajude com sua contribuição.

Comentários