Início FILMES Akira: Warner suspende produção do filme live action

Akira: Warner suspende produção do filme live action

214
0
Akira: Warner suspende produção do filme live action

De acordo com a Variety, a Warner Bros. suspendeu indefinidamente sua adaptação em live action de Akira, que há muito tempo vinha na esperança de finalmente sair da gaveta.

Parece que, após um breve atraso, o estúdio retirou a produção indefinidamente da adaptação clássica do anime, que deveria começar no final deste mês. O diretor de Thor: Ragnarok, Taika Waititi estava a bordo para dirigir, e o estúdio espera que Akira possa voltar à produção assim que o diretor filmar Thor 4.

PUBLICAÇÃO RELACIONADA | CRÍTICA – Thor: Ragnarok (2017, Taika Waititi)

A revista ainda aponta que a Warner Bros. foi pega de surpresa – assim como os fãs – com o anúncio de Thor 4 e a decisão de Waititi de se concentrar na propriedade da Marvel, já que Akira estava se aproximando da produção.

Taika Waititi estava no meio do processo de testes com jovens atores japoneses para os dois papéis principais de Akira. Enquanto o estúdio inicialmente atrasou a produção para dar a ele tempo para encontrar o talento certo, agora parece que houve desentendimentos criativos sobre o projeto.

O adiamento representa outro revés para a adaptação de Akira, que passou anos tentando decolar, desde quando Jaume Collet-Serra foi designado para dirigi-la em 2012. A Warner Bros. tinha preocupações orçamentárias semelhantes na época, e o estúdio voltou com o projeto para a prancheta, foi então que Collet-Serra finalmente partiu para trabalhar em outros projetos.

Quando Waititi embarcou no projeto em 2018, após ter terminado a produção de Jojo Rabbit, da Fox Searchlight, a adaptação da obra de Katsuhiro Otomo, parecia estar em sua melhor posição em anos para finalmente sair do papel.

Akira foi programado para chegar aos cinemas em 21 de maio de 2021, mas agora é provável que seja removido do cronograma.

Se é fã da obra de Otomo, leia também:

TBT #8 | Akira (1988, Katsuhiro Otomo)

Comentários